quarta-feira, 25 de julho de 2012

APÓS FALHA DE COMUNICAÇÃO, LONDRES ENVIA CAÇA PARA INTERCEPTAR AVIÃO

O Reino Unido enviou um jato de caça nesta quarta-feira para interceptar uma aeronave que tinha voado em espaço aéreo restrito, como parte dos procedimentos para proteger os Jogos Olímpicos, informou o Ministério da Defesa.

O jato Typhoon foi enviado para interceptar a aeronave depois de ela não conseguir entrar em contato com controladores de tráfego aéreo. No entanto, as comunicações foram restauradas e o jato de caça recebeu ordem para pousar, disse o ministério.

"Podemos confirmar que um Typhoon decolou pouco antes de 11h30 hoje (quarta-feira). Isso foi em resposta a um avião comercial que estava sem comunicação com serviços de controle de tráfego aéreo. Comunicações foram rapidamente restauradas. Nenhuma ação adicional foi necessária", disse um porta-voz do ministério.

fonte/Reuters/Terra

VOOS DA AVIANCA SÃO TRANSFERIDOS DE CIDADE GAÚCHA PARA CHAPECÓ POR MANUTENÇÃO EM AEROPORTO

Quatro voos da companhia aérea Avianca com origem em Guarulhos/SP serão desviados de Passo Fundo/RS para o Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó. A mudança ocorre por manutenção no sistema contra incêncio do terminal gaúcho e deve seguir até o próximo domingo.

Todos os dias um voo será transferido. O primeiro ocorre na tarde desta quarta-feira. O primeiro voo da Avianca, vindo de Guarulhos, deve pousar em Chapecó na tarde desta quarta-feira, por volta da 14h45min e decolar para São Paulo às 15h15min. Esses horários seguem até a sexta-feira e no domingo. No sábado não há a oferta deste voo.

As demais operações da Avianca e NHT seguem normais no aeroporto de Chapecó. A empresa aérea Gol retoma as operações na próxima segunda-feira.  Azul e Trip devem iniciar as operações a partir do dia 13 de agosto.

Técnicos da Anac estiveram na cidade na última quarta-feira e realizaram um levantamento da pista e da infraestrutura do terminal. A pista foi liberada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para pousos e decolagens no dia 6 de julho.

De acordo com administração do Aeroporto, a estimativa é que até o final de agosto o volume de usuários passe dos 23 mil mensais para 30 mil.


fonte/DIÁRIO CATARINENSE/ZeroHora
Enhanced by Zemanta

AEROPORTO DE PASSO FUNDO É INTERDITADO PARA VOOS ACIMA DE 20 PASSAGEIROS


Aeroporto de Passo Fundo é interditado para voos acima de 20 passageiros Diogo Zanatta/especial
Passageiros foram surpreendidos com a restrição a voos do aeroporto de Passo Fundo 
Foto: Diogo Zanatta / especial
Marielise Ferreira

O Aeroporto Lauro Kurtz, em Passo Fundo, no norte do Estado, foi interditado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e está proibido de operar desde a manhã desta quarta-feira, com voos acima de 20 passageiros. Os voos da NHT, que operam com aeronaves menores, estão mantidos.

Passageiros que tinham voos marcados estão sendo levados pela Avianca até o Aeroporto de Chapecó (SC), a 240 quilômetros de Passo Fundo, ou até Chapecó, a 300 quilômetros,  para então seguirem a seus destinos. A Avianca, empresa aérea que operava no Lauro Kurtz com voos diários de ida e retorno ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, providenciou transporte para os passageiros que já tinham viagens marcadas. 

Os voos da NHT podem seguir normalmente.

Conforme a Anac, a restrição foi determinada a partir de uma inspeção feita na semana passada. Entre os problemas de infraestrutura encontrados, o principal diz respeito à segurança contra incêndios.

fonte/foto/ZeroHora/DiogoZanatta

VULCANAIR AERONAVES MAIS LUXUOSAS NA SUA CATEGORIA








APÓS PERDER MULHER E FILHAS NUM DESASTRE AÉREO, HOMEM MATA CONTROLADOR

Em 2002, um avião russo sobrevoava o Lago Constança, na Suíça. A bordo iam setenta pessoas, das quais 52 eram crianças numa viagem de férias.

A certa altura, o piloto russo percebeu que estava em rota de colisão com outro avião. Solicitou instruções, e foi-lhe dito para descer.

Os instrumentos automáticos do avião - há um sistema interno para evitar esses choques - diziam o contrário. Mas como a torre de controle suíça suíça era peremptória, o piloto resolveu fazer o que dizia. Ao descer, embateu com o outro aparelho.

Morreram todos as pessoas a bordo. Entre elas, a mulher e as duas filhas novas de Vitaly Kaloyev.

Dois anos junto às campas


Kaloyev era um arquitecto com carreira internacional. Nesse momento encontrava-se a trabalhar em Barcelona, onde as três se lhe iam juntar. Quando soube do acidente, correu a Uberlingen, uma cidade alemã onde tinha caído a maioria dos destroços.

