sexta-feira, 25 de setembro de 2009

HELICÓPTERO FAZ POUSO FORÇADO NA ZONA NORTE DE SÃO PAULO


Clientes do supermercado observam helicóptero - Foto: Evelson de Freitas (AE)

Helicóptero ficou tombado em estacionamento; ninguém se feriu - Foto: Thiago Reis (G1)

Um helicóptero fez um pouso forçado na região da Vila Maria, na Zona Norte de São Paulo, na tarde desta sexta-feira (25). Segundo os bombeiros, ele tombou no estacionamento de um hipermercado Carrefour.

O piloto e um acompanhante que estavam na aeronave foram socorridos por uma equipe dos bombeiros. Não há informação do estado de saúde das vítimas.




De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, o piloto da aeronave telefonou para o centro de operações dos Bombeiros, por volta das 14h30, informando que havia feito um pouso forçado e pedindo que um resgate fosse até o local.

Segundo a assessoria de imprensa do Carrefour, o helicóptero não atingiu nenhum carro ou cliente. Os dois ocupantes da aeronave, o piloto e um aluno de instrução de voo, tiveram apenas ferimentos leves e foram socorridos no local e encaminhados para a Santa Casa. De acordo com os bombeiros, os dois saíram conscientes e andado após o acidente. O piloto teve apenas um corte no supercílio.

Investigação

O centro de Comunicação Social da Aeronáutica em Brasília informou que foi comunicado do pouso forçado da aeronave e que uma equipe do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) 4 estava a caminho do local, por volta das 15h10, para investigar as causas do ocorrido.

De acordo com o centro de comunicação, um relatório com as causas do problema deve ser feito num prazo mínimo de 90 dias. O órgão disse não ter recebido relato sobre pessoas feridas na ocorrência.

Fonte: G1

FORMOL FAZ AVIÃO DA TRIP POUSAR

O voo 5603 da Trip, que saiu do Aeroporto Internacional de Belém ontem, às 12h55, com destino a Carajás, no sudeste do Pará, ficou no meio do caminho. Ou seja, em Tucuruí, onde a aeronave faria apenas uma escala. A viagem foi interrompida porque um garrafão com 3 litros de formol, armazenado indevidamente no espaço destinado à bagagem de mão dos passageiros, explodiu durante o voo, causando grande desconforto, inclusive à tripulação.

De acordo com um dos passageiros do avião, o chefe do cerimonial da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Augusto César Santos, a substância teria sido transportada por um grupo de seis biólogos, que levavam outras substâncias. A situação foi preocupante. 'Cerca de 40 minutos depois de decolar de Belém, quando iria começar o serviço de bordo, os passageiros foram avisados de que a viagem seria interrompida devido a um problema técnico', contou Augusto.

Segundo ele, cerca de 50 passageiros estavam no voo. O formol entrou na aeronave em volumes parecidos com garrafas de refrigerante que estavam dentro de caixas sem proteção e amarradas com sacolas plásticas. 'A substância vazou e chegou a molhar a minha bagagem. Sou agrônomo e posso dizer que se esse líquido tivesse atingido a cabine, com certeza corríamos o risco de cair', disse o passageiro, que estava na companhia do reitor da Ufra, Sueo Numazawa.

Augusto César afirma que quando pousou em Tucuruí nenhuma informação sobre o voo fora dada pela companhia aérea, assim como nenhum atendimento médico foi prestado aos passageiros. 'Ninguém falou nada com os passageiros. Mas, aparentemente, ninguém ficou mal. Apenas a aeromoça, que estava com os olhos muito vermelhos, não foi mais vista entre os outros tripulantes', ressaltou.

Por telefone, a reportagem tentou falar com os biólogos que levavam o formol, assim como outras substâncias químicas, mas eles se recusaram a informar o que, realmente, aconteceu.

Procurada para falar sobre o incidente durante o voo 5603, a Trip Linhas Aéreas não esclareceu o assunto. Uma funcionária de nome Caroline informou que não poderia dar detalhes sobre o acidente porque não tinha conhecimento do caso. Segundo ela, somente a assessoria de comunicação, que fica em Belo Horizonte, deveria se manifestar. Mas, até o fechamento da edição, os telefones da assessoria só chamavam.
fonte/Belém

AF-1 LANÇA MÍSSIL AIM-9H SIDEWINDER

AF-1A_AIM-9H_01

Entre os dias 16 e 23 de setembro de 2009, as aeronaves AF-1A N-1021 e N-1022 (Falcões 21 e 22) do Esquadrão VF-1(1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque), realizaram com sucesso, quatro lançamentos de míssil “Sidewinder” AIM-9H, na área de tiro do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) em Natal-RN.

