domingo, 25 de outubro de 2009

JAPAN AIRLINES VAI DEMITIR 13.000 FUNCIONÁRIOS

A maior companhia aérea do Japão, a Japan Airlines (JAL), vai demitir 13 mil trabalhadores até 2015, 4.000 a mais dos que anunciou anteriormente. O objetivo do corte é reduzir seu tamanho e enfrentar as perdas, informou neste domingo o jornal "Japan Times".

O ajuste de pessoal proposto pela companhia aérea reduzirá sua força de trabalho para 35 mil pessoas. O número de empresas subsidiárias cairá de 120 para 50, segundo fontes ligadas às negociações.

A JAL decidiu aumentar o número de demissões em negociações com o governo japonês. Um grupo de trabalho foi criado para reestruturar a empresa - e sua dívida.

A maioria dos cortes vai acontecer na divisão que opera os voos da JAL, enquanto outra parte deles se centrará na filial hoteleira do conglomerado, que administra cerca de 60 hotéis no Japão e no estrangeiro, e a divisão de agências de viagens.

O ministro de Transportes, Seiji Maehara, é o encarregado de avaliar junto com o grupo de trabalho a viabilidade do novo plano de negócio da JAL.

O primeiro-ministro japonês, Yukio Hatoyama, e vários ministros, entre eles os de Finanças e Transportes, se reuniram nesta sexta-feira (23) em Tóquio para estudar possíveis soluções para a grave situação da companhia aérea. Eles não acertaram ainda o uso de fundos públicos para reanimar a empresa.

fonte/G1

PASSAGEIRA DA TAM MORRE APÓS DESEMBARCAR EM AEROPORTO DO RIO DE JANEIRO

Uma passageira do voo 8079 da TAM que fazia a rota Nova York-Rio morreu ontem após desembarcar no aeroporto Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, zona norte da cidade. A informação foi divulgada pela própria companhia aérea.

Segundo a TAM, a passageira começou a se sentir mal quando o avião se aproximava da cidade, e o comandante da aeronave acionou o pessoal de terra da companhia para providenciar socorro, o que foi feito às 5h05.

A TAM informou que quando o avião pousou, às 5h28, o atendimento de emergência não estava no finger (tubo que conecta o avião ao terminal de passageiros), e a passageira desembarcou acompanhada de um funcionário da TAM para ser levada até o ambulatório do aeroporto. Porém, ainda no finger, a passageira desmaiou.

A companhia aérea acionou novamente o serviço médico da Infraero (estatal que administra os aeroportos), que chegou ao local às 5h53 e levou a passageira em uma ambulância. A companhia aérea não informou a causa da morte nem o nome da passageira e a sua nacionalidade.

A reportagem não localizou um representante da Infraero para explicar o funcionamento do serviço médico no aeroporto Tom Jobim.

Leia a íntegra da nota divulgada pela TAM:

"Uma passageira do voo JJ 8079 (Nova York/Galeão) faleceu após desembarcar no Rio de Janeiro neste sábado. Ela começou a se sentir mal quando a aeronave se aproximava da cidade, e o comandante acionou o pessoal de terra da TAM para que pedisse o socorro médico da Infraero, o que foi feito em seguida, às 5h05. O avião pousou e, às 5h28, abriu as portas. O atendimento de emergência não se encontrava no finger, e a passageira desembarcou acompanhada por um funcionário da companhia aérea, que a conduziria ao ambulatório ao aeroporto. Ainda no finger, porém, ela desmaiou. O serviço médico da Infraero foi acionado pela segunda vez e chegou ao local às 5h53, levando a passageira em uma ambulância. A TAM se solidariza com seus familiares e amigos"

fonte/Folha Online / G1

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...