terça-feira, 4 de outubro de 2011

PAI DE HERBERT VIANNA SOFRE ACIDENTE DE ULTRALEVE NO RIO

O brigadeiro-do-ar Hermano Vianna, pai do músico Herbet Vianna, sofreu um acidente de ultraleve, na tarde desta terça-feira (4), no Rio. 

Segundo a assessoria de comunicação da Aeronáutica, ele foi levado para o Hospital do Galeão, na Ilha do Governador, no Rio.

O brigadeiro está internado em observação por 24 horas e seu quadro de saúde é estável. Ele chegou ao hospital lúcido.

De acordo com a administração do Clube Esportivo de Ultraleves (CEU), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, o ultraleve do brigadeiro saiu da pista ao pousar. Após o acidente, ele teria saído andando normalmente.

O músico Herbert Vianna também sofreu um acidente de ultraleve, em fevereiro de 2001, em Mangaratiba, na Região Metropolitana do Rio. O acidente causou a morte de sua esposa e o deixou em uma cadeira de rodas.

fonte/G1
Enhanced by Zemanta

VÍDEO - 2011 / 26th FAI WORLD AEROBATIC CHAMPIONSHIPS TRAILER

CLUBE DE ULTRALEVE (CEU) SERÁ TRANSFERIDO PARA CONSTRUÇÃO DE PARQUE OLÍMPICO

RIO - A construção do Parque Olímpico não vai desalojar apenas a Vila Autódromo. O Clube Esportivo de Voo (CEU), onde pousam e decolam ultraleves, também terá que ser transferido. Além disso, não está descartada a possibilidade de o projeto exigir a ocupação de um condomínio do Ministério da Aeronáutica. O prefeito Eduardo Paes disse que já procurou o clube para discutir a cessão de uma outra área pública, cujo espaço aéreo não tenha restrições para ultraleves. 

O presidente do CEU, Édson Pimentel, confirmou as negociações. Ele lembrou que a área do clube foi cedida pelo estado e a concessão pode ser revogada:
- Nós precisamos de uma área que atenda ao clube e não tenha restrições de operação.

fonte/OGlobo
Enhanced by Zemanta

ACIDENTE DE HELICÓPTERO EM NOVA YORK




A  queda de uma helicóptero com cinco pessoas a bordo matou uma mulher na tarde desta terça-feira (3) no East River, em Nova York, segundo a polícia.

O acidente ocorreu próximo ao heliporto da Rua 34, em Manhattan, às 15h24 locais, logo após a decolagem do helicóptero, um modelo Bell 206 comercial, segundo Paul Browne, porta-voz da polícia.


acidente (Foto: Arte G1)

O helicóptero ficou totalmente submerso na água lodosa, virado de ponta-cabeça.

O piloto e três passageiros foram resgatados logo depois da queda. Três ficaram feridos, segundo os bombeiros.

As vítimas seriam turistas britânicos, segundo a WNBC-TV.



Equipes de resgate continuaram as buscas pela quinta pessoa, até que seu corpo foi encontrado sem vida.

Pelo menos dez barcos, a maioria da polícia, além de mergulhadores, participaram da tentativa de resgate.

A testemunha Joy Garnett afirmou que o helicóptero fez movimentos estranhos e girou duas ou três vezes antes de parar na água.

Ela chegou a achar que era alguma filmagem de cinema.

fonte/foto/G1/vídeo/Guardian

AVIÃO DA "GOL", QUE VINHA DO RIO DE JANEIRO PARA TERESINA, EXPLODE TURBINA


Um avião da companhia aérea Gol, que fazia o voo de numeração 1570, saindo do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), com destino a Teresina (PI), teve uma pane e uma turbina estourou, na madrugada desta terça-feira (04/10).

O avião partiu por volta da 0h20 da madrugada e tinha previsão de aterrissar no Aeroporto Petrônio Portela, zona Norte da capital do Piauí, às 4h20. No entanto por volta de 2h da madrugada um barulho de uma explosão pôde ser escutado pelos passageiros.

