segunda-feira, 1 de março de 2010

VOO DA TAM PARIS-SÃO PAULO POUSA NO CEARÁ APÓS MORTE DE FRANCÊS

Um passageiro francês, identificado como Laurent Pierre Yves Chauvineau, morreu durante um voo da companhia aérea TAM na rota Paris-São Paulo, informou empresa nesta segunda-feira. O avião, que havia saído no domingo da capital francesa, teve de fazer um pouso não programado em Fortaleza para entregar o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) do Ceará.
O passageiro, que viajava sozinho, recebeu os primeiros socorros em pleno voo, por um médico francês, mas não resistiu. O incidente ocorreu durante o voo JJ 8099 da TAM, com 176 passageiros a bordo.
Depois da parada de emergência, que durou duas horas e meia, o voo prosseguiu hoje até seu destino final no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O IML do Ceará iniciou as investigações para determinar as causas da morte do passageiro. Segundo a companhia aérea, o passageiro sofreu um infarto.
Em comunicado, a TAM lamentou o ocorrido e ressaltou que a empresa "está prestando assistência à família do passageiro, que deve chegar em breve ao país" de origem.

fonte/Terra

HELICÓPTERO QUE TRANSPORTAVA VICE-GOVERNADOR DE MINAS SOFRE PANE NO ROTOR DE CAUDA, OUTRO INCIDENTE COM ESQUILO AS350B2

Minas Gerais – O helicóptero que transportava o vice-governador mineiro, Antonio Augusto Anastasia, teve problemas no rotor da cauda nesta sexta-feira (26), no Parque do Rio Doce, no Leste de Minas. Segundo a assessoria do governo, a pane aconteceu em solo, durante os procedimentos de desligamento da aeronave (corte do motor), um helicóptero Esquilo AS350B2, prefixo PP-IEG, da Polícia Militar.

Não houve danos graves ao equipamento, que partiu de Ipatinga, e tinha seis pessoas a bordo. Ninguém ficou ferido. Ao lado do governador Aécio Neves, Antonio Anastasia, participou de uma solenidade no Parque do Rio Doce.

Incidente ocorreu no pouso do Guará 02. Foto: Renato Weil/EM/D.A.Press.

fonte/foto/PilotoPolicial

VEÍCULO DE GUERRA VÃO PARAR EM FERRO VELHO

Rio - Veículos de guerra, viaturas do Exército Brasileiro estão sendo vendidas em ferros-velhos na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Usados pelas tropas americanas na Guerra da Coréia, no início dos anos 50, jipes e caminhões que deveriam estar guardados no Parque Regional de Manutenção da 1ª Região Militar, em Magalhães Bastos, foram encontrados por equipe de O DIA escondidos em depósitos clandestinos.
Negociados a peso de ouro com colecionadores de vários estados do País, principalmente São Paulo, os veículos são garantia de lucro alto para os envolvidos no esquema. Em alguns casos, as viaturas chegam a custar R$ 30 mil, só a lataria, sem motor. Se estiverem completos e em bom estado de conservação, os veículos podem custar até R$ 70 mil no mercado de colecionadores.

Quando não são vendidas por inteiro, as viaturas são desmontadas e as peças comercializadas uma a uma, garatindo ganhos ainda maiores para quem desvia o material das unidades militares. Formada por civis e militares, a quadrilha já teria lucrado R$ 600 mil com o extravio de, pelo menos, 20 equipamentos entre peças e viaturas.

Durante três semanas O DIA visitou alguns desses ferros-velhos. Num dos endereços, em Itaboraí, nossa equipe encontrou vários veículos oficias e várias peças que seriam de viaturas do Exército. Pelo menos dois caminhões e um capô de caminhão foram retirados de maneira clandestinamente do Parque Regional de Manutenção da 1ª Região Militar.
Com uma microcâmera escondida foi possível fazer imagens do material e do local onde eram mantidos à espera de uma boa oferta. Sem saber que estavam sendo filmados, um casal dono de um dos ferros-velhos contou que já estão no ramo há 20 anos.

Procurado para falar sobre os desvios, o Comando Militar do Leste informou que foi aberto um Inquérito Policial Militar (IPM) para investigar o caso. O IPM, no entanto, só foi instaurado após a conclusão de uma sindicância que confirmou a entrada de pessoas não autorizadas — civis e militares — em áreas restritas do quartel onde eram guardadas as viaturas.
As investigações ainda estão em andamento, mas informações já obtidas pelos oficiais que conduzem o IPM indicam que entre as peças que desapareceram dos depósitos do Parque Regional de Manutenção da 1ª Região Militar estão: motor e caixas de transferências de caminhão do tipo REO, motor de ônibus Mercedes Benz e de Jeep modelo JPX, entre outras. Até um caminhão inteiro sumiu dentro da unidade.