Resultado de uma campanha que envolveu a participação do Comando de Operações Navais, Comando-em-Chefe da Esquadra, Comando do 3º Distrito Naval, Comando da Força Aeronaval, Centro de Análises de Sistemas Navais, Centro de Mísseis e Armas Submarinas, 1° Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque, Grupo Especial de Ensaios em Vôo e da Base Aérea de Natal, esse evento se reveste de grande importância, uma vez que vem ratificar a capacidade de defesa aérea de nossa Esquadra e contribuir para o contínuo incremento do nível operacional do Esquadrão VF-1.

AF-1A_AIM-9H_02

fonte/fotosComForAerNa

AVIÃO COM DUPLA SERTANEJA DERRAPA E BATE EM MURETA NA BAHIA

Um avião que transportava a dupla sertaneja Roby e Roger derrapou e bateu na mureta de proteção de uma pista de pouso na cidade de Condeúba, na sul da Bahia na quinta-feira. De acordo com a assessoria de imprensa da dupla, eles sofreram apenas escoriações.

Os cantores haviam decolado de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para fazer um show em Mortugaba (BA) pelo projeto Amigos do Sertão. No avião, que havia sido fretado pela organização do projeto para transportar os músicos, estava ainda um médico cardiologista que trabalharia como voluntário também.

Segundo a assessoria, o show da dupla deve acontecer na noite desta sexta-feira.

BRITIHS AIRWAYS VAI COBRAR PASSAGEIROS POR ESCOLHA DE ASSENTO EM VOO

A companhia aérea British Airways (BA) informou nesta sexta-feira que, a partir do mês que vem, os passageiros terão que pagar pela escolha de assentos na hora de fazer uma reserva de voo. A nova cobrança será para qualquer lugar no avião, seja na janela, no corredor ou perto das saídas de emergência.

Atualmente, a companhia permite aos passageiros fazer a reserva de seu assento, sem taxa alguma, até 24 horas antes da decolagem. Mas, a partir do próximo dia 7, começará a cobrar os clientes. Segundo a BA, a medida dará ao passageiro "mais controle sobre suas opções de assentos".

Para viagens na Europa, a nova taxa será de dez libras (11 euros) por assento. Nos voos de longa distância, este valor sobe para 20 libras (22 euros). Já para os lugares colados à saída de emergência, o preço vai ser de 50 libras (55 euros).

"A partir de 7 de outubro de 2009, a British Airways lança um novo serviço para que os clientes tenham mais controle sobre as opções de assentos. Eles poderão escolher os lugares quando fizerem a reserva e garantir os assentos da saída (de emergência)", declarou uma porta-voz da companhia aérea.

fonte/EFE

LULA VAI À EUROPA VENDER AVIÃO DA EMBRAER




A partir de terça-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa a trabalhar como garoto propaganda dos aviões da Embraer. Na viagem de uma semana que fará pela Europa, Lula vai voar a bordo do Emb-190, adquirido pelo governo brasileiro para substituir os antigos Boeings 737, conhecidos como Sucatinhas. O primeiro exemplar do Emb-190 será entregue amanhã ao Grupo de Transportes Especiais da FAB. O segundo chegará em dezembro. Os aviões custaram R$ 150 milhões.

A novidade do Emb-190 em relação ao Airbus 319, o Aerolula, é que o centro de comunicações do novo avião permitirá que o presidente Lula e as autoridades que estiverem a bordo usem internet para se comunicar com o governo. A exemplo do Aerolula, o Emb-190 terá uma cabine especial para o presidente e seus convidados, além de outros 36 lugares para a comitiva do mesmo tipo oferecido pela classe Executiva.

Na cabine reservada fica o gabinete de trabalho, uma suíte com cama de casal, chuveiro e saleta com terminal de vídeo. Todas as comunicações via satélite são protegidas e codificadas eletronicamente, permitindo que as atividades de inteligência, comando e controle do governo possam funcionar a bordo.

Lula embarca do Rio de Janeiro para Lisboa, na terça à noite, a bordo do Aerolula. Na capital portuguesa, troca o Aerolula pelo Emb-190, inaugurando o avião rumo a Copenhague, na Dinamarca, onde participará da cerimônia de escolha da sede das Olimpíadas em 2016.

