sábado, 28 de setembro de 2013

AERONAVE TEM PROBLEMA MECÂNICO E FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO SALGADO FILHO, PORTO ALEGRE

Segundo incidente no mês de setembro e nenhuma nota oficial da empresa....

 

Voo 6123 da Avianca partia em direção a Guarulhos (SP) e teve de retornar a Porto Alegre


Aeronave tem problema mecânico e faz pouso de emergência no Aeroporto Salgado Filho Mauro Vieira/Agencia RBS
Aeronave está no pátio do aeroporto e passageiros foram transferidos para outras companhias Foto: Mauro Vieira / Agencia RBS
 

Um avião foi obrigado a fazer um pouso de emergência no Aeroporto Salgado Filho na tarde deste sábado. A aeronave da Avianca partia em direção a Guarulhos, em São Paulo, quando apresentou problemas mecânicos e teve de retornar a Porto Alegre. Nenhuma pessoa ficou ferida.

O voo 6123 decolou às 14h40min no Salgado Filho. Minutos depois, enquanto ainda decolava, um forte barulho foi ouvido por toda a tripulação. Como a aeronave não ganhou altura, o comandante alertou a todos que precisaria voltar à Capital. 

Após sobrevoar por cerca de 30 min, o avião foi autorizado a pousar. O grande susto, segundo a bióloga Cláudia Quedi, passageira do voo, foi quando os comissários passaram a orientar todos sobre o pouso de emergência:
— As pessoas ficaram nervosas quando pediram para tirar sapatos, acessórios e objetos cortantes, e aguardar a orientação da tripulação com a cabeça baixa. Ficamos todos nessa posição — descreve.

A Infraero informou que houve um problema mecânico na aeronave e que os bombeiros foram acionados para acompanhar a aterrissagem. Não houve, porém, nenhum dano grave. O fato ocorrido também não afetou o funcionamento do aeroporto e todos os voos estão no horário. 

Os passageiros estão sendo realocados em voos de outras companhias aéreas. A aeronave foi rebocada e permanece no pátio.

A reportagem de Zero Hora entrou em contato com a Avianca, mas não obteve retorno sobre as causas do problema.

fonte/foto/ZeroHora

 Avianca com problemas elétricos no Aeroporto de Cuiabá no dia 15 de setembro//////


Seguidos problemas técnicos em dois voos da Avianca ocorreram no dia 15 de setembro no aeroporto de Cuiabá, diz o administrador Paulo Pinho.
Segundo ele, o último avião teve que fazer um pouso de emergência logo depois da decolagem devido a problemas elétricos que teriam afetado a estabilidade da aeronave.

As imagens enviadas por Paulo ao G1 mostram o momento posterior ao pouso do avião. 
O primeiro voo, número 6387 e agendado para às 19h45, teve que ser cancelado por problemas técnicos. Os passageiros foram obrigados a esperar outro avião que vinha de Brasília.

A segunda aeronave teria chegado às 21h40 e todos embarcaram. "Quando o avião estava na pista preparando a decolagem houve pane elétrica; as luzes se apagaram e aparentemente as turbinas também", diz Paulo. 


Técnicos da Avianca teriam ido até a aeronave, ainda com todos os passageiros a bordo, e ficado por lá durante 20 minutos. "O piloto disse que a situação estava resolvida e que o voo iria prosseguir".
"Logo após a decolagem, uma nova pane elétrica ocorreu, novamente as luzes e as turbinas se apagaram e o avião perdeu estabilidade, todos pensaram que o avião iria cair", disse ele.

O piloto teria conseguido estabilizar o voo e, depois de 40 minutos sobrevoando o aeroporto de Cuiabá, pousou o avião.   

O G1 entrou em contato com a Avianca na segunda-feira (23) à tarde para pedir esclarecimentos sobre o ocorrido, mas não obteve resposta até a veiculação da matéria.  
 
fonte/G1    



 
 

APÓS MOBILIZAÇÃO NAS REDES SOCIAIS AERONAVE FURTADA É ENCONTRADA NO TOCANTINS


Após mobilização nas redes sociais, aeronave furtada é encontrada no TO

Suspeito de furto ligou para dono, pediu desculpas e se disse arrependido.
Girocóptero foi levado em Leme, SP; dono oferecia R$ 5 mil de recompensa.


Aeronave estava em hotel de cidade na divisa do Tocantis com o Maranhão (Foto: Celso José Kleinpaul/Arquivo Pessoal)Aeronave estava na divisa do Tocantis com o Maranhão (Foto: Celso José Kleinpaul/Arquivo Pessoal)
A aeronave de R$ 120 mil foi furtada do Aeroclube de Leme (SP) no dia 16 de setembro foi localizada na madrugada deste sábado (28) pelo proprietário, com apoio de redes sociais e da Polícia Federal. O girocóptero Subaru 1.8 foi abandonado em um hotel de Araguaína (TO), a 1.897 quilômetros de Leme. O suspeito do furto ligou para o dono, pediu desculpas e se disse arrependido. Ele não foi encontrado. Uma campanha na internet oferecia uma recompensa de até R$ 5 mil para quem o encontrasse.

Buscas
A localização do veículo, que sofreu  alterações na pintura, foi feita com ajuda das redes sociais. “O cara foi fotografado transportando a aeronave na estrada e colocaram nas redes sociais, um amigo meu viu e eu fui até o Mato Grosso e surgiram mais pistas como a placa da carreta”, contou o proprietário, que teve apoio das Polícias Civil e Militar.

Conhecido
Segundo o proprietário da aeronave, Celso José Kleinpaul, o girocóptero foi levado de Leme por um piloto de Barra dos Graças (MT). Ele entrou em contato com Kleinpaul pedindo desculpas pelo furto e se dizendo arrependido, mas está foragido da polícia. “Ele soube que estava sendo procurado e fugiu, abandonou a casa, o comércio que tinha. A Polícia Federal conseguiu contato com ele, sugerindo que abandonasse o girocóptero onde estivesse”, contou Kleinpaul.

O piloto autor do furto era conhecido de Kleinpaul e já havia voado no girocóptero há cerca de um ano, quando mostrou interesse em comprar a aeronave. “Ele voou comigo em Leme e disse que queria o meu girocóptero por ele ser diferente, mais potente e possuir espaço para passageiro. Ele furtou para realizar uma vontade própria”, comentou.

A aeronave deve chegar a Leme ainda neste sábado, onde um termo de apreensão será feito para poder ser liberada para o proprietário.

fonte/foto/G1

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...