sexta-feira, 23 de outubro de 2009

COMPLEMENTO DO INCIDENTE EM CAÇADOR, SANTA CATARINA


Um avião da NHT Linhas Aéreas teve problemas quando pousava na manhã desta sexta-feira no Aeroporto Carlos Alberto da Costa Neves, em Caçador, no Meio-Oeste de Santa Catarina. A aeronave apresentou falhas no trem de pouso. Os oito passageiros e os dois tripulantes não tiveram ferimentos.

Segundo o diretor geral do grupo JMT, que abrange a NHT, Reinaldo Herrmann, o avião fazia a linha Curitiba - Joaçaba (SC). A aeronave partiu da capital paranaense às 9h e, às 10h, faria uma escala em Caçador. Após ter aterrissado, o trem de pouso dianteiro sofreu uma pane e cedeu:

- No momento da desaceleração, quando o avião já estava quase parando, apareceu o problema no trem de pouso, o que fez com que a frente da aeronave abaixasse. Felizmente, os oito passageiros nem perceberam por qual motivo a aeronave parou no meio da pista e não sofreram qualquer ferimento - disse Herrmann.

A equipe de bombeiros voluntários que presta atendimento aos voos da empresa fez o atendimento, e uma segunda viatura foi acionada.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Caçador, Lemoel Nuvaski, contou que os passageiros, depois de descobrirem a pane, ficaram nervosos. Eles foram atendidos no aeroporto e foram em uma van providenciada pela empresa até Joaçaba, de onde seguiram viagem.

Técnicos da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foram ao aeroporto para analisar as condições da pista de aterrissagem e verificar o avião. Quatro mecânicos da empresa trabalham no local. A pista de aterrissagem foi interditada e deve ser liberada após a retirada da aeronave.

fonte/G1

ACIDENTE DE AVIÃO NO PARAGUAI DEIXA DOIS MORTOS E DOIS FERIDOS

Duas pessoas morreram nesta sexta-feira e outras duas ficaram gravemente feridas após a queda do pequeno avião no qual viajavam, no Departamento paraguaio de Concepción, que faz fronteira com o Brasil, informou a polícia.

Morreram o piloto Nelson Ayala e uma mulher cujo nome não foi divulgado. Também estavam no avião o advogado e político do governista Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA) Felino Amarilla, 51, que segundo o jornal "ABC Color" está fora de perigo, mas sofreu queimaduras em 50% do corpo.

O outro ferido é Roberto Goitia, 66, que sofreu queimaduras em 80% do corpo e múltiplas fraturas, segundo o site do jornal paraguaio. Ele foi levado junto com Amarilla para a cidade de Vallemí, no extremo norte do país, para depois ser transferidos para Assunção em um avião militar.

As fontes informaram que o pequeno avião caiu pouco após decolar de uma fazenda de propriedade de Amarilla. Segundo o "ABC Color", o avião chocou-se contra a pista logo depois de decolar e se incendiou.

fonte/Efe

HELICÓPTERO CAI NO AFEGANISTÃO

Um helicóptero caiu dia 22, nas montanhas do norte afegão, informou hoje à Agência Efe uma fonte oficial, mas vários porta-vozes dos organismos internacionais no país descartaram que seja algum de seus aparelhos.

A queda aconteceu nas montanhas de Salang, situadas na província afegã de Baghlan, ao norte de Cabul, disse o chefe da espionagem afegã na província, Abdul Majeed, que não precisou mais detalhes.

Diferentes porta-vozes da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), do Exército afegão e da missão das Nações Unidas no Afeganistão (Unama) descartaram à Efe que o aparelho acidentado fizesse parte de sua frota aérea.

Ahmad Javed Basharat, porta-voz da Polícia regional, disse à agência afegã "AIP" que o aparelho caiu em uma área remota entre os distritos de Andarab e Khinjan.

"O lugar do acidente fica a uma distância de duas horas a pé da área de Bajgah, no distrito de Andarab. Enviamos nossas equipes ao local e, assim que recebermos informação, a divulgaremos".

fonte/G1/EFE

MIG-27 CAI NA ÍNDIA

















Um MiG-27 da Índia caiu nesta sexta-feira em Bengala Ocidental (nordeste da Índia), perto da fronteira com o Butão, segundo relatórios do serviço de imprensa da Força Aérea do Exército da Índia.

O piloto estava realizando um vôo de treinamento e foi ejetado e não sofreu
ferimentos.

O avião caiu a 16 quilômetros do aeroporto Hashimara (Índia).
A queda da aeronave não causou destruição em terra ou feridos.


