quinta-feira, 3 de setembro de 2009

LULA CONFIRMA QUE RAFALE ESTÁ NO PÁREO, EM ENTREVISTA A TV FRANCESA

rafale-foto-armee-de-lair

A entrevista será transmitida pela TV 5 neste domingo (6), um dia antes da chegada ao Brasil do presidente francês, Nicolas Sarkozy, marcada para segunda-feira (7). A Agência Brasil acompanhou a conversa do presidente com os jornalistas franceses.

Um dos principais temas do encontro entre Lula e Sarkozy será a colaboração militar. O presidente confirmou que os franceses estão no páreo para vender 36 caças Dassault Rafale à Força Aérea Brasileira, um negócio que pode ultrapassar R$ 5 bilhões.

Lula ressaltou, no entanto, que vencerá quem repassar tecnologia para o Brasil. “Não podemos comprar um caça que a gente não detenha a tecnologia. Até porque sonhamos em produzir partes desse avião”, disse, numa clara referência à Embraer.

fonte: Agência Brasil foto: Sirpa Air

CAÇAS AMX PODERÃO COMBATER NO AFEGANISTÃO

amx-italianos-na-green-flag-foto-ami

A Força Aérea da Itália acaba de finalizar uma campanha de qualificação de quatro semanas com seus caças AMX. Oficialmente não foram informados os motivos destes preparativos tão intensos, mas especula-se que o objetivo seja enviá-los para o front afegão, onde tropas da OTAN combatem guerrilheiros do Talebã.

Dez AMX modernizados para o padrão ACOL participaram recentemente do exercício “Green Flag West” nos EUA. Depois do “Green Flag West”, os caças italianos seguiram para o exercício “Red Flag”, que termina no próximo dia 4 de setembro, onde puderam operar da mesma forma que as forças da OTAN atuam no Afeganistão. Naquela opotunidade dois AMX lançaram quatro bombas GBU-12 Lizard guiadas por laser contra alvos designados pelo UAV Predator B.

O padrão de modernização ACOL inclui modificações no sistema de guiagem de armas por GPS, inclusão do ‘pod’ de reconhecimento Rafael Reccelite, painel compatível com óculos de visão noturna e novos equipamentos de navegação e identificação.

O programa de modernização deve estar completo no final deste ano. Porém, a frota de AMX italianos continua ameaçada por cortes e eventuais aposentadorias prematuras.

fonte: difesa.it

AVIÃO DA JETBLUE POUSA COM MOTOR EM CHAMAS NAS BAHAMAS

Um avião da JetBlue com 93 pessoas a bordo fez um pouso de emergência nas Bahamas nesta quinta-feira depois que uma luz de emergência advertiu a tripulação da presença de fogo em um dos dois motores da aeronave, disseram autoridades.

A porta-voz da Administração Federal de Aviação dos EUA, Kathleen Bergen, disse que o fogo no motor esquerdo do avião Embraer da JetBlue Airways foi extinto depois do pouso no aeroporto internacional de Nassau às 14h35 (horário de Brasília).

Todos os 89 passageiros a bordo do avião, que voava de Orlando para Nassau, foram retirados com segurança e nenhum ferimento foi registrado, disse Bergen.

Ela disse que a administração abriu uma investigação para apurar as causas do acidente. Um porta-voz da JetBlue não estava imediatamente disponível para comentar o caso.

Reuters

SÓCRATES LANÇA PRIMEIRA BASE DA RYANAIR EM PORTUGAL

O primeiro-ministro José Sócrates considerou hoje que a primeira base da Ryanair em Portugal é "importante para a economia regional e para o turismo, que é um dos sectores mais importantes para a economia portuguesa".

"Este investimento é da máxima importância. Mais voos, mais passageiros, mais turistas, mais actividade económica", reforçou o primeiro-ministro durante a cerimónia de lançamento da base da Ryanair.

José Sócrates defendeu que o aeroporto Sá Carneiro tem tido "uma história de sucesso e tem resistido às oscilações do mercado", acrescentando que a escolha do Porto pela Ryanair é "da máxima importância para a continuação do sucesso".

Na cerimónia que decorreu na pista de aterragem do aeroporto do Porto, o primeiro-ministro afirmou que "Portugal não aceita a posição periférica na Europa" e que, nesse sentido, "quer estar ligado ao centro da Europa, com as mais modernas infra-estruturas".

José Sócrates congratulou-se ainda com "a campanha que a Ryanair está a fazer pela defesa do Tratado de Lisboa, na Irlanda" que reforçou com a inscrição num avião "Says Yes to Europe".

"É com gosto que nos associamos à campanha que a Ryanair está a fazer na Irlanda para que os irlandeses votem sim à Europa no próximo referendo", salientou.

A primeira base da Ryanair em Portugal representa um investimento de 146 milhões de euros e aumentará para dois milhões de passageiros o tráfego da companhia no Aeroporto Sá Carneiro.

A infra-estrutura contará com três aviões que assegurarão um total de 21 rotas.

Na sequência da criação da base do Porto, a Ryanair inicia a 26 de Outubro as operações da sua primeira rota doméstica em Portugal, entre o Porto e Faro, com quatro frequências semanais às segundas, quartas, sextas-feiras e domingos.
fonte: sapo/PT

EUA EXIGEM MUDANÇA EM SENSORES DE VELEOCIDADE DOS AIRBUS

As companhias aéreas dos EUA deverão substituir os sensores de velocidade de alguns de seus aviões Airbus, que podem ter sido uma das causas da queda do avião da Air France que fazia a rota Rio-Paris há três meses.

A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA) determinou na quarta-feira (2) que as empresas que operam jatos A330 e A340 - Delta Air Lines e US Airways - substituam os sensores fabricados pela empresa Thales SA por componentes produzidos pela Goodrich Corp.

A medida, que vale a partir de 8 de setembro, afeta cerca de 40 aeronaves. Autoridades europeias já haviam adotado uma regra semelhante a partir da investigação sobre a queda do A330 da Air France sobre o Atlântico, que matou 228 pessoas, após decolar do Rio no dia 31 de maio.

Os investigadores dizem ainda não saber o que provocou o acidente, mas afirmam estar analisando se leituras equivocadas da velocidade do avião podem ter tido participação no desastre. A investigação deve durar mais um ano.

As autoridades europeias de segurança aérea já relataram discrepâncias nas leituras de velocidade em alguns aviões A330 e A340 em altitudes elevadas e sob mau tempo. As investigações sugerem que os aviões equipados com velocímetros da Thales parecem mais suscetíveis a condições adversas.

As agências reguladoras estão especialmente preocupadas com a formação de cristais de gelo nos sensores, o que poderia "enlouquecê-los". Uma leitura errada da velocidade pode desativar o piloto automático e outras funções automatizadas, fazendo com que os pilotos percam o controle da aeronave.

Já houve vários relatos de problemas com sensores da Thales.

Em julho, a Airbus pediu às empresas que passem a usar a marca Goodrich, que já equipa a maioria dos aviões A330 e A340 do mundo. A Airbus diz que cerca de 200 aviões no mundo ainda usam os sensores Thales.

Paralelamente, investigadores norte-americanos de segurança aérea avaliam possíveis anomalias com indicadores de velocidade e altitude de dois aviões A330 em maio e junho.

A Thales, conhecida por ser o maior fabricante europeu de componentes eletrônicos para defesa, ainda não se pronunciou sobre a questão dos sensores.

Fontes: G1 - Reuters

QUEDA DE HELICÓPTERO MATA UM NOS EUA


Agentes federais observam nesta quarta-feira a trajetória do helicóptero que caiu no dia anterior (1) em Jackson, Mississippi. A aeronave, um Robinson R44, prefixo N33PX, da Webb Group FLP, chocou-se contra uma casa desocupada próximo ao aeroporto Hawkins, mas não chegou a pegar fogo - Fotos: AP

Uma das pessoa que estava a bordo morreu e a outra ficou gravemente ferida, segundo as autoridades. Não houve vítimas no solo. Os motivos do acidente ainda são desconhecidos.

Mais fotos do acidente:

Fotos: Kenny Short (The Clarion-Ledger)

Fontes: The Clarion-Ledger / AP via G1 / ASN

EUA ACUSAM PAQUISTÃO DE MODIFICAR MÍSSEIS HARPOON

O periódico ‘The New York Times’ informou, na sua edição de sábado passado, que a Marinha do Paquistão modificou míssies Harpoon, de ataque naval, para uso contra instalações terrestres.

Autoridades paquistanesas negaram veementemente as informações publicadas pelo jornal novaiorquino. Segundo as mesmas, isto faz parte de uma campanha dos EUA cujo objetivo é desestabilizar as Forças Armadas do Paquistão.