De lá, no domingo, o presidente Lula irá para Bruxelas, capital da Bélgica e, por último, para Estocolmo, na Suécia. De Estocolmo, Lula volta direto para o Brasil a bordo do Aerolula, já que o Emb-190 não tem autonomia para atravessar o oceano sem uma parada.

Este novo avião, que já voa em outros países pelas companhia Lufthansa, Air France, Alitália, entre outras, será usado, principalmente para voos na América do Sul. O Emb-190 presidencial teve a autonomia original expandida e pode chegar a qualquer capital da América Latina sem escalas e até a África ou ao hemisfério norte com uma só parada.



fonte/Agência Estado

DOMINGO AÉREO NO DIA 27 DE SETEMBRO EM MINAS GERAIS

O Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) vai abrir seus portões no próximo dia 27, das 10h às 17h, para o tradicional “Domingo Aéreo”. Os interessados em participar do evento deverão levar um quilo de alimento não-perecível (exceto fubá e sal). As doações serão entregues para instituições beneficentes, previamente selecionadas pelo CIAAR, e que estão localizadas na região metropolitana da capital.

Durante todo o dia, o CIAAR será palco de grandes atrações, tais como a participação especial da Esquadrilha da Fumaça, salto de paraquedistas, sobrevoos e exposição de aeronaves, apresentação da banda “Asas de Minas”, Rua do Lazer para crianças, plastimodelismo, ofidismo e demonstração do Canil “Rompe Nuvens”. A chegada da Esquadrilha da Fumaça está prevista para às 11h e sua demonstração começará às 14h15.

Programação:

10h: Abertura com apresentação da banda Asas de Minas e salto de paraquedistas

10h45: Chegada da Esquadrilha da Fumaça

10h às 15h: Rua do Lazer do SESC-MG

11h e 13h30: Apresentação do canil “Rompe Nuvens”

14h15: Apresentação da Esquadrilha da Fumaça

17h: Encerramento do evento com salto de paraquedistas

Obs: programação sujeita a alterações de horários

fonte/ CIAAR

ESQUADRILHA DA FUMAÇA RECEBE NOVOS PILOTOS

A Esquadrilha da Fumaça recebeu neste mês dois novos pilotos, admitidos por meio de Conselho Operacional realizado no mês de agosto.

Embora o Capitão Aviador Iramar Renó Faria e o Capitão Aviador Marcelo Oliveira da Silva tenham sido notificados de seu ingresso no dia 31 de agosto, foi somente no dia 21 de setembro que ambos chegaram à Fumaça, a fim de iniciar a formação operacional específica para a nova missão.

O Capitão Renó é proveniente do 1º/5º GAv, localizado em Fortaleza (CE), e o Capitão Marcelo servia no 2º ETA, em Recife (PE). Ambos haviam ministrado instrução aos cadetes da Academia da Força Aérea no período de 2003 a 2006 e 2004 a 2006, respectivamente. Agora, os pilotos vão se dedicar a aperfeiçoar o voo em formação e à ambientação ao voo de dorso, característica que distingue a Esquadrilha da Fumaça das outras esquadrilhas do mundo.

A previsão é de que os futuros números “#4″ e “#2″ da Esquadrilha da Fumaça permaneçam durante, pelo menos, três meses recebendo instrução da atual equipe e estreiem em demonstrações no início do próximo ano.

fonte/EDA

FAB COLOCA O BRASIL ENTRE OS PAÍSES COM TECNOLOGIA DE PONTA EM SISTEMAS DE BUSCA

A estação MEOLUT brasileira de dois canais iniciou sua operação nas instalações do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I), em Brasília, no último dia 3 de julho.

O fato reveste-se de importância ímpar para o Brasil, que assume a posição como 4º país do mundo - atrás do Canadá, Inglaterra e França, a implantar a tecnologia de ponta do Sistema COSPAS-SARSAT, a primeira estação instalada no Hemisfério Sul.

O Programa COSPAS-SARSAT é um esforço conjunto internacional com o objetivo de salvar vidas através da localização de radiobalizas de emergência. Seu segmento espacial é mantido pelos quatro países fundadores – EUA, Rússia, Canadá e França – cujos satélites são dotados de processadores para localização das balizas de emergência.

