Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 19, 2010

HELICÓTERO MOVIDO A ÁGUA OXIGENADA

A empresa americana Swisscopter desenvolveu um helicóptero movido a foguetes e peróxido de hidrogênio (mais conhecido como água oxigenada, como as compradas em farmácias). A aeronave substitui o convencional motor a combustão em seu corpo por dois foguetes localizados nas pontas das hélices. 



Mas nunca havia sido mostrada ao público num helicóptero comercial, mesmo que protótipo. Os foguetes do Dragonfly DF1, nome do modelo, são movidos a uma mistura de 70% de peróxido do hidrogênio (H2O2), cujos tanques ficam localizados próximos ao acento do piloto.

Tais foguetes não poluem e são capazes de levar o DF1 a uma velocidade de 185 km/h e a uma altura de 4.000 m, com velocidade de subida de 700 m por minuto. Seu peso é de 106 kg (o mesmo que uma moto) e pode carregar até 227 kg (incluindo piloto e combustível).




A idéia não é nova, existe desde a década de 1950 e já é utilizada pela Marinha dos EUA há tempos. O princípio é simples: as moléculas de água oxigenada, em presença de…

FORMAÇÃO DE GELO NAS ROLLS´ROYCE TRENT

Image via Wikipedia
O órgão regulatório europeu identificou outro potencial incidente de congelamento de motores, envolvendo um A330 com motores Rolls-Royce, e já recomendou medidas de precaução focadas em melhorar a não formação de gelo nos motores.

Durante a decolagem, o motor direito do A330 (cuja empresa não foi revelada) sofreu uma perda temporária de potência, disparando um alarme de "estol do motor", que logo desapareceu. 

As investigações mostraram que o fluxo de combustível para o motor estava restringida, mas também descobriu-se que o motor esquerdo sofreu queda similar, logo a seguir. A falha no esquerdo não foi suficientemente grande para disparar os alarmes e só foi detectada na análise posterior.

No momento do acontecido, os pilotos seguiram o procedimento padrão e, poucos instantes depois os motores já operavam normalmente, seguindo o vôo como planejado.

E daí? Pois bem, a EASA acredita que a interrupção parcial do fluxo de combus…

FAA PUBLICA AD DE EMERGÊNCIA NOS BOEINGS 737NG

FAA publicou uma Airworthiness Directive (AD) de emergência, alertando aos operadores de 737NG a inspecionar os mecanismos de controle dos profundores após "vibrações severas" em um 737-800 da Ryanair que fez um pouso de emergência em Bruxelas, no início de março. 
A agência indicou que as empresas devem "detectar e corrigir" a falha imediatamente, causada por "falhas nos pontos de encaixe do profundor" do -800 da Ryanair. "Essa condição, se não corrigida, pode resultar na perda de controle da aeronave e consequente ruptura da estrutura.", completou a FAA. Documento
Airworthiness Directive


This AD has been Cancelled.
Click "Here" to go to Airworthiness Directives database and search for current AD.
Federal Register Information
Header Information DEPARTMENT OF TRANSPORTATION

Federal Aviation Administration

14 CFR Part 39

AD 2007-18-51; Docket No. FAA-2007-29089; Directorate Identifier 2007-NM-214-AD


Boeing Model 737-600, -700, …

PRESIDENTE DA GOL CRITICA AEROPORTOS

O presidente da Gol, Constantino de Oliveira Júnior,criticou ontem a falta de investimento nos aeroportos do país, e afirmou que a empresa está investindo em tecnologia para tentar driblara saturação em alguns dos principais terminais brasileiros. Mas ele ressaltou que as medidas são paliativas e que investimentos no setor são essenciais para acompanhar o crescimento do Brasil. Constantino Júnior disse que o problema atinge a maioria dos aeroportos do país e que as empresas aéreas são obrigadas a mudar suas operações. - São Paulo tem dois aeroportos no limite. Estamos transferindo conexões para outros ramos, como o Galeão, Brasília e Confins. Com isso, temos mais destinos e maior volume de voos disse. O empresário dá como exemplo de nova tecnologia o check-in pelo telefone celular, no qual o passageiro recebe mensagem SMS com um código de barras que contém as informações necessárias para seu embarque. - É só aproximar o telefone de um dispositivo para emitir o bilhete. Isso…

LUCRO DA EMBRAER DOBRA EM 2009

A Embraer registrou lucro líquido de R$ 894,6 milhões em 2009, um crescimento de 108,6% sobre os R$ 428,8 milhões apurados em 2008. 