As peças teriam saído do quartel a preços que variaram entre R$ 1 mil e R$ 4 mil. Já o caminhão inteiro negociado por R$ 7 mil. O dinheiro teria sido pago a militares que facilitaram o acesso dos civis aos depósitos e também a saída do material do quartel do Exército.
Para que sejam vendidas, as peças e veículos militares devem ser alienadas através de leilão ou licitação pública. Nestes casos os interessados devem ser avisados por meio de cartas-convite ou editais publicados em Diário Oficial. Tais procedimentos, no entanto, não foram realizados.

Ao que tudo indica, os responsáveis pelos desvios apostaram na falta de controle interno do Exército, que possui a relação de todas as viaturas que foram declaradas inúteis, ou 'descarregadas' na linguagem interna. Como já se sabe que a retirada dos veículos ocorreu em momentos variados — dentro e fora do horário de expediente — e de maneira dissimulada, oficiais em postos de comando e praças encarregados pela guarda do material desviado serão chamados para depor no IPM. Os colecionadores que compraram o material no mercado paralelo também podem responder criminalmente por receptação de material roubado do Exército.

As investigações começaram após denúncia de donos de ferros-velhos especializados no comércio de sucatas de carros militares. Eles reclamaram do sumiço das peças mais procuradas por colecionadores das concorrências públicas em que o Exército negocia equipamentos que não tem mais utilidade para a Força.
A escassez de peças não condizia, segundo eles, com o programa de desmobilização de viaturas que é acompanhado de perto por estes comerciantes. Apesar de se sentirem prejudicados, eles temiam que a sindicância interna demorasse a estancar o extravio das peças que, no mercado de colecionadores, estão sendo vendidas acima dos preços habituais.

Cruzamento de dados revelará total desviado
Para tomar conhecimento do extravio é necessário cruzar o que existe fisicamente nos quartéis com o que foi alienado em leilão e com que consta no papel como contando dops depósitos. Sem a denúncia que agora é investigada pelo Comando Militar esse cruzamento poderia nunca ser feito ou ser feito tardiamente quando não daria mais para localizar o paradeiro do material extraviado.
Como os extravios ocorreram durante o expediente e fora dele, de maneira dissimulada, oficiais em postos de comando e praças encarregados pela guarda do material desviado serão chamados a depor no Inquérito Policial Militar.
"Com a divulgação na mídia provavelmente o comandante Militar do Leste ou da 1ª Região Militar colocarão pressão para que a investigação ocorra com eficiência para dar uma resposta à sociedade, principalmente porque há a possibilidade de o Ministério Público Militar solicitar esclarecimentos", aposta dono de ferro velho. "O importante é provocar os investigadores, pois ficarão com receio de e se complicarem com a justiça militar", completa.


fonte/ODia

BOEING FAZ POUSO FORÇADO NA TANZÂNIA

Nesta segunda-feira (1), por volta das 08:00 (hora local - 05:00 Z), o Boeing 737-200, prefixo 5H-MVZ, da Air Tanzania, realizando o voo doméstico TC-100 a partir de Dar Es Salaam para Mwanza, na Tanzânia, com 46 passageiros, se acidentou durante a aterrissagem forçada.

O trem de pouso dianteiro (do nariz) do Boeing apresentou problemas e a tripulação partiu para a aterrissagem utilizado apenas o trem de pouso principal.

Ao tocar a pista de pouso 30 do Aeroporto de Mwanza com os dois trens de pousos principais, o avião virou para a esquerda, saindo da pista e parando sobre uma superfície pavimentada com o nariz da aeronave junto ao solo.

Os ocupantes não sofreram lesões. O avião recebeu danos na fuselagem inferior do cockpit, do motor direito e na asa direita.
As condições meteorológicas locais às 08:00 indicam ventos fracos inferiores a 5 nós de nor-noroeste e nuvens esparsas. Por volta da meia-noite anterior, houve uma tempestade na área com chuva significativa.

fonte/Aviation Herald/NoticiasSobreAviação

LIGAÇÕES AÉREAS NOS AÇORES ESTÃO ENFRENTANDO ALGUMA DIFICULDADE

As ligações aéreas que ligam S. Miguel às outras ilhas do Arquipélago, bem como ao Continente, estão na sua grande maioria canceladas.

