segunda-feira, 21 de abril de 2014

APÓS MORTE, CAMPEONATO DE PARAMOTOR É CANCELADO

fonte/foto/Folha da Região

Link

Após o registro de dois acidentes - um deles com morte -, os organizadores cancelaram a continuidade do Para Race - World Championship (Campeonato Mundial de Paramotor), que começou na última sexta-feira, em Araçatuba. A informação foi confirmada na noite deste domingo (20), após a morte do piloto Edson Luiz de Paulo, 52 anos. O campeonato tinha previsão de terminar nesta segunda-feira (21).
A vítima que morava em Osasco, na grande São Paulo, se chocou durante o voo com o piloto paraguaio Mário Benjamin Benites, 43 anos, que está internado num hospital particular da cidade com múltiplas fraturas. O acidente ocorreu por volta das 18h. Ambos foram socorridos por viaturas do Samu (Serviço Médico de Atendimento de Urgência), mas Edson morreu ao chegar à Santa Casa.

Conforme o delegado Rafael Prado Buosi, a Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar a causa do acidente. "Nossa linha de trabalho vai considerar as hipóteses de falha mecânica do equipamento, falha humana durante o voo e também o uso de equipamentos de segurança", afirmou.
A família de Edson estava presente no evento. A filha, um filho e a esposa presenciaram o acidente e estão em estado de choque. O corpo do piloto já está no IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba. Assim que for liberado, segue para Osasco (SP), onde será sepultado. A família não deu informações sobre horário do sepultamento.

MUITO RÁPIDO
Um policial militar que conversou com Benites durante o socorro, disse à Folha da Região que o piloto afirmou que tudo aconteceu muito rápido. Quando percebeu o risco, os dois já estavam em queda devido ao choque.

Um organizador do evento, que não quis ter o nome revelado, prestou depoimento há pouco na Central de Flagrantes da Polícia Civil. Ele não quis falar com a imprensa sobre o ocorrido.

OUTRO ACIDENTE
No sábado (19), depois de um competidor de Araçatuba cair de uma altura de 12 metros, enquanto realizava manobras com o equipamento de voo, os participantes já haviam adiado uma tentativa de quebrar o recorde mundial de equipamentos no ar ao mesmo tempo.

O campeonato era realizado em um campo aberto no final da rua Conde Zepelin, no Jardim Universo.

PILOTO DE PARAMOTOR MORRE APÓS ACIDENTE EM PROVA



Um piloto de paramotor morreu e outro ficou ferido neste domingo durante as provas do Campeonato Mundial de  Paramotor, que é realizado em Araçatuba, interior de São Paulo. Dois paramotores se chocaram a uma altura de aproximadamente 50 metros. A vela de um deles enroscou no outro aparelho e eles caíram.

O piloto Edson Luís de Paulo, de 45 anos, morador da capital paulista, chegou ser atendido pelas equipes de pronto-socorro, mas não resistiu. O piloto paraguaio Mário Benjamin, que conduzia o outro aparelho, sofreu fraturas na perna e braço, mas não corre risco de morte.
O acidente ocorreu quando um dos paramotores, que fazia a prova X-6, uma espécie de rali aéreo, se chocou com o outro paramotor, que fazia um voo panorâmico. Com o choque, as velas dos dois aparelhos perderam a estabilidade, causando a queda. “Eu vi a colisão entre os dois. Ambos fizeram uma curva em reverso, um para cada direção e após o choque eles caíram”, disse um dos expectadores da prova Marcelo Pelho.

Uma perícia apontará as reais causas do acidente. Organizada pelo Clube de Paramotores de Araçatuba, a competição teve início na sexta-feira e tinha encerramento previsto para esta segunda, mas os organizadores devem se reunir para definir se a competição continuará. Cerca de 150 pilotos de diversos países, como França, Espanha, Portugal, Argentina e Paraguai, além de várias regiões do Brasil, participam do encontro.

Outro acidente
No sábado, o piloto Diego Elias Carlos, caiu de uma altura de 12 metros quando tentava finalizar uma prova de slalon, sofrendo fraturas. Ele segue internado, mas não corre risco de morrer.

fonte/Terra

INCIDENTE COM AIRBUS A380 DA SINGAPORE AIRLINES

Um Airbus A380 -800 da Singapore Airlines , o registro 9V-SKB,  realizando o voo SQ-322 (programado para decolar em 18 de abril , decolou 19 abril ) de Singapura (Singapura ) para Londres Heathrow , PT (UK) , partiu com atraso de 2 horas em razão de manutenção em dois motores ( Trent 970 ).

Durante o procedimento de subida a o comandante parou a 10.000 pés e decidiu retornar a Cingapura devido à falha de dois sistemas de ar sangrado do motor e problemas resultantes no ar condicionado.  

A aeronave pousou com sobrepeso 30 minutos após a partida e o como resultado 8  pneus do trem de pouso principal estouraram.
A aeronave foi substituída pelo  Airbus A380 -800, matrícula 9V-SKE, e chegou em Londres com um atraso de 11,5 horas.
A companhia aérea relatou uma série de pneus esvaziados durante o pouso , quando a aeronave retornou a Cingapura devido a problemas de ar condicionado.
Os passageiros relataram que tinha após saída do gate e a partida do motor , dois motores não ligaram.  A equipe de manutenção trabalhou durante duas horas, e após a aeronave partiu, no entanto , o ar condicionado não funcionou . A aeronave retornou a Cingapura para um pouso difícil que resultou em vários pneus estourados.

fonte/AvHerald/foto/TarunShukla

ADOLESCENTE SOBREVIVE APÓS VIAGEM DE CINCO HORAS ATÉ O HAVAÍ EM TREM DE POUSO DE AVIÃO


Adolescente sobrevive após viagem de cinco horas até o Havaí em trem de pouso de avião Reprodução/Reprodução
 
Jornal Maui News destacou a história do jovem californiano Foto: Reprodução / Reprodução
 
Um adolescente de 16 anos sobreviveu a uma viagem aérea de cinco horas entre dois pontos nos Estados Unidos, San Jose, na Califórnia, e Maui, no Havaí, escondido no trem de pouso de um avião da Hawaiian Airlines. O fato aconteceu no domingo, e foi revelado pelo jornal havaiano Maui News.

O rapaz, não identificado, suportou uma temperatura mínima de -62°C, a 11 mil metros de altitude e em ar rarefeito. Quando a temperatura chegou a esse nível, o jovem perdeu a consciência. Depois do pouso, ele foi encontrado com vida, o que surpreendeu os agentes de segurança do aeroporto Kahului.
— O garoto tem sorte de estar vivo — disse o agente do FBI (a polícia federal americana) Tom Simon.

O jovem foi retirado do local e recolhido em uma ambulância. Ele teria fugido da família na Califórnia e deverá ser encaminhado a um serviço de proteção a crianças e adolescentes.
A rede britânica BBC fez uma contagem de casos semelhantes. Desde o início dos registros desse tipo, em 1947, 96 passageiros clandestinos teriam tentado embarcar em 85 voos. Do total, 73 teriam morrido e apenas 23 sobrevivido.

fonte/foto/ZERO HORA

VOO DE PLANADOR (ASK-21) EM IPUÃ


50 cent - PILOT


PODERIA FAZER LINDAS MINIATURAS DE AVIÕES...


MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...