Pular para o conteúdo principal

MOTOR PRATT & WHITNEY DO EMBRAER E-JETS E2 INICIA PROGRAMA DE ENSAIOS

Untitled

O motor PW1900G PurePower Geared Turbofan (GTF), da Pratt & Whitney, que vai equipar os jactos E190-E2 e E195-E2, completou com sucesso o primeiro voo, iniciando assim o programa de ensaios de voo do motor. O modelo do motor PW1900G, que foi montado no Centro de Motores da Pratt & Whitney’s em Middletown, Connecticut, voou no avião de ensaios 747SP, no campo de voo de testes da empresa, em Mirabel, na província de Quebec, no Canadá. A Pratt & Whitney é uma empresa da United Technologies Corp.

“O início da campanha de ensaios em voo do motor é um marco importante para nós, no momento em estamos a fazer a segunda geração do E-Jets do conceito à realidade”, disse Paulo Cesar Silva, presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “A adição de motores PurePower nas nossas aeronaves de desempenho comprovado e com uma cabine premiada oferece uma proposta de valor atraente para nossos clientes”, acrescentou.

“Estamos muito animados por fazer parte do programa E-Jets E2, da Embraer, providenciando os benefícios do motor Geared Turbofan, líder da indústria, que inclui reduções significativas de ruído, emissões e consumo de combustível”, disse Greg Gernhardt, presidente da Pratt & Whitney Commercial Engines. “Este é um momento histórico para nós, em que começamos o programa de ensaios em voo para o nosso quarto cliente do PurePower.” A família de motores PurePower já completou mais de 23 mil horas de testes e 40 mil ciclos.

O programa E-Jets E2 é um dos dois em que a Pratt & Whitney trabalha juntamente com a Embraer. A Pratt & Whitney é parte do consórcio que também fornece o motor V2500-E5 para a Embraer KC-390, que está em campanha de certificação. A Pratt & Whitney é ainda a responsável pelo sistema de potência auxiliar para o programa dos E-Jets E2.

fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA