sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

CRJ 200 DE CARGA CAI NA NORUEGA

WEst Air Europe Cargo CRJ200PF SE-DUX 900px

Um avião Bombardier CRJ200 PF da West Atlantic Sweden AB despenhou-se na noite passada quando viajava de Oslo para Trosmö, na Noruega, num voo ao serviço dos Correios deste país, anunciou na manhã desta sexta-feira, dia 8 de janeiro, a companhia aérea em comunicado de imprensa. Mais tarde, numa conferência de imprensa na cidade de Gotemburgo, foram fornecidos mais dados sobre o acidente, tendo sido confirmada a morte dos dois tripulantes.

Os pilotos, um francês e outro espanhol, terão declarado emergência pelas 23h30 UTC de quinta-feira, tendo lançado um pedido de socorro, que foi logo seguido pelas autoridades norueguesas e suecas. Os destroços do avião foram encontrados pelas 03h10 locais desta sexta-feira por um caça-bombardeiro da Força Aérea Sueca, que participava nas buscas. Estão localizados numa montanha gelada próximo da fronteira entre a Noruega e a Suécia, na zona do Lago Akkajaure.

WEst Air Europe Cargo CRJ200PF SE-DUX crash_place 800px

A imagem está a correr nas redes sociais. Terá sido obtida pelos militares envolvidos nas buscas, vendo-se uma mancha negra na neve, provocada precisamente pelo impacto da aeronave acidentada.

O avião, matrícula SE-DUX, tinha saído de fábrica em 1993 e estava ao serviço da West Air Europe, holding em que se integra a West Atlantic Sweden AB, desde 2007.

O comunicado da companhia refere que a bordo seguiam dois pilotos: o comandante, de nacionalidade francesa, que tinha 42 anos de idade e estava ao serviço da West Alantic Sweden desde 2011 e somava 3.173 horas de voo, das quais 2.050 neste tipo de avião; o co-piloto, com passaporte espanhol, tinha 34 anos, estava na West Atlantic desde 2008 e contava 3.050 horas de voo, das quais 900 neste modelo de avião.

O avião acidentado, que realizava o voo SWN294, tinha 38.601 horas de voo e 31.036 ciclos, refere a nota de imprensa da companhia sueca, que adianta que a aeronave contava com cerca de 10.000 horas de voo desde que integrou a sua frota.

A West Air Europe esteve durante alguns anos a trabalhar com um avião cargueiro em Portugal, na linha regular de carga Lisboa-Madeira-Lisboa, onde voava com um avião turbo-hélice British Aerospace ATP, seis dias por semana, ao serviço da ‘Agroar’. A linha foi suspensa em 2013.

Curiosamente, uma nova empresa que desde há cerca de dois anos pretende reatar os voos cargueiros entre Lisboa e a ilha da Madeira, chegou a anunciar no ano passado que iria voar o mesmo percurso também com um avião Bombardier CRJ200 transformado em cargueiro, igual ao que agora se despenhou na Escandinávia. Chegou a ser assinado um protocolo no Funchal com a empresa ‘Blackbird Air Charter A/S’, da Dinamarca, para aluguer do aparelho. Contudo, o contrato nunca foi assinado formalmente, por falta de satisfação do pagamento previsto, pelo que a ‘Blackbird’ alugou a aeronave a uma empresa de transporte de carga norte-americana.

fonte/foto/NewsAvia

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...