O resultado final foi impulsionado por um ganho de R$ 376,6 milhões na linha do balanço para imposto de renda e contribuição social diferidos, revertendo a perda de R$ 411,5 milhões registrada na mesma linha em 2008. 
A receita líquida da fabricante de aviões recuou 7,9%, para R$ 10,812 bilhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 1,157 bilhão, com queda de 22,8%. A margem Ebitda ajustado caiu de 12,8% para 10,7% no período. 
As exportações da Embraer somaram US$ 4,053 bilhões em 2009, o que representa uma queda de 29,3% em relação a 2008. Ainda assim, a empresa manteve-se como a quarta maior exportadora brasileira, com uma contribuição de 2,65% para o saldo da balança comercial do país. 
A Embraer encerrou o ano com 244 jatos entregues, sendo 122 para o mercado de aviação…

APROVADO PROJETO DE LEI QUE ASSEGURA SIGILO EM INVESTIGAÇÕES DE ACIDENTES AERONÁUTICOS

A Comissão de Viação e Transportes aprovou na quarta-feira (10) o Projeto de Lei 2453/07, da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do tráfego aéreo, que assegura a inviolabilidade de informações e depoimentos recolhidos em investigações do Sistema de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Sipaer). A proposta também normatiza os procedimentos e competências nas investigações do órgão.
O relator, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), recomendou a aprovação do substitutivo da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. Segundo o relator, o substitutivo acentua o caráter exclusivamente preventivo de manifestações, provas e conclusões derivadas de investigações Sipaer.
São admitidas investigações, em separado, para outros fins que não a prevenção, mas a precedência é garantida às investigações no âmbito do Sipaer. É prevista a cooperação da Aeronáutica com a investigação policial, mas é vedada a conclusão de investigação do Sipaer como prova de culpa, e fica assegurado …

RELATÓRIO FINAL DA FAB DIZ QUE PROPOSTA DE CAÇAS FRANCESES É MAIS CONSISTENTE

Está na mesa do ministro da Defesa, Nelson Jobim, o relatório final da Força Aérea Brasileira sobre a qualidade técnica dos caças que disputam a compra pelo Brasil. Diferentemente das análises anteriores, desta vez a Aeronáutica reavalia que, considerando a Estratégia de Defesa Nacional, os caças franceses Rafale representam “a proposta mais consistente”. O Brasil pretende comprar 36 caças em um negócio que pode chegar a US$10 bilhões.
O relatório de sete páginas afirma ainda que em termos operacionais, os três jatos – os franceses, os suecos Gripen Ng e os americanos F-18 Super Hornet – satisfazem tecnicamente. Dentro de alguns dias, o ministro da Defesa vai apresentar seu próprio relatório ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deverá escolher oficialmente o caça a ser comprado com base nos argumentos de Jobim. Os Rafale possuem dois motores e os franceses afirmam que transferem tecnologia de forma irrestrita, além de oferecerem o mercado da América do Sul para o Bra…

JOBIM RECOMENDARÁ CAÇA FRANCÊS A LULA

Com a decisão política tomada, a Força Aérea pacificada e uma redução de 10% no preço do pacote, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, vai encaminhar ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nos próximos dias, uma exposição de motivos, acompanhada de um relatório assinado por ele, recomendando a compra de 36 caças franceses Rafale para equipar a FAB.
O impasse foi encerrado depois que uma comissão especial criada no Brasil pelo ministro Jobim, integrada pelos Ministérios da Defesa, da Fazenda e da própria Aeronáutica, foi à França e cobrou do governo francês a promessa feita pelo presidente Nicolas Sarkozy de redução de 10% do preço apresentado na última proposta, que não havia sido cumprida pela Dassault, fabricante do Rafale. Além disso, pediu novos esclarecimentos técnicos em relação a preço e transferência de tecnologia. Antes dessa fase de negociação, os franceses só tinham reduzido o preço do pacote, estimado em US$ 10 bilhões, em apenas 1,8%. Do processo de seleção par…

AEROPORTO DE CONGONHAS DESCUMPRE REGRAS DE SEGURANÇA E HORÁRIO

O aeroporto de Congonhas, o segundo mais movimentado do país, tem desrespeitado normas de segurança e de horário, segundo informações de Ricardo Gallo e Eduardo Geraque publicada na edição desta sexta-feira da Folha.

De acordo com o texto, a Infraero --responsável pelo aeroporto, na zona sul-- ignorou a decisão da prefeitura de reduzir até o início deste mês o horário de funcionamento do local. As operações só poderiam ocorrer das 7h às 22h na semana e das 9h às 23h aos domingos e feriados.
Hoje, o aeroporto funciona das 6h às 23h. 
Já o número de pousos e decolagens, limitado a 30 por hora para a aviação comercial, também não é integralmente respeitado. Apenas nesta semana, em ao menos dez vezes, ocorreram mais de 30 operações por hora no local, considerando apenas voos comerciais. Na quarta, por exemplo, foram registrados 39 pousos e decolagens em uma hora, segundo dados da Infraero e das empresas aéreas. 
fonte/FolhaOnLine