Um eventual modificação destes mísseis representaria uma violação ao “Arms Control Export Act” dos EUA, implicando em sérias sanções contra o Paquistão.

Os EUA ainda suspeitam que os aviões P-3C daquele país do oriente tenham sido adaptados para detectar e disparar míssies Harpoon contra instalações terrestres.

FONTE: AFP

RAF PERDE SEGUNDO CHINOOK NO AFEGANISTÃO EM MENOS DE UM MÊS

RAF Chinook

A Royal Air Force perdeu seu segundo helicóptero CH-47 Chinook no Afeganistão após o mesmo ser destruído com o auxílio de explosivos. A aeronave havia se acidentado durante o pouso no último dia 30 de agosto e a sua recuperação foi considerada dispendiosa e insegura. Todos os 19 tripulantes saíram ilesos do acidentes.

A aeronave recebeu danos consideráveis no nariz, no trem de pouso e no rotor quando pousava perto da localidade de Sangin, na província afegã de Helmand por volta das 05:30 horário local.

Um outro Chinook da RAF foi perdido no dia 19 de agosoto durante um pouso forçado, após ser atacado por forças talibãs. Foi a primeira perda de uma aeronave deste modelo pela RAF desde que o mesmo foi introduzido no conflito do Afeganistão em 2006.

A perda da segunda aeronave colocou mais pressão sobre o Reino Unido para que este retire do estoque e coloque nos esquadrões operacionais oito Chinook do modelo HC3 que estão estocados.

FONTE: Flightglobal / FOTO: Royal Navy

CAUDA DE AIRBUS ATINGE A PISTA NO MOMENTO DA DECOLAGEM NA ITÁLIA

Na terça-feira (1) o Airbus A320-200, prefixo LZ-BHC, em nome da Air Vallée (Balkan Holidays Air) para realizar o voo DO-5379 de Verona a Roma Fiumicino (Itália), a cauda da aeronave atingiu a pista do aeroporto de Verona durante o procedimento de decolagem, causando pânico a bordo. Em seguida, a tripulação decidiu retornar para o aeroporto.

O Agência Nacional para a Segurança da Aviação (ANSV) da Itália, abriu um inquérito afirmando que os danos ao avião levou a agência a taxar a ocorrência como um acidente. Segundo ANSV o avião estava fazendo a rota Verona-Roma-Hurghada.

Segundo o aeroporto de Roma Fiumicino, o avião deveria chegar a Hurghada (Egito) após uma escala em Verona.

Fonte: Aviation Herald / ASN

AVIÃO DO VICE-PRESIDENTE SUL AFRICANO ATERRISSA DE EMERGÊNCIA NA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO

O avião do Vice-Presidente da África do Sul, que regressava da Líbia, teve de aterrissar de emergência, sem obstáculo, segunda-feira (31), num aeroporto não sinalizado do nordeste da República Democrática do Congo (RDC), na sequência de um problema de combustível, soube-se hoje, terça-feira, junto das autoridades congolesas.

O avião, um DC 9 que devia dirigir-se à África do Sul teve de fazer uma escala técnica prevista em Bangui, na República Centro Africana (RCA) por causa do mau tempo.

"Não lhe restava mais que 35 minutos de vôo. O piloto foi obrigado a aterrar no aeroporto mais próximo", foi o que fez de "emergência sobre a pista não sinalizada de Gbadolite", próximo da fronteira com a RCA, explicou à AFP o ministro congolês dos Transportes, Mathieu Pita.

Não houve prejuizos nem feridos, acrescentou.

O Vice-Presidente sul-africano, Kgalema Motlanthe, que viajava com o seu ministro da Defesa Lindiwe Sisulu, regressava da Cimeira extraordinária da União Africana (UA) em Tripoli.

Eles passaram a noite em Gbadolite e serão levados de Kinshasa para Bangui por um jacto que nós colocamos à sua disposição esperando o abastecimento do avião pela Missão da ONU na RDC", segundo Pita.

O aeroporto de Gbadolite (província do Equador), utilizado no seu tempo pelo antigo presidente Mobutu Sese Seko que que tinha uma residência na cidade, não é mais sinalizada há dez anos.