Esta é a segunda queda de um MiG ao longo dos últimos seis meses na Índia, o primeiro foi em maio.

fonte/foto/DeliNews

AVIÃO FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE CAÇADOR, SANTA CATARINA

Um avião fez um pouso de emergência no Aeroporto Municipal de Caçador (SC), nesta sexta-feira (23). Cinco pessoas estavam a bordo e não houve feridos.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Caçador, a aeronave teve um problema no trem de pouso e aterrissou de barriga. O avião vai passar por uma perícia e permanece na pista do aeroporto, que foi interditado.

A aeronave partiu de Curitiba e tinha como destino final o município de Caçador, segundo a assessoria da Prefeitura.
fonte/G1

BOEING DA EL AL FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM BARCELONA


Um avião da companhia israelense El Al com 156 passageiros a bordo efetuou um pouso de emergência nesta quarta-feira em Barcelona (noreste da Espanha) depois de detectado um problema nos flaps - dispositivos localizados na parte posterior e inferior da asa do avião, entre a fuselagem e o aileron, e destinados a diminuir a velocidade do aparelho na aterrissagem, indicaram as autoridades aeroportuárias espanholas.

Não houve feridos durante a manobra de emergência com o Boeing 737-800, disse à AFP um funcionário do setor de aviação civil.


O avião deixou o aeroporto de El Prat de Barcelona com destino a Tel Aviv às 12H30 locais (11H30 GMT) e menos de duas horas depois o piloto constatou o problema com os flaps.

O aparelho voltou a Barcelona pousando às 14H30 locais.

fonte/AFP foto/divulgação

ETIHAD AIRWAYS FORMAM PRIMEIRAS MULHERES PILOTOS


Etihad - piloto cadete 3.jpg Aisha Al-Mansouri (esquerda) e Salma Al-Baloushi (direita) comemoraram a graduação da escola de vôo.
"Salma e Aisha são uma parte fundamental nos planos de expansão de pilotos do sexo feminino na Etihad.

fonte/Etihadairways fot/divulgação

23 DE OUTUBRO - DIA DO AVIADOR

23 de outubro, Dia do Aviador

Brasília, 23 de outubro de 2009.

O mundo que assistiu atônito e esperançoso à decolagem do 14 bis ansiava por libertar-se das amarras que restringiam a integração entre os povos. As distâncias físicas e culturais à época impediam que milhões de pessoas tivessem acesso aos benefícios advindos da evolução pela qual a humanidade passava.

Foi esta ânsia milenar que sustentou as asas daquele protótipo durante os seis segundos que mudaram a trajetória do homem. A primeira máquina voadora a ganhar os céus por meios próprios tornava-se, também, uma autêntica máquina do tempo, unindo o passado e o futuro, e conferindo ao presente uma aceleração jamais concebida.

Ao tocar os gramados do Campo de Bagatelle, o genial, intrépido e generoso Alberto Santos-Dumont entregava ao homem um novo mundo, diferente daquele que o viu decolar: um mundo próspero e repleto em oportunidades.

Celebrar o 23 de outubro – o Dia do Aviador – é, na verdade, enaltecer o real sentido que aquela façanha conferiu à história e aos rumos da humanidade. É refletir sobre o significado do domínio dos céus e seus inerentes desafios e responsabilidades. É renovar o orgulho em sermos brasileiros – como Santos-Dumont.

Nos dias de hoje, herdeiros das virtudes e dos sonhos do pai da aviação, bravos aviadores cruzam o azul de todos os fusos, e dão continuidade à grandiosa obra por ele iniciada.

Em suas asas, altaneiros, conduzem a esperança e o progresso; aproximam famílias e nações; vigiam e defendem o espaço aéreo; asseguram aos aflitos, na terra e no mar, a certeza do resgate.

Eis o espírito de devoção e profissionalismo que anima aviadores de todas as bandeiras, civis e militares. Eis o espírito altruísta que os faz despertar a cada manhã e oferecer em holocausto suas próprias vidas, se preciso for, munidos do entusiasmo nascido ainda no primeiro vôo.

Comungando deste contagiante júbilo, celebramos, também, o Dia da Força Aérea Brasileira, uma instituição composta pelos legítimos e valorosos sucessores dos bandeirantes do Correio Aéreo Nacional e dos guerreiros do Primeiro Grupo de Aviação de Caça. São homens e mulheres que, atuando nos mais diversos setores, voando e fazendo voar, contribuem para que esta grande aeronave se mantenha em seu vôo ascendente.

Por isso, é impossível conter, neste momento, os sentimentos de realização e altivez que afloram no peito ao constatarmos que cada gota de suor dedicada ao cumprimento de nossa missão tem colaborado de forma fundamental para o engrandecimento do país.

Nesse mister, vêm à memória as inúmeras comunidades atendidas em nossos hospitais de campanha; o empenho em minimizar o sofrimento de milhares de vítimas de calamidades de toda sorte; o comprometimento de nossas tripulações nas buscas das aeronaves acidentadas, como o triste episódio do voo Air France 447; as missões humanitárias de ajuda aos países amigos, e tantas outras ações que exultam o nome do Brasil e da Aeronáutica.

Graças ao empenho de cada um dos integrantes de nossa organização, somos hoje uma Força Aérea respeitada e atuante, perfeitamente inserida no contexto nacional e internacional.

Os esforços empreendidos nos campos da ciência e tecnologia, formação de recursos humanos, capacitação operacional e apoio ao homem têm proporcionado notável incremento em nossas capacidades e assegurado ao povo brasileiro a certeza da paz, da soberania e do desenvolvimento.

Este é o auspicioso horizonte que se descortina diante de nossos olhos, e que trás os frutos deste magnífico e gratificante trabalho. Esta é a Força Aérea que sempre sonhamos. E cada um dos senhores e senhoras faz parte desta realidade.

Recebam, pois, meu mais elevado respeito e meu profundo orgulho em comandá-los!

Aos céus, aviadores! Avante Força Aérea Brasileira!

Que esta chama permaneça sempre muito viva em cada um de nós, guiando nossas atitudes, inspirando nossos ideais e ratificando nosso compromisso com este magnífico Brasil.

Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito

Comandante da Aeronáutica

fonte/FAB

AVIÃO DESVIA DE DESTINO POR DISTRAÇÃO DE PILOTOS NOS EUA

Um voo da Northwest Airlines com 144 passageiros, que vinha de San Diego rumo a Minneapolis, perdeu contato com os controladores aéreos por mais de uma hora e passou seu destino em 241 quilômetros, disseram autoridades nesta quinta-feira. A Agência Nacional de Segurança nos Transportes disse que os dois pilotos do voo 188, do Airbus A320-200, prefixo N374NW, disseram às autoridades depois de pousar na noite de quarta-feira (21) que se distraíram durante "uma acalorada discussão sobre política da empresa aérea".



A agência disse nesta quinta-feira que iria rever as informações de voo do avião e a gravação de vozes e entrevistar os pilotos. Entre outras questões, os investigadores vão explorar a fadiga da tripulação para ver se os pilotos estavam cansados.

A Northwest é propriedade da Delta Air Lines. A investigação pode demorar vários meses para ser concluída. O avião estava voando a mais de 11 mil metros de altitude quando perdeu contato no rádio entre 20h e 21h15.

O voo 188 estava 241 quilômetros além do destino final quando a tripulação restabeleceu as comunicações e pediu permissão para dar meia-volta, disseram as autoridades. A polícia do aeroporto subiu a bordo do avião em Minneapolis para garantir que não se tratava de um sequestro ou outra atividade criminosa, disse um porta-voz do Aeroporto Minneapolis-St Paul.

Os militares ficaram em alerta durante todo o incidente e puseram caças de prontidão.


fonte/Terra foto/ The Wall Street Journal / Flightaware.com

AERPORTO DE SÃO VICENTE, EM CABO VERDE, VAI RECEBER VOOS INTERNACIONAIS EM 2009

O Aeroporto de São Vicente deverá receber voos internacionais ainda este ano, afirmou quarta-feira o primeiro-ministro de Cabo Verde, que assumiu os atrasos na homologação da pista, prevista inicialmente para Julho passado.

No final de um encontro com a presidente da Câmara de São Vicente, Isaura Gomes, José Maria Neves referiu que o aeroporto está na fase de certificação, que coincidiu com a auditoria da Organização Internacional de Aeronáutica Civil (ICAO, na sigla inglesa) a que Cabo Verde foi sujeito.

O remodelado aeroporto de São Pedro, em São Vicente, deveria ter sido aberto ao tráfego internacional em Agosto último, após a homologação feita em Julho, mas atrasos diversos e avarias nos aviões de calibragem da pista inviabilizaram-no.

Os atrasos inviabilizaram também a realização de voos internacionais de várias companhias aéreas, entre elas a TAP-Air Portugal, que tinha programado frequências directas para o Mindelo em Agosto.