Ao receber a confirmação de que perdera a sua família inteira, diria depois, a sua própria vida acabou. Passou os dois anos seguintes junto às campas, alimentando negros pensamentos que um dia se transformaram em acção.

Informado de que apenas um controlador aéreo se encontrava de serviço no momento fatídico, pediu às autoridades suíças o contacto dele. Como recusaram, contratou um investigador privado. Descobriu uma morada em Kloten, ao pé de Zurique. E um dia apareceu à porta de Peter Nielsen, um homem de 36 anos.

Nielsen assumira parte da culpa, mas não toda. Estava sozinho na torre quando o acidente ocorreu. Após o inquérito oficial, retirara-se da profissão. Quando Kaloyev lhe quis mostrar fotos das filhas, terá reagido mal. Foi esfaqueado até à morte, em frente à sua própria mulher e três filhas.

Suíça quer ser reembolsada

Kaloyev consolado por seu advogado


Julgado na Suíça, Kaloyev foi condenado a oito anos. Mas ao fim de dois, um tribunal achou que o seu estado mental não fora tido na devida conta, e libertou-o. Regressado à Ossétia (a sua zona de origem, onde a vingança violenta é um acto apreciado), foi recebido como herói, e nomeado para um cargo oficial importante.

A Suíça ficou indignada, mas de nada lhe valeu. Como não valeram os seus protestos ao saber há dias que Kaloyev recebera um visto para ir a Uberlingen participar na cerimónia comemorativa dos dez anos do acidente.

Inicialmente, ao aperceberem-se da asneira, as autoridades alemãs detiveram o arquitecto. Mas ele insistiu: "A minha família inteira morreu ali". Chegou-se a um acordo com a diplomacia russa. Funcionários consulares acompanharam Kaloyev ao local da comemoração, e ele prometeu deixar o país ao fim de 48 horas.    

Quando ao pedido, que a Suíça continua a fazer-lhe, de a reembolsar pelos custos da sua prisão (o equivalente a uns 157 mil dólares; na Suíça perdoa-se tudo menos o dinheiro, pelos vistos) Kaloyev praticamente cospe: "Mais valia dar o dinheiro a um orfanato. Tudo menos à Suíça".

fonte/foto/Expresso.sapo

Enhanced by Zemanta

ANAC PROTESTA EM AERO[PRTO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS


Movimento nacional que começou em 16 de julho já mobiliza 29 setores
São José dos Campos

Cerca de 30 funcionários da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) de São José dos Campos realizaram protesto na manhã de terça-feira (24) no Aeroporto da cidade. Em greve desde o dia 18, a categoria reivindica principalmente a reestruturação dos planos de carreira, reajuste de 22% e isonomia salarial. A ação faz parte de um movimento nacional dos servidores das agências reguladoras do Governo Federal, que iniciaram uma  paralisação dia 16 que já atinge 29 setores do serviço público federal.

Ingerência.
Dos 145 funcionários da Anac em São José, pelo menos 35 estão em greve - todos concursados efetivos. Os servidores são responsáveis pela certificação e validação de aeronaves nacionais e internacionais, incluindo da Embraer. Segundo o representante do comando de greve na cidade, o especialista em Regulação de Aviação Civil, Edvaldo Rodrigues de Oliveira, há interferências do setor privado no trabalho da categoria. "A indústria nacional de aviação é forte e faz pressão pela emissão dos nossos pareceres", disse.

Unidos.
Na próxima quinta-feira, os grevistas prometem um grande movimento em São José. O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências) informou que funcionários de diversas agências paralisadas se juntarão aos servidores joseenses da Anac. Ainda não há confirmação de local e horário da manifestação.

Voos.
De acordo com informações do Aeroporto de São José, não há atrasos ou cancelamento de voos hoje no terminal por conta da greve.

fonte/OVale
Enhanced by Zemanta

VOOS DE HELICÓPTEROS NO RIO DE JANEIRO SERÃO ALTERADOS PARA DIMINUIR BARULHO


O secretário estadual do Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Minc, firmou nesta terça-feira termo de ajustamento de conduta (TAC) com o Instituto Chico Mendes (ICMBio) e a empresa de táxi-aéreo Helisul que permite alterações em rotas de voos panorâmicos turísticos pela zona sul carioca. 

A medida visa reduzir o impacto sonoro produzido pelos helicópteros que circundam, durante o voo, os principais pontos turísticos da região, como o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. Com o acordo, três rotas serão extintas, e outras seis, alteradas. 

Quesitos como altitude, horário e raio de distância entre o helicóptero e o ponto turístico também sofrerão alterações. A partir de agora, a altitude para o sobrevoo, que antes era 500 pés, passa a ser 1 mil pés. O sobrevoo, que era feito em horário livre, terá que ser realizado de 9h até o pôr do sol. O raio de visualização do entorno do Cristo Redentor foi ampliado para 600 m, o que anteriormente era 100 m. A rota que circunda o Pão de Açúcar foi extinta. 

