quinta-feira, 27 de agosto de 2009

CHEFE DA FAN ESCLARECE ACIDENTE EM ANGOLA



Luanda - O chefe do Estado Maior da Força Aérea Angola (FAN), general Francisco Lopes Gonçalves "Hanga", esclareceu que o avião do IL76 despistou-se.

As primeiras informações do acidente davam conta que a aeronave se despenhara quando se fazia aos ares na base número 1 de Luanda, causando ferimento a 4 pessoas, informaçãocontrariada pelo general.
Em entrevista telefónica à Angop, Francisco Lopes "Hanga" informou que o aparelho, que transportava 33 passageiros e 8 tripulantes, tinha como destino a província de Cabinda e levava igualmente viveres.
Adiantou que apenas uma pessoa ficou ligeiramente ferida e que a FAN constituiu já uma comissão técnica que vai apurar as causas do incidente.
fonte: ANGOP

BOEING ANUNCIA VOO DO B787 ATÉ O FINAL DO ANO


A Boeing informou nesta quinta-feira que o modelo 787 Dreamliner fará o primeiro voo até o final deste ano, com o início das entregas previsto para o quarto trimestre de 2010. O anúncio fazia as ações da companhia dispararem cerca de 8%.

Alex Hamilton, analista da Jesup & Lamont Securities, afirmou que o comunicado da Boeing ajudou a minimizar dúvidas que cercavam o modelo 787.

"Havia muita incerteza e muitos se perguntavam se essa aeronave iria voar algum dia", disse ele. "(O anúncio) meio que encerra a incerteza."

A companhia informou que concluiu que os aviões que participarão dos testes de voo iniciais não possuem valor comercial de mercado por conta de modificações necessárias que foram realizadas e que por isso assumirá encargos no terceiro trimestre.

Segundo a Boeing, os custos anteriormente registrados para as três primeiras aeronaves serão reclassificados como uma despesa de pesquisa e desenvolvimento, resultando em um encargo antes de impostos estimado em US$ 2,5 bilhões, ou US$ 2,21 por ação, contra resultado do terceiro trimestre.

Analistas previam um lucro de US$ 1,21 por ação no terceiro trimestre, de acordo com a Reuters Estimates. Hamilton afirmou que projeção atualizada provavelmente indica que a Boeing anunciará um prejuízo no terceiro trimestre.

"Isso é dinheiro que já foi gasto e é dinheiro que eles estão reclassificando como despesa de pesquisa e desenvolvimento... A mensagem deve ser clara - ainda é uma aeronave economicamente viável", disse o analista.

A data do primeiro teste de voo foi adiada por várias vezes devido a problemas de produção e uma greve de dois meses.

O último adiamento aconteceu em junho, quando a Boeing informou que a aeronave não iria voar, conforme programado, durante o segundo trimestre para tratar de problemas estruturais.

A companhia, que afirmou no início deste ano que as primeiras entregas do 787 poderiam ocorrer no primeiro trimestre de 2010, também informou que espera atingir uma taxa de produção de 10 aeronaves por mês no final de 2013.

Às 13h57 (horário de Brasília), as ações da Boeing exibiam alta de 8,78%, para US$ 52,02 na bolsa de valores de Nova York, que operava em alta de 0,04% no mesmo horário.

fonte: Invertia foto/divulgação

AERONAVE CAI NOS ARREDORES DO AEROPORTO DE LUANDA

Um avião do tipo IL-76 com a matricula T 906 das Forças Armadas Angolanas despenhou-se às 15h10 de hoje, quinta-feira, nos arredores do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, sem causar vítimas mortais.

Fontes ligadas à Força Aérea Angolana disseram à Angop, no local, que a aeronave caiu momentos depois de levantar o voo, na pista número-2 com destino à província de Cabinda, tendo provocado o ferimento nos membros inferiores a quatro cidadãos que seguiam a bordo.
O avião caiu a poucos metros do início de uma zona residencial do bairro Catintom, no município da Maianga.
A aeronave transportava passageiros, entre militares e civis, e era pilotado por militares da Força Aérea Nacional.
Aguarda-se por um pronunciamento oficial das autoridades aeronáuticas militares.

fonte: ANGOP

FORÇA AÉRA ITALIANA IRÃO PARTICIPAR DA RED FLAG

amx-italia-green-flag-foto-forca-aerea-italiana

No último dia 21 de agosto, terminou a participação dos 10 aviões de ataque AMX, da Força Aérea Italiana, no exercício Green Flag. Realizado na Base Aérea de Nellis, Nevada (EUA), o exercício contou com a participação de aproximadamente 200 militares italianos de diversas unidades, como o 51º Stormo de Istrana (Treviso), a 32ª Ala de Amendola (Foggia), Comando Logístico, Departamento de Voo Experimental Pratica di Mare (Roma), entre outras, tanto para operação e apoio aos caça-bombardeiros como para exercitar a ligação com forças terrestres presentes na Green Flag, através da criação de um Departamento Autônomo de Voo (Reparto Autonomo di Volo - RAV).

