segunda-feira, 11 de maio de 2015

CARRO VOADOR CAI DURANTE VOO DE TESTE NA ESLOVÁQUIA

Um carro voador caiu durante um voo teste na Eslováquia nesta sexta-feira (8). O piloto, que também é o fundador da empresa fabricante, conseguiu acionar o paraquedas a tempo e não se feriu.
Já em seu terceiro protótipo, o AeroMobil realiza testes desde outubro de 2014. Com dois lugares, para motorista e carona, o veículo pode trafegar normalmente como um carro de passeio. Para voar, abre as asas dobráveis posicionadas acima no capô faz as hélices na traseira girar (Veja vídeo acima).
De acordo com o site eslovaco “Nitra”, as pessoas que estavam próxima do aeroporto da cidade de Janíkovce, de onde o carro decolou, dizem terem visto o veículo cair em parafuso.
Segundo comunicado da empresa, o piloto, Stefan Klein, voava a 300 metros de altitude quando “encontrou uma situação inesperada”. Para amenizar a queda, ele acionou um paraquedas que, diz a companhia, “aterrissou o veículo sem causar qualquer ferimento ao piloto”. Já o carro voador não sobreviveu.
Klein passou vinte anos trabalhando no desenvolvimento do veículo. Ele diz ter se inspirado nas histórias fantásticas dos escritores Júlio Verne (1828-1905), de obras como “Viagem à Lua” e “A Volta ao Mundo em 80 dias”, e Antoine de Saint-Exupéry (1900-1944), autor de “O Pequeno Príncipe”.
Em sua conta no Twitter, a empresa evoca outra celebridade, dessa vez do campo da indústria, para explicar a queda do carro. Citando Henry Ford, pioneiro da indústria automobilística, tuitou: “Verdadeiros erros são apenas aqueles com os quais nós não aprendemos nada”.
“No processo de desenvolvimento de novos veículos, especialmente na fase de protótipo, a possibilidade de situações inesperadas são uma parte natural do programa de teste”, informou a empresa. Completou afirmando que o protótipo será testado de “de todas as formas possível para estabelecer seus limites e melhorá-lo”.
Para AeroMobil, a terceira versão do carro voador já era fabricada com os mesmos materiais da versão final do veículo, que chegaria ao mercado em 2017.
Carro voador da AeroMobil, em exposição em feira automotiva da Eslováquia. (Foto: Divulgação/AeroMobil)Carro voador da AeroMobil, em exposição em feira automotiva da Eslováquia. (Foto: Divulgação/AeroMobil)fonte/foto/G!

NEWFACE APRESENTA DESIGN DE TRÊS AERONAVES EM CONSÓRCIO COM EMBRAER

New-face-utility aircraft

Os resultados do projecto português newFACE – Future Aircraft Configurations for Eco-eficiency – foram apresentados no dia 8 de Maio de 2015, por Rui Marcelino, CEO da Almadesign, nas instalações da Embraer, em Évora, Portugal. 

O projecto foi promovido por um consórcio de empresas e instituições liderado pela Almadesign e incluindo a Embraer Portugal Estruturas em Compósitos, o INEGI – Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial e a SET – Sociedade de Engenharia e Transformação, S.A; em estreita colaboração com a Embraer, no Brasil, e com consultoria do Instituto Superior Técnico. O newFACE teve como objectivo principal desenvolver novos conceitos e soluções que integrem dois dos principais factores do futuro da aviação civil: maiores eficiências, principalmente a nível ambiental e energético; e aeronaves cada vez mais centradas no passageiro. Do projecto resultaram três aeronaves-conceito, ilustradas por modelos virtuais e maquetes à escala.

New-face-Box-Wing-aircraft

Assim, o newFACE gerou três aeronaves-conceito para atender a segmentos de mercado diferentes, mapeados num possível cenário para 2030, gerado a partir de macro-tendências económicas, sociais e de desenvolvimento tecnológico e um exercício de personas: o avião comercial “Box-wing” de 150 passageiros usa uma configuração exterior tipo box-wing para obter eficiências aerodinâmicas e estruturais;

New-face-V-tail-aircraft-1

o “V-Tail”, um conceito de avião executivo de longo curso e alto subsónico que aposta na diferenciação estética e numa solução construtiva inovadora, em isogrid, para maior eficiência estrutural e redução de custos de manufactura; e o “Utility”, (foto de destaque)  um conceito de veículo multifuncional e versátil, a fabricar e explorar numa filosofia modular. Capaz de transportar 1000 Kg ou 10 passageiros, executa missões em pistas curtas ou não-preparadas devido à sua asa equipada com duas fans eléctricas.

fonte/foto/NewsAvia/Alexandre Coutinho

MONOMOTOR CAI EM RIO E PILOTO SUMIU

Um avião monomotor caiu sábado à tarde perto do município de Novo Progresso, localizado no sudoeste paraense. O piloto, conhecido como “Celsinho”, não havia sido encontrado até a noite de ontem. Destroços da aeronave foram resgatados no rio Baú. Celso Gomes de Araújo decolou com aeronave em Novo Progresso no início da tarde de sábado e viajava em direção à Aldeia Baú, quando percebeu problemas mecânicos no monomotor minutos antes de aterrissar. Ele chegou a comunicar via rádio sobre a pane, mas o sinal foi perdido instantes depois. As buscas começaram ainda no sábado, quando a cauda e a parte da cabine do avião foram encontrados no rio após índios terem avistado o banco da aeronave boiando. 