O segmento terrestre - composto por Estações de Usuário Local (LUT) e Centros de Controle de Missão (MCC) – é mantido pelos países signatários, mas viável a quaisquer interessados. Assim, o funcionamento do Sistema COSPAS-SARSAT pode ser explicado da seguinte forma: uma radiobaliza de emergência é acionada, seu sinal é recebido por satélites que o retransmite para as estações em terra (LUT), que automaticamente o processam e enviam sua localização aos MCC do país responsável pela região de busca e salvamento onde a baliza acionada se encontra.

Este MCC, por sua vez, analisa e encaminha esta posição aos Centros de Coordenação de Salvamento (RCC), aeronáuticos ou marítimos, que assumem a responsabilidade por prestar o Serviço de Busca e Salvamento, em nome do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) – elo central do Sistema de Busca e Salvamento (SAR).

Como funciona hoje - Atualmente, o segmento espacial do COSPAS-SARSAT conta com dois sistemas satelitais: o de órbita polar baixa (LEOSAR) e o geoestacionário (GEOSAR).

O LEOSAR é composto por satélites cujas órbitas são baseadas nos pólos terrestres, estando a uma altitude aproximada de 1.000 km, possuem a capacidade de calcular a posição das radiobalizas de emergência através do efeito Doppler, ou seja, mantendo sua velocidade constante, são capazes de identificar a diferença na frequência ao passar próximo a uma baliza, identificando sua posição por meio de cálculos efetuados pelas LUT, que recebem esses sinais dos satélites. No entanto, para garantir a precisão da posição, é necessária, ao menos, uma segunda passagem de um dos satélites da mesma constelação.

O GEOSAR funciona como complemento ao sistema LEOSAR, uma vez que esses satélites permanecem geoestacionários a 35.800 km da Terra, cobrindo cerca de um terço da superfície terrestre. Por não estarem em movimento em relação à superfície terrestre, esses satélites somente são capazes de localizar a baliza acionada se a mesma possuir um sistema de navegação GPS acoplada ao seu transmissor. Caso contrário, assumirá a função de fornecer o alerta antecipado, cientificando o segmento terrestre de que há uma baliza acionada e que se prepare para o recebimento de novos dados a partir do LEOSAR.

Por envolver tecnologia de ponta destinada ao salvamento de vidas humanas, o Sistema COSPAS-SARSAT não pode se dar ao luxo de estacionar no tempo e, desde o seu início na década de 80, se mantém em constante evolução. O estado da arte do Sistema, tecnologia já em estado operacional, é o sistema MEOSAR.

Fique por dentro

SAR: MEOSAR
Este novo sistema emprega satélites com órbitas médias (aproximadamente 2000 km), com a capacidade de procurar por sinais de emergência em um raio muito maior em comparação com os satélites de órbita polar baixa e, por utilizar os mesmos satélites dos sistemas de navegação.

MEOLUT (Medium-Earth Orbiter Local User Terminal - Terminal de Usuário Local de Órbita Média)
São estações terrestres especialmente desenvolvidas para receber e processar os sinais captados pelos satélites MEOSAR satelital (GPS, Galileo e GLONASS), tem a previsão de formar sua constelação com um número acima da constelação LEOSAR.

A previsão é que, em 2014, qualquer ponto da superfície terrestre seja visualizado simultaneamente por, pelo menos, cinco satélites, o que provocará um salto de qualidade na precisão da localização e reduzirá sobremaneira o tempo necessário à localização da posição, contribuindo diretamente para a economia e eficiência do emprego dos meios SAR em atendimento às emergências.

Além da capacidade de utilizar o efeito Doppler, o satélite MEOSAR usará o mesmo princípio utilizado pelos aparelhos GPS para determinar a posição: a diferença de tempo na recepção do sinal de diferentes satélites visualizados ao mesmo tempo. No entanto, esse cálculo não será feito pela baliza de emergência, mas diretamente nas MEOLUT, estações terrestres especialmente desenvolvidas para receber e processar os sinais captados pelos satélites MEOSAR.

fonte/ DECEA/Revista Aeroespaço

POUSO FORÇADO - HELICOPTERO DA MARINHA DO BRASIL

Depois de decolar do Heliporto da Base Naval de Natal, no Alecrim, às 9h30 de ontem, a aeronave SH-3 da Marinha do Brasil com sete tripulantes realizou pouso de emergência dentro da área Naval. Nenhum tripulante ficou ferido. De acordo com a assessoria de imprensa do 3º Distrito Naval, o incidente ocorreu durante exercícios militares. As investigações estão em andamento e o prazo regulamentar para a conclusão é de até 60 dias.

