terça-feira, 10 de novembro de 2015

JATO EXECUTIVO DO BRADESCO CAI EM FAZENDA DO DISTRITO DE CATATALÃO, GOIÁS - 4 MORTOS - ATUALIZADO 22:38







EgmSnz6.jpg


O Antagonista recebeu agora a informação de que um jatinho Citation 7 do Bradesco caiu quando voava de Brasília para São Paulo. A aeronave levava oito pessoas, entre elas o presidente da Bradesco Vida e Previdência, Lucio Flávio Conduru de Oliveira.

Urgente: Provável sucessor de Trabuco estava no jatinho

Informações preliminares indicam que Marco Antonio Rossi, presidente da CNSeg, da Fides e da Bradesco Seguros, era um dos passageiros do Citation 7 que caiu por volta das 20h em área rural da cidade goiana de Catalão.
Rossi era o nome escolhido internamente para suceder Luiz Carlos Trabuco no comando do Bradesco.

Uma aeronave Cesnna Citation C650, prefixo PT-WQH, de propriedade do Bradesco. caiu na noite desta terça-feira (10) em uma fazenda do distrito de Santo Antônio do Rio Verde, município de Catalão, no sudeste de Goiás, segundo o Corpo de Bombeiros da cidade, que está a caminho do local. Ainda não há informações sobre quantidade de passageiros, feridos ou mortos. 

A propriedade fica na divisa com a cidade de Guarda-Mor, em Minas Gerais. A assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB) disse ao G1, por telefone, que a aeronave havia decolado de Brasília e seguia para São Paulo. No entanto, o órgão apura quantas pessoas estavam no avião.

De acordo com relatos de testemunhas aos bombeiros, após a queda, a aeronave pegou fogo. "Alguns peões da propriedade estiveram no local e acreditam que não há sobreviventes", disse ao G1 o sargento Marcelo Mesquita Goulart.

A auxiliar de serviços gerais Luciana Pereira de Jesus, que trabalha na fazenda, disse que ouviu o barulho da queda a cerca de 10 km da sede.

"Foi como o barulho de um trovão. Os vizinhos de outroas fazendas disseram que viram uma tira de fogo no ar. Alguns funcionários que estão lá avisaram que tem pedaços da aeronave espalhados por todo lado", afirma.

fonte/foto/OPopular/G1/redesociais/OAntagononista/CatalãoNoticias


Dados da aeronave via RAB

MATRÍCULA: PTWQH
Proprietário:
BANCO BRADESCO S.A
CPF/CGC:

Operador:
BANCO BRADESCO S.A
CPF/CGC:

Fabricante:
CESSNA AIRCRAFT
Modelo:
650
Número de Série:
6507083
Tipo ICAO :
C650
Tipo de Habilitação para Pilotos:
C650
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 2 MOTORES JATO/TURBOFAN
Peso Máximo de Decolagem:
10433 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
008


Categoria de Registro:
PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA):
15222
Situação no RAB:

Data da Compra/Transferência:
220911


Data de Validade do CA:
14/02/20
Data de Validade da IAM:
051215
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 10/11/2015 22:21:41

GRUPO DA BRITISH E DA IBERIA INTERESSADO NA LATAM AIRLINES

IAG Willie Walsh 900px

O IAG – International Airlines Group, no qual estão associadas as companhias britânica British Airways e a espanhola Iberia, reconheceram recentemente o seu interesse na LATAM Airlines, onde está integrada a companhia brasileira TAM Linhas Aéreas.

A notícia foi publicada neste sábado, dia 7 de novembro pelo jornal digital de turismo argentino Reportur.com.ar que em despacho do jornalista Julian Ferguson, de Londres, publicou que o interesse do IAG foi manifestado pelo conselheiro-delegado do grupo europeu, Willie Walsh (nossa foto), durante a conferência ‘Capital Markets Day’ que decorreu na passada sexta-feira, dia 6 de novembro.

Referindo-se aos irmãos Cueto, patrões do Grupo LATAM Airlines, Wash disse que “quando estiverem disponíveis e dispostos para se sentarem à mesa para negociar, teremos discussões construtivas”. No entanto, explicou que de momento, não tem “um claro desejo de trabalhar de forma mais próxima com a companhia aérea chilena [LAN]”.

