quarta-feira, 26 de outubro de 2011

VÍDEO E FOTO - POUSO DE EMERGÊNCIA DE B727 DA IRAN AIR NO DIA 18 DE 0UTUBRO






foto/AvHerald

JETBLUE CANCELA 11 JATOS DE PEDIDO DA EMBRAER

JetBlue Airways logo Category:Airline logosImage via WikipediaA companhia aérea de baixo custo norte-americana JetBlue cancelou 11 aviões Embraer 190 da encomenda que tem com a fabricante brasileira. Segundo dados preliminares, as ações da Embraer encerraram a sessão desta quarta-feira em queda de 2,51%, a R$ 12,06, a maior queda do Ibovespa, que subiu 1,52%.
Em entrevista exclusiva à Reuters antes do início da Paris Air Show, em junho, o presidente-executivo da Embraer, Frederico Curado, disse que via risco no cumprimento do contrato pela JetBlue. A cliente do Embraer 190 fez encomenda de US$ 6 bilhões (incluindo opções). 

Ainda durante a feira de aviação no aeroporto Le Bourget, nas cercanias da capital francesa, a JetBlue anunciou que iria revisar sua frota, otimizando o uso dos jatos regionais Embraer 190. A expectativa da companhia era utilizar 75 unidades da aeronave em suas operações, e o plano incluía a compra de 40 aviões Airbus A320neo. 

Não ficou claro na ocasião qual seria o destino dos 25 aviões Embraer 190 que não seriam integrados à frota da companhia aérea norte-americana --mas, em casos assim, normalmente a própria compradora transfere os jatos para uma terceira. 

Até o fechamento do terceiro trimestre, a carteira de pedidos da Embraer, trazia encomenda firme por cem unidades de aviões modelo Embraer 190, sendo que 52 já haviam sido entregues. 

Também nesta quarta-feira, a companhia aérea brasileira a Azul --também fundada pelo empresário David Neeleman, que criou a JetBlue-- anunciou a compra de 11 aeronaves Embraer 195 da fabricante brasileira. 

fonte/Reuters/FolhaSP
Enhanced by Zemanta

ACORDO COM O CADE SUSPENDE FUSÃO ENTRE GOL E WEBJET

O Acordo de Preservação de Reversibilidade de Operação (Apro) é um mecanismo usado pelo Cade nestes casos para manter duas empresas funcionando separadamente e garantir que voltem a operar normalmente caso o negócio seja reprovado pelo órgão ao final do julgamento.

Pelo acordo, a Gol não pode alterar o quadro de empregados nem as rotas feitas hoje pela Webjet. O Cade, porém, autorizou as duas empresas a compartilhar passageiros.

A Gol divulgou no dia 2 de outubro fato relevante para informar que concluiu a aquisição de 100% do capital social da Webjet por R$ 70 milhões, 'sujeitos a ajustes menores, o que será apurado nos próximos 70 dias'.

No dia 20 de setembro, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o negócio. A decisão autorizou a mudança societária da Webjet, de modo que a Gol passa a administrá-la financeiramente mas nãopode ainda usar os slots (horários e espaços para pousos e decolagens nos aeroportos) da Webjet nem se desfazer da marca.

Para unir as operações e conseguir usar os slots da Webjet, a Gol precisa fazer um novo pedido de avaliação técnica à Anac e ter o negócio aprovado pelo Cade. A Gol anunciou a compra da Webjet no início de julho. A Webjet estava avaliada em R$ 310,7 milhões, mas suas dívidas na época somavam R$ 214,7 milhões.
 
 
fonte/G1

VOO DA GOL RETORNA DA ARGENTINA PARA PORTO ALEGRE E PASSAGEIROS RECLAMAM


Problemas em um voo da Gol causaram tumulto no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, na madrugada desta quarta-feira (26). Um voo que da companhia que sairia da capital gaúcha com destino a Buenos Aires por volta das 20h30 de terça-feira (25) acabou decolando apenas após as 22h.

Segundo relatos de passageiros, quando estava chegando à capital argentina, o comandante do voo informou que teriam que retornar para Porto Alegre porque não houve liberação para o pouso. O motivo seria obras na pista do aeroporto.

Já em Porto Alegre, os passageiros reclamaram que não teriam recebido assistência da companhia e passado a noite no aeroporto. A empresa teria informado falta de disponibilidade na rede hoteleira conveniada. A previsão seria que os passageiros fossem reacomodados em um novo voo nesta manhã.

Atendentes do balcão da Gol no Salgado Filho informaram que não tinham autorização para dar informações à imprensa.

A assessoria de imprensa da Infraero no aeroporto não tinha informações sobre o voo. O G1 procurou a assessoria de imprensa da Gol para comentar o fato. Por celular, um assessor informou que não tinha informações sobre o ocorrido e iria retornar. A reportagem aguarda posicionamento da empresa.

fonte/G1
Enhanced by Zemanta

PAL AIRLINES DESISTE DE PROCESSO CONTRA FUSÃO LAN COM TAM

A LAN, uma das principais empresas aéreas da América Latina, afirmou nesta terça-feira que a PAL concordou em retirar todas as suas objeções na Suprema Corte chilena, com pagamento prévio de 5 milhões de dólares, um acordo econômico que abre caminho para avançar em seu processo de fusão com a TAM, o que criaria um dos maiores grupos da indústria aérea em nível mundial.

"A PAL se absterá de apresentar qualquer outra objeção no Chile ou no exterior e solicitou à LAN que assumisse os custos que a PAL teve para consultar o TDLC (tribunal antitruste) e seu recurso de reclamação (na Suprema Corte)", disse a LAN em comunicado.
Os US$ 5 milhões pagos à PAL foram incluídos como um gasto extraordinário nos resultados do terceiro trimestre que a LAN informou mais cedo, nos quais reportou lucro de US$ 94,5 milhões, queda de 11% na comparação anual.A PAL é uma das poucas companhias que enfrentaram a gigante LAN na sua intenção de fusão com a TAM no marco de um processo de investigação do Tribunal de Defesa da Livre Concorrência (TDLC), que finalmente aprovou a união das duas companhias, mas com 11 condições.
Tanto a PAL como a LAN apelaram há algumas semanas à Suprema Corte contra algumas das medidas exigidas pelo tribunal para aprovar a fusão, considerando-as desproporcionais e inconstitucionais, embora suas apresentações no máximo tribunal não suspenda o processo de fusão.Com esse acordo, LAN e TAM devem esperar que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), do Brasil, entregue sua opinião sobre o plano de fusão, uma vez que duas entidades já se pronunciaram a favor da união.
No relatório dos resultados trimestrais, a LAN afirmou que "espera poder concretizar até o fim do primeiro trimestre de 2012" a união com a TAM, que permitirá atingir sinergias anuais de quase US$ 400 milhões.
fonte/REuters/Terra

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...