Apesar dos militares não terem sofrido escoriações, uma viatura dos Bombeiros e uma ambulância foram encaminhadas para o local. Segundo informações obtidas pela TN, o helicóptero da Base Aeronaval, de São Pedro de Aldeia, no RJ teria decolado no início da manhã da Base Aérea de Natal, em Parnamirim, após fazer uma notificação de vôo para o Controle de Tráfego Aéreo. O destino - litoral e Forte dos Reis Magos. Após o percurso, a aeronave pousou na Base Naval. Minutos depois, decolou com destino à Base Aérea, em Parnamirim, momento em que o helicóptero teria tido “perda parcial de impulso”sendo necessário o pouso.

Incidentes com helicópteros da Marinha têm u histórico em Natal. No dia 12 de julho de 2007, uma das janelas de um modelo Super Linx caiu na av. Mário Negócio, no Alecrim, durante o voo. Ninguém se feriu e na época o 3º Distrito Naval informou que o incidente ocorreu depois que a janela foi ejetada involuntariamente por um dos tripulantes. Em 16 de junho de 2006, a porta inteira de uma outra aeronave, também da Marinha, caiu no quintal de uma casa, no Bom Pastor.

fonte/Tribuna do Norte

PATROUILLE DE FRANCE SE APRESENTARÁ EM NATAL, RIO GRANDE DO NORTE

Dentro das Comemorações do Ano da França no Brasil, a Patrouille de France, similar à Esquadrilha da Fumaça brasileira, fará uma apresentação em Natal na tarde deste sábado, dia 26, a partir das 16h30, na Praia dos Artistas. A Força Área Brasileira (FAB) vai se responsabilizar apenas pela segurança do palco e pela montagem do som para divulgação do evento.

A Patrouille de France é um dos mais importantes destacamentos aéreos do mundo e é formada pelos mais experientes pilotos de caça da Força Aérea francesa. A Patrulha Acrobática chega a Natal após apresentações em Brasília e no Rio de Janeiro.O adido militar da Embaixada da França no Brasil, o coronel Charpentier ressaltou que a Patrouille de France também se apresentou em setembro na Argentina e no Chile.

fonte/Tribuna do Norte

Segundo ele, os dois países foram incluídos no roteiro do grupo francês graças à vinda do destacamento aéreo ao Brasil. “A turnê pela América Latina nasceu dessa participação no Ano da França no Brasil. O público poderá ver um trabalho de pilotagem extremamente afinado, com pilotos recrutados entre os melhores do mundo”, adianta o adido militar.

Entre as acrobacias, manobras belas e arriscadas, como o éclatement final, quando os oito caças alinhados na horizontal fazem uma curva para cima em 90 graus, e seguem em direções diferentes, formando um desenho de meia esfera, como se reproduzissem o efeito do disparo de fogos de artifício, ou a manobra que deixa no céu um rastro em formato de coração.

Treinamento exaustivo

Para executar as doze figuras da série 2009 que já encantaram franceses, europeus e canadenses, os aviadores contam com um preparo exaustivo. Selecionados entre os melhores e mais experientes pilotos de caça da Força Aérea Francesa, eles precisam ter no mínimo 2 mil horas de voo registradas, o que corresponde, em média, a dez anos de pilotagem, dentro da exigência de um piloto de caças de voar 180 horas por ano. Os profissionais selecionados para integrar a Patrouille de France têm, em geral, 12 anos de experiência.

“São apresentações extremamente seguras, feitas por profissionais que dedicam disponibilidade e certa dose de sacrifício para alcançar esse nível de trabalho. As apresentações são um motivo de orgulho para esses militares, que passam até seis meses longe de casa, motivados pela vontade de mostrar o prestígio da França nessa área”, afirma o coronel Charpentier.

Entre os nove pilotos da Patrouille de France que estão no Brasil desde a apresentação feita em Brasília no dia 7 de Setembro, destaca-se a piloto adjunta Virginie Cuyot, 32 anos, única mulher a participar de um grupo militar de acrobacias aéreas. Filha de um militar, Cuyot, que fez o seu batismo de voo aos 12 anos, é casada e mãe de um filho de três anos. Ela já cumpriu 1.800 horas de voo, e se prepara para assumir, em dezembro próximo, a posição de líder de esquadrilha de caça da Patrouille.

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...