O responsável pelo grupo que controla a British e a Iberia disse que vê margem para mais transações e está particularmente interessado num acordo que reduza a sua dependência com o hemisfério norte, onde o negócio se concentra no Verão. É por isso que a fusão com a LAN faz sentido: “Acreditamos que há mais oportunidades para a consolidação na indústria”, acrescentou, segundo revela o jornalista Julian Ferguson.

As duas companhias europeias, tal como a LAN e a TAM, integram a aliança Oneworld e têm registado algumas ‘joint-ventures’ no passado similares àquelas que a British tem hoje com a American Airlines, refere o ‘Reportur’.

A LATAM Airlines passa atualmente por uma situação financeira complicada, segundo alguns analistas do mercado financeiro na América Latina, e algumas firmas financeiras, nomeadamente a LarrainVidal, sugeriu que a American Airlines poderia estar interessada em adquirir as posições das famílias Amaro (TAM Linhas Aéreas) e Cueto (Grupo LAN). Esta hipótese tem sido negada pelo consórcio latino-americano de aviação, que ainda no dia de ontem anunciou um novo plano estratégico e diversas alterações na sua estrutura organizacional.

fonte/foto/NewsAvia

MOTOR PRATT & WHITNEY DO EMBRAER E-JETS E2 INICIA PROGRAMA DE ENSAIOS

Untitled

O motor PW1900G PurePower Geared Turbofan (GTF), da Pratt & Whitney, que vai equipar os jactos E190-E2 e E195-E2, completou com sucesso o primeiro voo, iniciando assim o programa de ensaios de voo do motor. O modelo do motor PW1900G, que foi montado no Centro de Motores da Pratt & Whitney’s em Middletown, Connecticut, voou no avião de ensaios 747SP, no campo de voo de testes da empresa, em Mirabel, na província de Quebec, no Canadá. A Pratt & Whitney é uma empresa da United Technologies Corp.

“O início da campanha de ensaios em voo do motor é um marco importante para nós, no momento em estamos a fazer a segunda geração do E-Jets do conceito à realidade”, disse Paulo Cesar Silva, presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “A adição de motores PurePower nas nossas aeronaves de desempenho comprovado e com uma cabine premiada oferece uma proposta de valor atraente para nossos clientes”, acrescentou.

“Estamos muito animados por fazer parte do programa E-Jets E2, da Embraer, providenciando os benefícios do motor Geared Turbofan, líder da indústria, que inclui reduções significativas de ruído, emissões e consumo de combustível”, disse Greg Gernhardt, presidente da Pratt & Whitney Commercial Engines. “Este é um momento histórico para nós, em que começamos o programa de ensaios em voo para o nosso quarto cliente do PurePower.” A família de motores PurePower já completou mais de 23 mil horas de testes e 40 mil ciclos.

O programa E-Jets E2 é um dos dois em que a Pratt & Whitney trabalha juntamente com a Embraer. A Pratt & Whitney é parte do consórcio que também fornece o motor V2500-E5 para a Embraer KC-390, que está em campanha de certificação. A Pratt & Whitney é ainda a responsável pelo sistema de potência auxiliar para o programa dos E-Jets E2.

fonte/foto/NewsAvia

AMEAÇA DE ATENTADO PARALISA AEROPORTO DE EKATERINBURGO, NOS URAIS

Aero Ekaterinburgo_RU 900px

Cerca de 150 pessoas foram evacuadas no sábado, dia 7 de novembro, ao fim da tarde, do interior do Aeroporto de Ekaterinburgo/Koltsovo, no Urais Russos, na sequência de uma ameaça de bomba.

Segundo mensagens de alguns passageiros que se encontravam na aerogare nas redes sociais os serviços aeroportuários também procederam ao afastamento dos aviões que estavam estacionados próximo do edifício da gare de embarque e desembarque.

Um comunicado posterior das autoridades aeronáuticas esclareceu que especialistas policiais procederam a uma busca bastante minuciosa não tendo sido encontrado qualquer artefacto suspeito, nem indícios de eventual atentado.

Segundo a agência de notícias TASS os aviões que pousaram no tempo em que as equipas policiais inspeccionavam as instalações mantiveram-se dentro dos aviões nos taxiways de acesso à placa de estacionamento.

Uma fonte aeroportuária comentou que neste momento, devido ao desastre do avião da Metrojet, cuja queda tem sido atribuída a um atentado do Exército Islâmico, todas as ameaças são levadas muito a sério e todo o cuidado é pouco.

fonte/foto/NewsAvia

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...