De acordo com Minc, a expectativa da secretaria é que essas medidas possam diminuir em 60% o impacto sonoro causado pelos helicópteros. "Nós queremos preservar o turismo, o emprego, mas também preservar os tímpanos das pessoas, a saúde auditiva da população". Minc disse que o acordo também vai se estender para outras empresas de táxis-aéreos. 

O acordo permite que o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão vinculado à Secretaria do Ambiente, realize medições durante dois meses nos bairros de Botafogo, Humaitá, Jardim Botânico para estudar o percentual de impacto sonoro nessas regiões. "A gente vai calibrar esse entendimento, que pode ainda sofrer alguns ajustes, mas a base é essa", disse Minc. 

O procurador-geral da Helisul, Luiz Carlos Munhoz da Rocha, explicou que a medida implementada no heliporto da Lagoa Rodrigo de Freitas agradou aos moradores da região. "Nós temos conversado com a população e todo mundo tem comentado da melhora muito grande no nível de ruídos por conta das modificações que estamos estendendo hoje para outros heliportos", disse. 


fonte/AgBrasil/Terra

MINISTÉRIO PROCESSA TAM E GOL POR VENDA DE SEGUROS DE PASSAGENS


O Ministério da Justiça abriu processo administrativo contra as companhias aéreas Gol e TAM para apurar irregularidades na venda de passagens com seguro de viagem. A abertura está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira. De acordo com o Departamento de Proteção e Defesa ao Consumidor, a venda era feita com falta de transparência e ausência de informações para o contratante. As empresas poderão ser multadas em até R$ 6,2 milhões.


O departamento examinou documentos e denúncias de consumidores e concluiu que há indícios de infração aos direitos do consumidor, com prática comercial abusiva no fornecimento de serviços.
 
 O Ministério da Justiça afirmou ainda que as companhias aéreas têm dez dias para apresentar sua defesa - a partir do recebimento da notificação.Procuradas pelo Terra, a Gol afirmou que se manifestará nos autos do processo, mas informou que o seguro de viagem é oferecido independentemente da oferta de passagens aéreas, sendo resposabilidade do passageiro optar ou não pelo seguro. 
 
Já a TAM informou que ainda não foi notificada sobre o processo, mas prestará todos os esclarecimentos. A companhia aérea disse ainda que não há obrigatoriedade na contratação do seguro de viagem e que o cliente pode comprar a passagem sem o seguro.
 
fonte/Terra

GPS AJUDARÁ NA INVESTIGAÇÃO SOBRE QUEDA DE PLANADOR EM BEBEDOURO, SÃO PAULO

Um equipamento de GPS irá ajudar peritos da Força Aérea Brasileira (FAB) a investigar as causas da queda de um planador em Bebedouro (SP), disse o capitão aeronático Marcus Silveira nesta segunda-feira (23), em visita do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) ao aeroclube do município.

O dispositivo de coordenadas via satélite, encontrado dentro do aeroplano modelo IPE Nhapecan – que não possui caixa preta –, dará pistas sobre o deslocamento da aeronave antes de perder altitude e bater "de bico" no solo, durante uma aula de pilotagem no último domingo (22), quando um instrutor de 51 anos e um aluno de 30 anos ficaram gravemente feridos.

Com o GPS, dados como velocidade, altura e razão de descida poderão ser detectados, confirmou Silveira. "Tudo na aeronave é do nosso interesse. (...) Com isso a gente vai montar a cena do acidente, todo o percurso que ela fez", disse.

A ausência de equipamentos como freios aerodinâmicos no planador, segundo o capitão da FAB, também pode facilitar as investigações. "Isso garante a ela um desempenho um pouco mais previsível", afirmou Silveira.

Ele estima que o primeiro laudo sobre as causas da queda deve sair em até um ano, tempo em que serão ouvidos o instrutor, o aluno, além de um piloto rebocador que viu o acidente. "O nosso objetivo é descobrir quais são os fatores contribuintes, mostrar para toda a comunidade aeronáutica e poder evitar acidentes no futuro."

O acidente
Um instrutor de voo de 51 anos e um aluno de 30 anos ficaram gravemente feridos na queda de um aeroplano IPE Nhapecan no início da tarde deste domingo (22) dentro do aeroclube de Bebedouro (SP). Segundo o presidente do aeroclube, Angelo Sérgio Hermine, esse era o primeiro voo do dia no local e o planador estava em procedimento de pouso quando perdeu altitude e caiu. A aeronave, informou Hermine, estava com manutenção em dia e documentação regularizada.
 
Socorro As vítimas foram socorridas pelos bombeiros e encaminhadas ao Hospital Municipal. O rapaz de 30 anos, que fazia a aula no momento da queda, teve diversas fraturas pelo corpo e traumatismo craniano e foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Bebedouro.

O instrutor de voo passou por cirurgia na perna e está em observação no Hospital Municipal. Ele também sofreu traumatismo craniano, mas não corre risco de morte.

fonte/G1SP/RibPretp/foto/ClaytonCastelani

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...