Segundo a Aeronautica Militare (Força Aérea Italiana), o exercício representa o estado da arte em cooperação estreita (apoio aproximado) com tropas terrestres. Nas duas semanas de treinamento, há um trabalho em conjunto das tripulações com as tropas terrestres , desenvolvendo e testando táticas para os cenários atuais de emprego. O ambiente reproduz esses cenários complexos em que há grandes riscos de fogo amigo e danos colaterais a civis, que devem ser evitados a todo custo para que se utilize todo o potencial do poder aéreo.

Assim, foram realizadas operações de Air Support (CAS) , Convoy Escort ,Urban CAS, missões envolvendo cooperação com Veículos Aéreos não Tripulados como os Predator MQ-1,que designaram alvos para bombas guiadas a laser (leia mais no link ao final da matéria), e operações de Join Air Attack Team (JAAT), em que um mesmo objetivo foi alvo de ação em que participaram os AMX, artilharia norte-americana, helicópteros AH-64 Apache e pessoal dos 17 º, 16º C e 185º Stormo RAO, incluídos nas equipes de JTAC (Joint Attack Terminal Controller).

amx-italia-green-flag-foto-3-forca-aerea-italiana

Ao todo, os AMX italianos realizaram 171 missões e 300 horas de voo, lançando 30 bombas no polígono, realizando ataque ao solo simulados com o canhão Vulcan de 20mm, ação de evasão em caso de ataque com mísseis antiaéreos (SAM-Surface to Air Missile) e, em cada uma destas missões, foi feita uma análise cuidadosa dos danos colaterais possíveis para a situação tática, para o julgamento da necessidade de abortar o uso do armamento em situações em que poderia haver riscos, mesmo pequenos, de fogo amigo (Blue on Blue) ou de atingir população civil.

O desafio agora é a Red Flag 09-05, em que os AMX italianos atuarão junto aos F-16, F-15, F-18, EA6 Prowler, E-3 Sentry (AWACS) e KC-135 norte-americanos, além dos F-16 dos Emirados Árabes Unidos. Os “inimigos” serão os caças dos grupos de “agressors” dos 64º e 65º CTS.

amx-italia-green-flag-foto-2-forca-aerea-italiana

FONTE e FOTOS: Força Aérea Italiana (Aeronautica Militare)

CAI AVIÃO QUE COMBATIA INCÊNDIO NA GRÉCIA

ATENAS (Reuters) - Um avião hidrante da Grécia caiu enquanto combatia as chamas na ilha de Kefalonia, situada no mar Iônico, nesta quinta-feira, e o piloto morreu, informaram autoridades.

O acidente ocorreu três dias após os bombeiros terem conseguido controlar um grande incêndio florestal que destruiu cerca de 150 casas e milhares de hectares de floresta perto de Atenas.

"Eu gostaria de expressar minha desolação, nossa tristeza, e minhas condolências pela perda do piloto, que morreu enquanto fazia seu dever com sacrifício voluntário", disse a jornalistas o primeiro-ministro, Costas Karamanlis.

O avião caiu nove minutos após deixar o aeroporto de Kefalonia para combater o incêndio florestal, disseram as autoridades. Não havia ninguém mais a bordo.

Enquanto o governo conservador foi criticado por sua resposta lenta ao incêndio que aconteceu entre os dias 21 e 24 de agosto, o pior na Grécia desde um que matou 65 pessoas em 2007, os bombeiros foram louvados por todos os partidos políticos por seus esforços incansáveis.