Fonte: Angop

DUAs NOVAS COMPANHIAS DEVEM COMEÇAR A VOAR NO BRASIL AINDA EM 2009

Sol Linhas Aéreas, do Paraná, diz estar pronta para decolar ainda este mês

O aumento de 6,57% no volume de passageiros de voos domésticos brasileiros de janeiro a julho deste ano - em comparação com o mesmo período de 2008 - incentiva investimentos no setor e o surgimento de novas companhias aéreas nacionais. Duas empresas devem começar a operar ainda este ano, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A Sol Linhas Aéreas, de Cascavel (PR), teve a concessão operacional autorizada e terá voos domésticos regulares de passageiros, carga e mala postal. Agora, só falta assinar o contrato de concessão para que a empresa solicite rotas e horários de voos e comece a vender passagens. Ainda assim, a companhia já informa em seu site que começará a voar ainda este mês.

Inicialmente, a rota atendida pela Sol deve atender às cidades paranaenses de Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu e Maringá. Mas já está nos planos da empresa a ampliação do serviço para o restante do estado, além de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e do Paraguai.

A segunda nova companhia brasileira é a Nordeste Aviação Regional Linhas Aéreas (Noar). Ela também já tem autorização de funcionamento jurídico, mas ainda precisa obter o Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo (Cheta) para começar os trabalhos efetivamente.

Fonte: Veja.com - Foto: Divulgação

LICITAÇÃO DO AEROPORTO DE SÃO GONÇALO ATRASA NOVAMENTE E SAIRÁ APENAS EM NOVEMBRO

Croqui do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante
Clique na imagem para ampliá-la


A governadora Wilma de Faria apostava que seria setembro, a ministra Dilma Roussef anunciou outubro, mas o edital de licitação do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante deverá sair mesmo apenas em novembro.

Depois de passar pelo BNDES, o processo está agora na Agência Nacional de Aviação Civil e ainda retornará para a instituição financeira.

Resultado, mais atraso para o início do processo licitatório.

Fonte: Anna Ruth Dantas (Tribuna do Norte) - Imagem: natalmetropole.rn.gov.br

TRATOR EM SERTÃOZINHO, SÃO PAULO, CORTOU CABO E TIROU CINDACTA-1 DO AR

Corte de fibra ótica também aconteceu em MG e deixou parte do país sem controle aéreo

Obra em galeria pluvial em Sertãozinho encontrou os cabos

O rompimento de cabos de fibra ótica da Embratel por um trator em Sertãozinho e um caminhão em Sete Lagoas (MG) tiraram do ar os radares do controle aéreo do Cindacta-1, em Brasília. O sistema ficou fora do ar por 27 minutos. A Aeronáutica não informou se o apagão trouxe riscos para os aviões entre 11h15 e 11h42 de ontem, mas decolagens tiveram de ser adiadas.

Em Sertãozinho, uma retroescavadeira contratada pela prefeitura rompeu acidentalmente um dos cabos de fibra ótica pela manhã, na Cohab 7. O veículo escavava o chão para a colocação de galerias de águas pluviais. Chamadas interurbanas com o uso do código da Embratel foram afetadas para usuários de Sertãozinho.

Já em Sete Lagoas, o rompimento do cabo foi provocado por um caminhão que trabalhava em obras para duplicação de rodovia.

Com os dois acidentes, o Cindacta-1 (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo) teve a operação de rádio afetada e precisou buscar frequências alternativas. O sistema só foi totalmente restabelecido às 15h15. O Cindacta-1 controla 45% do tráfego aéreo do País.

O secretário de Obras de Sertãozinho, Alberto Dominguez Canovas, afirmou que o rompimento dos cabos foi acidental. "O local não estava sinalizado", disse Canovas.

Fonte: (Jornal A Cidade - Foto: Matheus Urenha (A Cidade)

SENADO APROVA EMPRÉSTIMO EXTERNO DE 1,76 BILHÕES DE EUROS VISANDO A AQUISIÇÃO DE 50 HELICÓPTEROS DE MÉDIO PORTE

O plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira, o Projeto de Resolução do Senado (PRS) 55/09 que autoriza a contratação de empréstimo externo de 1,76 bilhão de euros visando a aquisição de 50 helicópteros de médio porte para emprego das três Forças. As aeronaves serão fornecidas pelo consórcio Helibras e Eurocopter, entre 2010 e 2016. Ao Comando da Aeronáutica caberão 18 unidades, e aos Comandos do Exército e da Marinha, 16 unidades cada.

O plenário aprovou ainda o PRS 54/09, que autoriza a contratação de um empréstimo externo pelo Brasil no valor total de 4,32 bilhões de euros. Os recursos, fornecidos por um consórcio de bancos, destinam-se ao programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub) da Marinha.

