segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

VOO DA GOL FAZ POUSO DE ENERGÊNCIA EM MANAUS

Passageiros do voo 1643 da Gol Linhas Aéreas informaram que a aeronave da empresa, um Boeing 737, apresentou problemas durante a chegada a Manaus ontem (08), por volta de 11h30 e precisou fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, zona Oeste de Manaus.A aeronave saiu de Brasília e seguia para Santarém, no Pará. De acordo com informações do jornal Diário do Amazonas, o Corpo de Bombeiros de Manaus chegou a ser acionado por funcionários da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), às 11h40, mas o pouso foi feito sem maiores problemas.
Fonte: Portal Amazônia (com informações do Diário do Amazonas)

EGYPTAIR FIRMA PARCERIA COM ALUFTHANSA

As companhias aéreas Egyptair, do Egito, e a Lufthansa, da Alemanha, assinaram um acordo de cooperação para melhorar a qualidade dos serviços aéreo e de bordo da empresa egípcia. A informação foi anunciada na semana passada pelo presidente do conselho de administração da Egyptair, Tewfic Assi, durante um encontro com jornalistas realizado após a assinatura.“Estamos extremamente satisfeitos em poder assinar este contrato com a Lufthansa por causa da excelência de seu modelo”, afirmou o ministro egípcio de Aviação, Ahmed Shafic. “A Egyptair já obteve resultados remarcáveis no decorrer de inúmeros projetos mantidos anteriormente com o Grupo Lufthansa e até agora só nos felicitamos destes trabalhos. Além disso, a Lufthansa Services, do Grupo Lufhansa, possui um grande número de clientes e por isso, poderão nos ajudar nos trabalhos de marketing na Europa” acrescentou o ministro.Com o acordo, os passageiros da Egyptair poderão ser beneficiados com a qualidade de serviços oferecidos pela companhia alemã. “A Lufthansa Services assegurará, daqui para frente, aos voos da Egyptair, todos os serviços aéreos, dentre os quais estão também os de alimentação e bebidas. Este será o primeiro catering da Lufthansa estabelecido fora da Alemanha em quase 30 anos”, disse o vice- presidente de operações da Lufthansa Services, Thomas Nagel.De acordo com ele, a Lufthansa Services é considerada uma das empresas lideres de serviços aéreos. “Desde a adesão (da Egyptair) a Star Alliance (rede mundial de companhias aéreas) em agosto do ano passado, a empresa vem buscando desenvolver e melhorar, não somente seus equipamentos, mas também a qualidade de todos os seus serviços” disse Assi. “O que nos satisfaz hoje é que estamos coroando esforços de mais de quatro anos para persuadir a Lufthansa Services a cooperar com a Egyptair na realização de suas ambições”, acrescentou.O acordo estabelece ainda a criação de uma empresa conjunta entre a Lufthansa e a Egyptair. Esta será criada com um investimento de US 10 milhões, sendo 70% do capital da Egyptair In-flight Services e 30% da Lufthansa Services. Segundo informações da empresa egípcia, a nova companhia vai se chamar LSG Sky Chefs-Egypt e seus produtos terão a marca da Lufhansa Services por causa de sua reputação internacional.A LSG Sky Chefs-Egypt, que será lançada em escala mundial, vai suprir a demanda de serviços dos voos das empresas da Star Alliance, incluindo os da Egyptair. A nova empresa iniciará seus trabalhos, provisoriamente, no terminal 2 do Aeroporto Internacional do Cairo até que as instalações destinadas as empresas da Star Alliance, no Terminal 3, possam ser ocupadas.”O Aeroporto Internacional do Cairo é o segundo maior do continente africano e o Egito representa um dos mercados mais importantes para a Lufthansa no continente, sendo também um dos mais dinâmicos e de crescimento mais rápido na África do Norte”, disse Nagel.
Fonte: DCI

RELATÓRIO PRELIMINAR SOBRE ACIDENTE COM AVIÃO EM MANACAPURU DEVE SAIR EM 10 DIAS

Um relatório preliminar sobre as possíveis causas do acidente com o avião Bandeirante que caiu num rio próximo ao município de Manacapuru, a 68 quilômetros de Manaus, deve ser divulgado em dez dias. Segundo a tenente Gabriela, do Comando da Aeronáutica de Manaus, durante esse período os investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) que estão na região devem analisar o local do desastre e a aeronave, além de ouvir os quatro sobreviventes.De acordo com a tenente, os investigadores têm até um ano para fechar o relatório final do acidente, mas ela acredita que deva ser concluído bem antes disso. Entre as possíveis causas , além do excesso de peso, já que o avião transportava oito pessoas acima da lotação máxima permitida, estão a falta de combustível e o uso de querosene adulterado. Um dos sobreviventes disse que uma das hélices da aeronave parou de funcionar antes da queda.Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros do Amazonas, coronel Antônio Dias, a queda do avião ocorreu entre as 13h e 14h de sábado, próximo à ilha de Monte Cristo, na região do município de Manacapuru. A aeronave teria embicado na água e, por isso, apenas quatro passageiros que estavam sentados mais atrás, incluindo uma criança de 9 anos, conseguiram sair pela saída de emergência.A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a obrigação de controlar a quantidade de passageiros é do piloto, o que não retira a responsabilidade da empresa proprietária da aeronave. Ainda assim, especialistas dizem que mais importante do que a quantidade de passageiros é saber o peso que o avião transportava.O vice-presidente da Manaus Aerotaxi, Marcos Pacheco, disse que o excedente de passageiros era composto por crianças de colo. Uma portaria da Anac de 2000 permite o transporte de até 30% a mais de passageiros crianças com até dois anos. No entanto, havia crianças com mais de 7 anos viajando no colo.
Fonte: Agência Brasil