Aviões hidrantes gregos, italianos e franceses, centenas de bombeiros e soldados combateram por três dias as chamas, que forçou milhares a fugirem de suas casas e levou a um estado de emergência no leste do país.

fonte: Reuters

GOVERNADOR DO ACRE RECEBE HELICÓPTERO, MAS ESTADO NÃO TEM HELIPORTO

MM


O governador do Acre Binho Marques (PT) recebeu nesta quarta-feira, 26, em Brasília, o helicóptero Esquilo AS 350, que o Estado comprou da Helibras por R$ 7,9 milhões. A solenidade foi prestigiada, entre outros, pelo ex-govenador Jorge Viana, presidente do Conselho de Administração da Helibras.

O Acre, que não dispõe ainda de heliporto, assinou em novembro de 2008 o contrato de compra, o que ocorreu dois anos após Jorge Viana ter deixado o governo do Acre e assumido a presidência do Conselho de Administração da Helibras, maior montadora de helicópteros da América do Sul.

- O helicóptero que o Binho acaba de receber para o Acre eh lindo - escreveu o senador Tião Viana (PT-AC) no Twitter.

Acre compra helicóptero de empresa da qual ex-governador participa

O helicóptero foi batizado como Comandante João Donato, em homenagem ao pai do compositor acreano João Donato. No final da década dos 1930, o coronel João Donato de Oliveira se tornou o primeiro piloto de avião do Acre, onde chegou a ser dono de um aeroclube.

Pintado com as cores da bandeira acreana, incluindo a estrela vermelha, que também remete à estrela do PT, o Esquilo AS 350 será apresentado no Estado em 5 de setembro, Dia da Amazônia. O Ministério Público Federal no Acre já pediu informações sobre várias aplicações de logomarca que desfiguram a bandeira do Acre, extrapolando a proporção da estrela.

De porte leve, monoturbina, novo de fábrica, com capacidade de transporte de seis pessoas, incluindo o piloto, o helicóptero será utilizado em operações de segurança pública, saúde, defesa civil, meio ambiente e transporte de autoridades do Estado.

Em novembro do ano passado, o ex-governador Jorge Viana disse ao Blog da Amazônia que não compra nem vende helicópteros.

- Não quero me pronunciar a respeito de novas bobagens daqueles que sempre me acusam movidos por inveja e ódio. O que sempre faço em minha vida é ajudar o Acre no que posso. Estou levando minha vida normal e batalhando muito mais do que batalhava quando era governador. É mais adequado que alguém do governo do Acre se manifeste sobre esse assunto - sugeriu Viana na ocasião.

fonte: Terra foto: Divulgação

TWIN COMMANDER AIRCRAFT MUDA DE ENDEREÇO SEM A INTERRUPÇÃO DE NEGÓCIOS



A Twin Commander Aircraft está preparando sua transferência de Arlington, no estado de Washington, para a Carolina do Norte. A empresa está em coordenação com os escritório regionais da FAA, em Seattle e Atlanta, para o estabelecimento de sua certificação de produção na Carolina do Norte e preve-se que o procsso todo estára completo até o fim do ano.

De acordo com Matt Isley, presidente da companhia, todo o inventário será transferido à nova unidade, assim que a certificação for publicada. A empresa já implementou um novo sistema de planejamento de recursos; já contratou e treinou novos funcionários e fez avanços no atual sistema de gerenciamento de qualidade.

´´ Como preparação para a mudança, trabalhamos em parceria com nossa rede de distribuição, para que possamos transferir o ferramental de ta forma que os custos de frete sejam minimizados e ainda assim garantindo que o fornecimento de peças aos clientes não sejam interrompidos,´´ declarou Isley. ´´ Alguns elementos de nossa equipe já foram transferidos à Carolina do Norte e estão adaptando-se ao lugar.´´

Até o momento, 58.000 peças de ferramental de produção foram transferidos ao novo depósito em Creedmoor e milhares de documentos de engenharia, guardados em um novo cofre à prova de fogo, em um local específicamente construido.

Twin Commander 500


Twin Commander Aircraft

Fonte: BGA - AINoline/David A. Lombardo

ANAC RENOVA AUTORIÇÃO DE FUNCIONAMENTO DA NORDESTE

A Nordeste Linhas Aéreas (em recuperação judicial), que pertencia ao Grupo Varig e atualmente utiliza a marca Flex, conseguiu renovar com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a autorização operacional para exploração de serviço de transporte aéreo público não-regular de passageiro, carga e mala postal. A decisão, publicada em ata de reunião do último dia 18, foi aprovada, por unanimidade, no sentido da renovação pleiteada pelo prazo de um ano, “considerando que a empresa demonstrou sua regularidade sob o aspecto operacional e capacidade econômico-financeira suficiente, suprida a demonstração de sua regularidade fiscal e previdenciária por decisão judicial”.