Imediatamente um alerta foi acionado e transformou o que era um tranquilo voo em desespero. Passageiros entraram em pânico e começaram a gritar pedindo socorro, outros rezavam. O piloto tentou tranquilizar e teria dito que “não era nada demais”. As aeromoças também foram até alguns passageiros e tentaram controlar a situação.

Quem confirma as informações é o passageiro Sandro Silva, que é administrador de empresas e estava dentro do avião. Ele tinha ido ao Rio de Janeiro fazer alguns trabalhos pela Eletronorte e voltava para Teresina com centenas de pessoas que estavam apavoradas com a situação. Alguns dos outros passageiros voltavam da capital fluminense após um fim de semana do Rock In Rio.

“Na verdade viriamos em um voo da companhia aérea Azul, mas este foi cancelado por conta do fechamento do Aeroporto Santos Dumont. Todos foram conduzidos então para este voo da Gol. Tudo ia bem quando escutamos o barulho da turbina explodindo. 

Ficamos por muito tempo sobrevoando, com apenas uma turbina e os funcionários da Gol tentando acalmar todo mundo. Mas era grande o medo. Foi um voo terrível. Foi quando o piloto fez um pouso forçado no Aeroporto de Salvador-BA e depois fomos levados para outro avião da mesma empresa. Mas percebemos que na hora um pessoal do Corpo de Bombeiros foi acionado e o avião ficou na pista.

Foi um pânico geral. Eu e as outras pessoas dissemos que iriamos denunciar a vocês do 180graus, porque a Gol não demostrou preocupação alguma. Um absurdo”, afirmou.


A reportagem do 180graus procurou a assessoria de imprensa do aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, de Salvador-BA, para comentar sobre o assunto e como se deu o pouso forçado do voo de numeração 1570 da Gol através do telefone (71) 3204 1010, mas a atendente da assessoria, que não quis revelar seu nome, disse que talvez o “balcão de informações” pudesse falar, mas que seria melhor procurar a própria Gol. Ela não quis confirmar a informação dizendo que “não era com ela”. A reportagem procurou então a assessoria da Gol, através do telefone de auto-atendimento 0300 115 2121, mas a ligação não era concluída.

O 180graus abre o espaço caso a Infraero ou a Gol Linhas Aéreas queiram se pronunciar sobre o assunto. O telefone da redação: (86) 9984 2767. Caso mais passageiros queiram dar mais informações ou repassar fotos, o telefone citado e o email redacao@180graus.com podem ser usados pelo leitor.

fonte/180graus

VÍDEO - 79º ANIVERSÁRIO DA FORÇA AÉREA DA ÍNDIA

VÍDEO - COMBATE A INCÊNDIO EM BRASÍLIA COM C-130 DA FAB

GOL CONCLUI COMPRA DA WEBJET POR R$ 70 MILHÕES

200Image via WikipediaA companhia aérea Gol anunciou nesta segunda-feira que concluiu a compra da Webjet Linhas Aéreas por R$ 70 milhões. O valor da aquisição, segundo a empresa, está sujeito a ajustes, que serão apurados nos próximos 70 dias.

O acordo para a compra, por meio da subsidiária Varig, foi anunciado em julho. Na ocasião, a Gol informou que a Webjet foi avaliada em R$ 310,7 milhões, mas que o valor da aquisição seria de R$ 96 milhões. Com a compra, a Gol assumirá as dívidas da companhia, de cerca de R$ 200 milhões.

A última aquisição feita pela Gol ocorreu quando a empresa comprou ativos da Varig em 2007 por US$ 275 milhões, operação que custou à empresa anos para ser totalmente digerida.

A negociação foi informada após a TAM anunciar, em março, a compra de 31% da Trip, sexta maior empresa do setor no País, reforçando sua atuação em mercados de média densidade de passageiros. Além da aliança estratégica com a Trip, a TAM também tenta fusão com a chilena LAN para criar a maior companhia aérea da América Latina. O tribunal de defesa da concorrência do Chile aprovou o negócio com 11 condicionantes, que estão sendo estudadas por ambas.

fonte/Terra
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...