Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 27, 2011

EMBRAER 120 BRASÍLIA, FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM ANGOLA

Uma aeronave EmbraerEMB-120 Brasilia,voando pela Fly540, vôoF5-212,  deCabindaparaLuanda(Angola)com 29passageiros etrêstripulantes, teve  problemas de controle (TRIM) após decolar de Cabinda.A aeronavenão respondia aos comandos e a tripulação após tentativas de estabelecer os comandos do estabilizador resolveu alternar paraSoyo(Angola), cerca de37nmsul deCabindaparauma aterrissagem de emergência.
Apesar do pouso seguro,oitopassageiros tiveram queser levados para umhospitaldevido a ataques deansiedade eproblemas de pressão arterial, e umamulher permaneceuno hospital em razão deinsuficiência circulatória,os outros 7foram liberadosapósatendimento..

A empresa Fly540confirmouque a aeronaveteve falhas nos comandos de TRIM,causandoalterações no comportamento em voo, ora nariz pesado ora cauda.

Os passageirosrelataramque o aviãofez subia e descia repentinamente, causando fortes acelerações verticais e quedas por cerca de 2 minutos.

fonte/AvHerald/foto/JornalDeAngola

HELICÓPTEROS DA PREFEITURA DE SÃO PAULO LEVAM "CARONAS" PARA PASSEAR PELA CIDADE

SÃO PAULO - Os helicópteros estão pousando e decolando do terraço do Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura de São Paulo, em ritmo jamais visto. Neste ano, de janeiro até o último dia 22, foram em média 107 voos por mês, quase o dobro de 2010. O objetivo oficial é monitorar os 1,5 mil quilômetros quadrados da cidade. Na prática, o que também se vê é uma farra dos voos - os passeios chegam a virar presente de aniversário para servidores municipais.

Em uma análise dos ocupantes desses voos, a reportagem do Estado encontrou pelo menos 25 pessoas que acompanharam técnicos da Prefeitura sem nada ter a ver com o propósito das viagens.
O serviço de monitoramento por helicópteros, que já custou R$ 1,5 milhão à administração municipal em 2011, começou em fevereiro do ano passado com o objetivo de fiscalizar obras, serviços, parques, áreas de risco e invasões de terreno. 

Os "caronas" dos voos oficiais são faxineiros, motoristas, técnico de informática, de recursos humanos,…

CADE AUTORIZA GOL A USAR SLOTS DA WEBJET

A Gol deverá receber do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) o aval para usar imediatamente o ativo que a companhia considera mais valioso na compra da Webjet : os slots, informa reportagem de Lorenna Rodrigues para a Folha. 
O termo designa horários e espaços para pousos e decolagens. Em aeroportos como Congonhas e Guarulhos, os slots são disputadíssimos pelas empresas aéreas. 
Segundo a Folha apurou, a Gol assinará com o conselho um Apro (Acordo de Previsão da Reversibilidade da Operação) em setembro. 
Esse tipo de acordo é comum nas fusões mais problemáticas (como no caso Sadia-Perdigão, por exemplo) para congelar a operação até ela ser julgada em definitivo. Isso permite que, caso o conselho decidir vetar o negócio, as duas empresas não estejam totalmente integradas e a fusão possa ser desfeita. 
O acordo com a Gol liberará a companhia para usar imediatamente também as aeronaves e a tripulação da Webjet.
fonte/Folha

PILOTO DE ASA DELTA MORRE DURANTE CAMPEONATO BRASILEIRO DE VOO LIVRE

Um piloto de asa-delta do Rio de Janeiro morreu neste sábado (27), por volta das 14h, ao saltar do Vale do Paranã, em Formosa (GO). O acidente foi durante as provas do Campeonato Brasileiro de Voo Livre, etapa de Brasília.

De acordo com um membro da organização do campeonato, Paulo Oliveira, o equipamento do piloto teria apresentado problema pouco depois da decolagem e caiu cerca de cinco quilômetros da rampa e de uma altitude de 500 metros, aproximadamente.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Formosa foi acionada para resgatar o corpo, que será encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) da cidade.

No total, 86 praticantes de voo livre estão em Brasília para a 2ª etapa do campeonato nacional, que começou no último dia 21. De acordo com Marcelo Ferreira, da Associação Gaúcha de Voo Livre, o Vale do Paranã é o ponto de partida para todos os voos. “O vale tem uma altura de 730 metros e fica a cerca de 100 quilômetros [de Brasília]”, afirmou em entrevista no últ…

APÓS SUSTO, PILOTO CONTINUA INTERNADO EM OBSERVAÇÃO

O instrutor de vôo João Carlos Martins que sofreu um acidente no ultraleve que pilotava nesta sexta-feira (26), continua internado em um hospital particular da Capital e deve receber alta médica na manhã do domingo (28).
A informação foi repassada na manhã deste sábado (27), por familiares do piloto que o acompanham na unidade de saúde. João Carlos sofreu um corte na testa, ‘deslocou’ o ombro e teve uma torção no tornozelo.
Após a realização dos exames, a equipe médica que o atendeu, decidiu mantê-lo internado em observação até amanhã.

O acidente
Um ultraleve caiu por volta das 16h40 desta sexta-feira (26), dentro do Aeroclube no bairro do Bessa em João Pessoa. O piloto, identificado como João Carlos, é instrutor do Aeroclube.
Ele teve ferimentos leves e foi encaminhado ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena onde teve os primeiros socorros. Em seguida, João Carlos foi levado para um hospital particular da Capital.
De acordo com o próprio piloto, ele estava pousando a aero…

VÍDEO - TAMPA AIRPORT TRAFIC - SIMULADOR - FSX