Fonte: Panrotas

MARICÁ NO RIO DE JANEIRO PODERÁ GANHAR FÁBRICA DE AVIÕES AGÍCOLAS

A Krauss Aeronáutica, com sede em São José dos Campos (SP), planeja construir uma nova fábrica de aviões agrícolas em Maricá (RJ). Motivo: devido à grande extensão territorial (362 mil m²) da cidade e por ter um aeroporto ao nível do mar, com uma pista acoplada e bom tráfego aéreo. Nesta segunda (dia 24), foi dado o primeiro passo para este empreendimento, quando os secretários de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Petróleo, do Executivo e de Fazenda, respectivamente, Aleksander Santos, Paulo Delgado e Wellington Ribeiro, receberam os diretores da Krauss Aeronáutica no gabinete do prefeito Washington Quaquá.

O investimento inicial na construção da fábrica será de R$ 14,8 milhões, gerando 100 empregos diretos e utilizando boa parte da mão-de-obra local. Em contrapartida, o governo municipal vai buscar formas de incentivos fiscais e, por meio da Câmara de Vereadores, a cessão do terreno, que seria perto do aeroporto, no bairro de Araçatiba, em uma área de 12 mil metros quadrados. “A nossa ideia é fazer de Maricá nossa sede principal, que hoje fica em São José dos Campos. Em cinco anos, temos uma previsão de investimento na base de R$ 340 milhões”, disse o diretor administrativo da Krauss Aeronáutica, Josemar de Castilho.

Fonte: Panrotas

JATINHO POUSA EM VITÓRIA COM PRINCÍPIO DE INCÊNDIO

Um jato particular que saiu no início da tarde desta quarta-feira (26) do Aeroporto de Galeão, no Rio de Janeiro, apresentou problemas durante o vôo e posou no Aeroporto de Vitória com um princípio de incêndio. Segundo informações do site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave estava com a permissão para operar cancelada.

Reprodução da página da ANAC

Ninguém ficou ferido. O avião Cessna 650 Citation III, com matrícula PT-LGT, passou por uma revisão e permanece no pátio do aeroporto. O incidente não chegou a alterar o funcionamento do terminal de passageiros, que teve voos cancelados e atrasados durante todo o dia por conta do mau tempo.

Quando percebeu os problemas na aeronave, o piloto acionou o Aeroporto de Vitória. Além dele, estavam no jatinho o co-piloto e um empresário. Imediatamente, todos os procedimentos de emergência foram tomados. O corpo de bombeiros foi acionado.

Em consulta ao site da Anac, a agência informa que a aeronave tem capacidade para 13 passageiros e é autorizada a realizar o transporte aéreo privado. O portal informa ainda que o seguro do jato está vencido desde 1999 e que a matrícula está cancelada. A equipe de reportagem da Rede Vitória entrou em contato a Anac e a Infraero, mas ninguém foi localizado para comentar o assunto.

Fonte: Folha de Vitória - Imagens: Reprodução/TV Vitória

AERONAVE ESTRANGEIRA BATE EM OUTRAS TRÊS EM HANGAR EM CONGONHAS


Um incidente envolveu quatro aeronaves de pequeno porte por volta das 15h50 desta quarta-feira (26) em uma área reservada de uma empresa de táxi áereo no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. Não houve feridos. As operações do aeroporto não foram afetadas.

A Líder Aviação informou que uma aeronave de "matrícula estrangeira pertencente a terceiro" que estava estacionada no hangar da empresa colidiu com outras três aeronaves de clientes que estavam no mesmo hangar. De acordo com a empresa, a situação está sob controle e nenhuma pessoa ficou ferida.

A aeronave americana Hawker 4000 bateu no Bombardier Learjet 45, prefixo PR-ONE, num Beechcraft King Air C90GTi e em um Raytheon Hawker 800XP que estava dentro do hangar. Segundo informações divulgadas no Fórum Contato Radar, o motivo do incidente teria sido o fato de o comandante da aeronace não ter puxado o Parking Brake e retirado o calço.

A assessoria de imprensa da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou que o incidente não afetou as operações do aeroporto, que permanece aberto para pousos e decolagens. A assessoria da Aeronáutica informou que não foram registrados incidentes entre aeronaves em operação. A assessoria da empresa de táxi aéreo busca mais informações sobre o incidente.

Fontes: G1/fotos:rede Globo

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...