TERRA-NATAL DE CARMEN MIRANDA QUER NOME DA DIVA EM AVIÃO DA TAP

A Câmara de Marco de Canaveses (cidade portuguesa no Distrito do Porto), terra-natal de Carmen Miranda, propôs à TAP Air Portugal que batize um dos seus aviões com o nome da artista que nasceu há cem anos, a completar nesta segunda-feira (09).Manuel Moreira, presidente da Câmara, disse à Lusa que a sua autarquia aguarda ainda a resposta ao pedido formulado à transportadora aérea portuguesa.O autarca anunciou que as comemorações do centenário do nascimento da cantora e atriz vão prolongar-se por seis meses e incluem o lançamento de um selo comemorativo da efeméride, em colaboração com os CTT - Correios de Portugal.A atribuição póstuma da medalha de Mérito Municipal a Carmen Miranda, um desfile de escolas de samba, conferências com a presença do ministro da Cultura e os embaixadores de Portugal no Brasil e de Brasília em Lisboa integram ainda o programa.No âmbito das comemorações, a autarquia perspectiva ainda a realização de uma gala musical num palco flutuante sobre o rio Tâmega, estando a negociar a transmissão do espectáculo com uma cadeia de televisão."É uma diva, um verdadeiro ícone ainda no Brasil e em Hollywood, uma figura natural da nossa terra, que muito nos orgulha", disse o autarca.Carmen Miranda (Maria do Carmo Miranda) nasceu a 09 de Fevereiro de 1909 em Várzea da Ovelha, Marco de Canaveses, mas passou grande parte da sua vida do outro lado do Atlântico, entre o Brasil e os Estados Unidos.Com pouco mais de vinte anos, Carmen Miranda era já uma vedeta no Brasil, tanto na música como no cinema, chamando a atenção de Hollywood, onde chegou a ser uma das actrizes mais bem pagas.Muitas vezes encarnou uma personagem folclórica, tropical e garrida, de pronúncia acentuada, em musicais na era do Technicolor, sendo conhecidas as interpretações de canções como "Tico-tico no fubá" ou "O que é que a baiana tem?".Carmen Miranda morreu nos Estados Unidos a 05 de Agosto de 1955, com 46 anos, vítima de ataque cardíaco, depois de ter participado num programa televisivo.Quando o corpo foi trasladado para o Rio de Janeiro, a cerimónia foi acompanhada por cerca de meio milhão de pessoas.
Fonte: Jornal de Notícias (Portugal)

EMPRESA NETJETS PRETENDE COMPRAR AEROPORTOS NA EUROPA

A empresa privada de aviões de Warren Buffet pretende adquirir o controle dos aeroportos mais pequenos na Europa com o objetivo de melhorar o acesso às pistas de decolagem e reduzir o número de horas de viagem dos seus clientes executivos.“Se houver uma boa oportunidade para comprar um aeroporto, poderemos fazê-lo”, disse o CEO da NetJets da Europa, Bill Kelly em entrevista telefônica à Bloomberg sem identificar potenciais alvos.A NetJets não tem interesse em tornar-se uma empresa de aeroportos e a sua motivação é meramente melhorar o acesso às pistas de descolagem, acrescentou o responsável.O tráfego aéreo de passageiros caiu pelo quarto mês consecutivo, em Dezembro, devido à recessão e à crise financeira. A contração econômica afetou a NetJets Europe, levando a uma queda nos voos privados da empresa de um máximo de 20% desde Outubro, disse também Bill Kelly.“Certamente que 2009 vai ser duro”, disse o responsável em entrevista dia 30 de Janeiro.
Fonte: Jornal de Negócios Online

PILOTO É RETIRADO DE VOO COM HELICÓPTERO DE PRESIDENTE INDIANA

O piloto de um avião da Air India evitou hoje, no último momento, uma colisão com um helicóptero militar que levava uma comitiva da presidente indiana, com o qual se deparou durante os procedimentos para a decolagem."Estava a ponto de decolar. De repente, o helicóptero apareceu na frente do avião e puxei os freios de emergência", explicou à imprensa o piloto do voo, A.S. Kohli, citado pela agência "Ians".O avião da companhia Air India, que fazia a rota entre a cidade financeira de Mumbai e a capital, Nova Délhi (voo IC-866), evitou assim a colisão com o helicóptero, no qual estava a comitiva presidencial, segundo um porta-voz da companhia aérea, Jitendra Bhargava.Os 170 passageiros e os dez membros da tripulação não tiveram ferimentos, mas a aeronave foi transferida a um hangar porque um dos pneus ficou avariado."Não se trata de nenhum milagre. O que se viu aqui foi o rígido treino profissional" do piloto, assegurou o porta-voz da Air India.O chefe do Governo da região de Maharashtra -cuja capital é Mumbai-, Ashok Chavan, atribuiu o fato a um possível "erro" da torre de controle do aeroporto e pediu que o assunto seja "considerado seriamente, para evitar que, no futuro, ocorram novos incidentes como este", segundo a agência "PTI".As Forças Aéreas indianas já abriram uma investigação para esclarecer em quais circunstâncias os aparelhos se encontrariam frente à frente na pista, mas já asseguraram que o piloto militar estava seguindo as instruções dos controladores.
Fontes: EFE via G1

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...