Em Maio último, o delegado em Cabo Verde da transportadora aérea portuguesa, Luís Garcia, indicou que a TAP-Air Portugal tem previsto começar a voar três vezes por semana para a ilha de São Vicente, mas só depois de o novo aeroporto ser homologado e receber voos nocturnos.

Fonte: Macauhub

AERONÁUTICA USARÁ HELICÓPTEROS RUSSOS NA AMAZÔNIA

Até o final do ano, os três primeiros helicópteros de ataque comprados da Rússia serão utilizados pela Força Aérea Brasileira (FAB) para reforçar a presença militar na região da Amazônia. Eles vão ficar sediados na Base Aérea de Porto Velho, em Rondônia. Os helicópteros chegam à região em um momento de tensão militar na América do Sul, sobretudo entre os países andinos: Colômbia, Equador e Venezuela.

São aeronaves MI-35, que integram um lote de 12 unidades, do mesmo tipo que os modelos vendidos para o país do presidente Hugo Chávez. Porém, os planos da FAB não param por aí. A Aeronáutica também está criando a unidade pioneira de aviões de caça também na Amazônia. A partir do final de 2010, os seis primeiros jatos supersônicos F-5, totalmente modernizados pela Embraer, que hoje operam em Natal, serão transferidos para Manaus.

No futuro, parte do lote de 36 caças que o Brasil está comprando dentro do projeto FX-2 ficará na capital amazonense para fazer a defesa aérea da região. Até hoje, a Amazônia não dispõe de aeronaves de grande performance para proteger a fronteira brasileira e ajudar no combate ao narcotráfico.

fonte/ Estado de São Paulo

AEROPORTO INTRENACIONAL AUGUSTO SEVERO FAZ SIMULAÇÀO DE ACIDENTE AÉREO

"Vinte pessoas ficaram feridas em um grave acidente ocorrido na manhã de ontem no Aeroporto Internacional Augusto Severo. Uma aeronave com 25 passageiros e três tripulantes sofreu pane no motor, quando estava em procedimento de pouso e se chocou contra um muro. A aeronave armazenava 1.000 litros de combustível, o que causou um incêndio de grandes proporções...''. Para a felicidade de todos, o acidente e a história não são reais, mas apenas um Exercício Simulado de Emergência Aeronáutica Completo (Exeac), realizado ontem pela Coordenação de Segurança da Infraero. A simulação serviu para aferir o Plano de Emergência e as ações da rede médico-hospitalar em caso de acidente. Participaram 120 pessoas, integrantes do Grupamento de Bombeiros, Polícia Militar, Infraero, Base Aérea de Natal, além da rede médico-hospitalar da capital. O treinamento é uma exigência dos órgãos internacionais e começou há oito dias com a parte teórica.


Exercício teve participação de 120 pessoas. entre militares, policiais e socorristas Foto: Joana Lima/DN/D.A Press
Durante o exercício foram verificados os procedimentos de emergência, primeiros-socorros e transporte de feridos. Viaturas de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros da PM e dos Bombeiros Aeródromos que atuam no aeroporto, conseguiram debelar o fogo. Os plantonistas do Samu prestaram os primeiros-socorros às vítimas de queimadura, fratura e parada cardíaca. Os acidentados foram colocados em lonas de diferentes cores, conforme a gravidade dos ferimentos. A lona cinza é para triagem dos ferimentos, a verde é para ferimentos leve; a amarela é para situação intermediária; vermelha é situação grave e preta representa morte.

Agilidade

De acordo com o superintendente do aeroporto, José Daniel Salviano, os participantes da operação de simulação precisam demonstrar conhecimento, agilidade e atenção para realizar a triagem e estabilização das vítimas. Na opinião de José Salviano, o exercício foi excelente. O sargento Agnaldo José da Silva, responsável pela equipe do Corpo de Bombeiros, disse que o treinamento testou o tempo resposta da viatura para chegar ao local da simulação que foi considerado excelente. Para Gilmar Freitas da Silva, responsável pelo Sistema de Gerenciamento e Segurança Operacional, este ano houve melhora considerável nos aspectos organizacionais, tornando bem mais ágil as áreas de triagem estabilização.

A funcionária da Infraero, Ana Cristina, que fez a maquiagem de 20 soldados, ressaltou que os procedimentos aprendidos durante o curso poderão ser aplicados também no dia a dia. ''Até em casa podemos nos deparar com situações de ferimentos, queimaduras, picadas de animais peçonhentos e colocar em prática o que foi aprendido no curso''.

fonte/foto Diário de Natal

LAVRADOR QUE ACHOU PORTA DE AVIÃO DIZ QUE RECEBEU RECOMPENSA DE R$ 2 .000,00

O lavrador Domingos Oliveira, morador de Capelinha (MG) disse que recebeu uma recompensa de R$ 2 mil por ter encontrado, neste sábado (17), a porta que se desprendeu do avião onde estavam os integrantes do grupo Skank, em 19 de julho deste ano.