O Prosub prevê a construção em série de quatro submarinos convencionais no Brasil, com aquisição de tecnologia de projeto e de construção dessas embarcações; o projeto e a construção de um estaleiro dedicado à construção de submarinos nucleares e convencionais; o projeto e a construção de uma base de apoio de submarinos convencionais e nucleares; e o projeto e a construção de um submarino nuclear.

Em audiência na semana passada na Câmara, Jobim defendeu a compra dos submarinos franceses pelo Brasil e disse que serão necessários 6,9 bilhões de euros para que o Brasil se torne autônomo na construção de submarinos. O governo financiará esse valor em cerca de 20 anos. Esse é o tempo necessário para que o primeiro submarino fique pronto.

O ministro disse ainda que a França foi o único país que se dispôs a transferir tecnologia. E explicou na ocasião por que não optou pela proposta da Alemanha, de valor mais baixo:

- Os franceses foram os únicos que se dispuseram a isso, a transferir tecnologia. E os alemães não têm experiência na construção de submarinos de propulsão nuclear.

Fonte: Agência Senado via O Globo

FALHAS EM SOFTWARE ATRASAM O PROGRAMA CRJ1000


A Bombardier tornou público que seu programa de testes de voo do novo avião CRJ1000 NextGen, está sofrendo um atraso devido falhas inesperadas de software, o que causará o atraso nas primeiras entregas da aeronave.

Guy Hachey, presidente e chefe de operações da Bombardier Aerospace, durante uma reunião com os acionistas hoje, informou que o programa sofreu falhas de software em julho.

A fabricante canadense já descobriu as causas das falhas e as falhas foram sanadas, contudo, o programa sofreu um pequeno atraso, segundo palavras de Hachey.

A Bombardier acredita que poderá entregar a primeira unidade do novo modelo, no mais tardar, até 30 de abril de 2010. A idéia original previa a entrega para janeiro.

Até 31 de julho , o protótipo do CRJ1000 já havia completado 70% das horas estimadas de voos de teste exigidas para o programa. De acordo com a empresa, o protótipo atingiu todos os parâmetros previstos de desempenho e constatou-se que o peso final do modelo , está consistente com as expectativas. O primeiro avião de produção fez seu primeiro voo em julho.

A carteira de pedidos do CRJ1000, sofreu um revés no mês passado, com o cancelamento das entregas previstas à MyAir, uma empresa italiana de baixo custo que havia confirmado a compra de 15 unidades. As operações da MyAir foram encerradas em julho pela ENAC, orgão que fiscaliza a aviação civil em território italiano.

Após o cancelamento do pedido da MyAir , a carteira de pedidos do CRJ1000 hoje, é de 49 unidades. Deste total, 35 aviões serão entregues à Air Nostrum, pedido este no valor de 1.75 bilhões de dólares.

Hachey declarou que a Bombardier tem percebido grande interesse dos operadores europeus pelo novo jato regional e que algumas campanhas estão em curso, divulgando o novo produto.

fonte/foto: Bombardier

EASA: TESTES EFETUADOS NÃO CONFIRMARAM PROBLEMAS COM TUBOS DE PITOT DA THALES

As autoridades aeronáuticas européias divulgaram uma diretiva referente aos tubos de pitot da Thales, utilizados nos Airbus A330/340s. A AD conforme previamente indicava, exige dos operadores a substituição de ao menos, dois dos tubos por modelos da Goodrich, em um prazo de quatro meses, a contar de 07 de setembro.

A diretiva proibe a instalação de tubos de pitot modelo ´´AA´´ da Thales, após 07 de janeiro de 2010 e restringe o uso dos modelo ´´BA´´ somente a uma das três posições existentes, ou seja, a do primeiro oficial.

Entretanto, a diretiva esclarece que testes em túnel de vento, efetuados com o modelo BA, e realizados em agôsto, não indentificaram falhas e que o comportamento do dispositivo ficou dentro do envelope de formação de gelo especificado na certificação.

Os tubos de pitot dos A330/340s ficaram sob suspeita desde o acidente do Airbus A330 da Air France, em 01 de junho, em função de evidências de discrepância de leituras da velocidade do ar , durante os momentos finais do voo AF447.

A EASA informou que a diretiva tem caráter preventivo e que equivale a uma decisão provisória, não descartando novas medidas no futuro.

Thales Group

EASA

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...