De acordo com o jornalista Jorge Tadeu, que mora e trabalha em Novo Progresso, Celso era um piloto experiente. O avião era de propriedade dele, que trabalhava fazendo fretes entre Novo Progresso e áreas próximas, incluindo a Aldeia Baú. “Ele tem bastante experiência e era muito querido por todos”, afirmou Jorge. No momento do acidente, o piloto estava sozinho na aeronave, transportando mantimentos, segundo informações iniciais.

fonte/OLiberal

TRURQUIA SUSPENDE VOOS DE AIRBUS A400M APÓS ACIDENTE MORTAL NA ESPANHA

Quatro funcionários da Airbus morreram e outros dois ficaram feridos na queda do avião que estava a ser testado e tinha como destino um cliente na Turquia. 

Um funcionário da indústria de defesa da Turquia, contactado pela agência de notícias France Presse, confirmou que o avião seguiria em julho para a Turquia, sendo a terceira aeronave deste tipo encomedada pelo país, que assinou um acordo para comprar 10 aviões A400M, devendo a entrega ocorrer até 2018. 

A Turquia junta-se assim ao Reino Unido e à Alemanha, que também decidiram suspender as operações das suas aeronaves deste modelo, o primeiro "por uma questão de precaução" e a segunda "até nova ordem em contrário", na sequência do acidente. 

Já o exército francês vai continuar a usar a sua frota de Airbus A400M, dizendo "não ter elementos nesta fase" que justifiquem a suspensão. 

Um dos feridos, um homem, de 49 anos, foi transportado para um hospital de Sevilha com traumatismo torácico, enquanto o outro, cuja idade não é referenciada, apresentava traumatismo craniano, queimaduras na face e fratura das pernas. 

A aeronave caiu nas proximidades do Aeroporto de San Pablo, em Sevilha, pelas 13:00 locais (12:00 em Lisboa), após a descolagem. 

No avião seguiam seis pessoas, um piloto, um copiloto, um mecânico e três engenheiros, cujas identidades ainda são desconhecidos. 

A aeronave militar A400M é o maior propulsor do mundo e a sua produção industrial começou em 2011. 

O projeto desta aeronave militar nasceu em 2003, após o acordo de sete países (Alemanha, França, Espanha, Reino Unido, Turquia, Bélgica e Luxemburgo), que concordaram em comprar 180 unidades. 

O programa tinha previsto um investimento inicial de 20 mil milhões de euros, mas foi aumentado em 11 mil milhões pela quantidade de tecnologia que requer este modelo. 

fonte/RTP

ALEMANHA E FORÇA AÉREA REAL DA GRÃ-BRETANHA SUSPEDEM OPERAÇÕES COM AIRBUS A400M APÓS ACIDENTE NA ESPANHA

BERLIM (Reuters) - A Alemanha suspendeu as operações com seu Airbus A400M de transporte militar depois que uma aeronave similar sofreu um acidente na Espanha durante teste neste sábado, informou o Ministério da Defesa.


A medida ecoa a decisão tomada pela Força Aérea Real da Grã-Bretanha (RAF, na sigla em inglês) após o acidente, no qual quatro pessoas morreram.

Não houve comentários imediatos da França, Malásia e Turquia, que também operam a aeronave.
A Alemanha recebeu seu primeiro e até agora único A400M pouco antes do final de 2014, com atraso de quatro anos. O país encomendou 53 no total, mas pretende vender 13.

A Airbus disse em abril que a Alemanha receberia outros dois a quatro aviões neste ano, após novos atrasos. A empresa planeja entregar 14 a 18 A400Ms no total neste ano.
fonte/Reuters

AGRICULTOR REVELA COMO FOI O RESGATE DE PILOTO APÓS QUEDA DE AVIÃO EM AFONSO CLÁUDIO



O avião seguia com destino a Brasília
Foto: TV Vitória



















O agricultor Edu Veriato Borlot Alves, 39, foi quem ajudou a resgatar o piloto do avião que caiu  na sexta-feira (8), pela manhã, em São Francisco, zona rural de Afonso Cláudio, região serrana do Estado. Em entrevista ao Folha Vitória, ele contou o susto que teve quando viu a aeronave caindo próximo à casa onde mora. 

“Eu moro em frente e vi o avião bater no morro e fui correndo ver o que aconteceu. Quando cheguei lá outro vizinho estava ajudando o homem a sair do avião”, contou.

Edu revelou ainda que o piloto tinha cortes na cabeça, sangrava muito, e sentia muitas dores no peito. Mas estava consciente e conseguiu caminhar com ajuda até a parte de baixo do morro, onde uma ambulância o socorreu.

“Ele estava bem, falava, mas tinha muitas dores no peito, e uns cortes na testa. Tivemos dificuldade de levar ele para baixo. Quando pegamos ele no colo ele sentiu mais dores, então desceu apoiado na gente”, falou o agricultor que ficou comovido com o resgate do homem.

O ACIDENTE

De acordo com a PM, a aeronave era tripulada apenas pelo piloto que teria enfrentado problemas após uma pane no avião. O piloto, ainda não identificado, foi resgatado por um fazendeiro que acionou uma ambulância.

O homem foi encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo, localizado no Centro de Afonso Cláudio. A Polícia Militar informou que o monomotor sobrevoava o Espírito Santo com destino a Brasília.

fonte/foto/FolhaVitória

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...