Aos amigos, Domingos informou que procurava um cavalo e acabou achando a peça da aeronave. "Ele procurou a porta logo após o acidente, não achou e só obteve sucesso quando deixou de procurar. Naquela época, foi como se fosse uma caça ao tesouro", disse Aldair de Almeida, da Rádio Aranãs FM. A Líder Aviação, empresa responsável pela aeronave, não confirmou o valor pago pela gratificação.

A aeronave enfrentou problemas após a decolagem, em Capelinha, e perdeu a porta durante o voo. Segundo a assessoria de imprensa do grupo, a cabine sofreu despressurização e o piloto teve de fazer um pouso de emergência no mesmo local de onde o avião tinha decolado, em uma fazenda na cidade.

A Líder Aviação informou que a localização da porta da aeronave vai auxiliar no processo investigativo sobre as causas do problema. A peça vai passar por perícia, que será feita por técnicos da empresa de aviação e do Serviços Regionais de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), da Aeronáutica.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está fazendo uma auditoria operacional de segurança na empresa Líder Táxi Aéreo, que fretou o avião para o grupo Skank.

Ainda segundo informações da agência, se for constatado o descumprimento de alguma norma de segurança. A empresa aérea poderá ser multada e o valor da multa só deve ser estipulado durante o andamento do processo.

A Anac informou ainda que a aeronave usada pelo grupo Skank estava com a documentação regular e o certificado de manutenção anual em dia. A tripulação também estava com os documentos em ordem.

Os músicos

Os integrantes do grupo Skank tiveram de trocar a aeronave logo após o problema no voo até Belo Horizonte. De acordo com a assessoria de imprensa da banda, o Skank fez um show em Capelinha (MG), em 18 de julho deste ano, onde pernoitou.

fonte/G1 foto/Aldair Gomes de Almeida/Rádio Aranãs FM

ANAC LIBERA AEROPORTO UIATAN CAVALCANTE, EM PARAÍSO, TOCANTINS

A Agência Nacional de Aviação Civil interditou no final do mês de agosto de 2008 o aeroporto de Paraíso, Uiatan Cavalcante. A ANAC alega que o aeroporto estava sem condições de receber aeronaves, pois sua estrutura estava comprometida e não atendia às normas de segurança em aviação.

A prefeitura de Paraíso, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, se comprometeu em sanar os problemas encontrados pela agência e em setembro encaminhou à Superintendência de Infraestrutura Aeroportuária, em Brasília, o Plano de Ações Corretivas em resposta ao Relatório de Inspeção realizada em 26 de agosto de 2008. No plano foram citadas medidas a serem tomadas no prazo de 120 dias, com o objetivo de que o aeroporto voltasse a funcionar.

Neste mês a Chefia da Divisão de Fiscalização de Infraestrutura Centro-Oeste enviou oficio à secretaria informando que o aeroporto seria desinterditado em função do plano de ações apresentado, com a exigência de que todas as medidas propostas fossem cumpridas no prazo citado. A secretaria assumiu o compromisso.

Mesmo antes de ser procurada pela ANAC a secretaria já havia realizado trabalhos para a recuperação da estrutura do aeroporto, como roçagem das laterais da pista de pouso, limpeza e reparos na instalação elétrica, além de outros serviços.

Segundo o Secretário de Infraestrutura Paulo Sérgio Diniz, a prefeitura tem grande interesse em atender as recomendações da ANAC o mais breve possível, já que a interdição do aeroporto prejudicou o acesso de alguns investidores que utilizam este meio de transporte à nossa cidade e consequentemente acaba atrapalhando o crescimento da economia local.

fonte/O Girassol

INCIDENTE COM F-18 NA FLÓRIDA


Dia 17 de outubro último um caça McDonnell Douglas/Boeing F/A-18D "Hornet" do VMFA - AW -224 (Marine All Weather Fighter Attack Squadron 224) procedente da base aeronaval de Beaufort, estado da South Carolina, quebrou o trem de pouso esquerdo ao pousar no Aeroporto americano de Jacksonville, estado da Florida. A pista ficou fechada mas não causou atrasos aos voos civis. Nenhum dos tripulantes do caça ficou ferido.

fonte/foto Jacksonville.com

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...