O voo entre Lisboa e Ponta Delgada, devido ao mau tempo, foi desviado para a ilha Terceira até que as condições meteorológicas permitam que seja efetuada a ligação até ao destino.

Já a ligação entre Ponta Delgada e Terceira está cancelada para o dia de hoje.

Também o voo que liga Ponta Delgada a Santa Maria está atrasado, sendo que esta ligação se deverá efetuar ainda ao final do dia.

fonte/Jornal Diário/foto/ eccn.edu.pt

RATO FORÇCA EVACUAÇÃO DE AVIÃO COM 205 PASSAGEIROS

Um Boeing 767, que tinha Londres, na Inglaterra, como destino, teve de abortar o voo depois que um passageiro encontrou um rato, no compartimento de bagagens de mão, quando o avião ainda estava na pista do aeroporto de Ottawa, no Canadá.

O piloto do voo AC888, da Air Canada, ordenou a evacuação de todos os 205 passageiros para que o rato fosse caçado.

Apesar de toda a busca, o roedor desapareceu dentro da aeronave. O voo, então, foi cancelado e os passageiros passaram a noite em um hotel, próximo ao Aeroporto Internacional Macdonald-Cartier.

A reação de quem iria esperar pelos passageiros no aeroporto de Heathrow, na Inglaterra, foi de surpresa.

Richard Jones aguardava sua namorada Victoria quando recebeu um telefonema.

- Ela disse que um rato gigante havia sido encontrado no avião. Já vi as companhias aéreas inventarem várias desculpas por causa de atrasos em voos, mas esta foi a mais original de todas.

fonte/ R7

PEQUENO AVIÃO CAI NA ÁUSTRIA E DEIXA DOIS MORTOS

Um pequeno avião caiu no domingo (28),  em Waldzell, localizado no distrito de Ried im Innkreis, no estado de Alta Áustria.

A aeronave Cessna 150E, prefixo OE-CFT, registrada para BFS Verkehrsfliegerschule Salzburg, caiu por causas ainda desconhecidas, matando as duas pessoas a bordo (um instrutor de voo, de 38 anos, e seu aluno, de 21).

Equipes de emergência se dirigiram para o local. Segundo relatos de testemunhas, o avião fez um giro no ar e caiu em seguida. Na área que sobrevoava, não há nenhum obstáculo.

O inquérito sobre a causa do acidente será conduzida pela Comissão de Acidentes de Aeronaves do Ministério dos Transportes e do respectivo órgão de Investigação Criminal da Alta Áustria. Ao mesmo tempo, uma autópsia das vítimas foi ordenada.

fonte/ newsserver.at / flugaktiv.de / ASN/NoticiasSobreAviação/foto/ APA / picturesnews.at

CORRIDA AÉREA CONFIRMA PROVA NO BRASIL EM 2010, TRÊS ANOS APÓS EVENTO

 
A organização do Mundial de Corrida Aérea confirmou nesta segunda-feira que o Brasil voltará a receber uma etapa da competição. A primeira vez que o país recebeu o evento foi em 2007, no Rio de Janeiro.
Na ocasião, mais de um milhão de pessoas foram até a Enseada de Botafogo para ver o show. A prova de 2010 está marcada para os dias 8 e 9 de maio, agora no Aterro do Flamengo. A grande atração do evento será a presença do brasileiro Adilson Kindlemann, que estréia este ano no circuito.
“Disputar o Red Bull Air Race era o meu sonho há mais de três anos, um sonho que finalmente consegui realizar em 2010”, explica Kindlemann, que enfrentará nomes consagrados como o austríaco Hannes Arch, campeão do mundo em 2008, e o atual detentor do título mundial, o inglês Paul Bonhomme, vencedor da corrida carioca de 2007. “Poder correr ‘em casa’ diante da torcida brasileira no meu primeiro ano fará essa temporada ainda mais especial”.
O Rio receberá a terceira de oito etapas do Mundial 2010, que começa no dia 27 em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, e passa ainda por Perth, na Austrália, no dia 18 de abril, antes de chegar ao Brasil.
Depois do Rio, o circuito segue para Windsor (Canadá), em 6 de junho, e para Nova York, nos EUA, duas semanas depois. Outra novidade será a disputa, pela primeira vez, sobre um autódromo convencional, no dia 8 de agosto, no EuroSpeedway em Lausitz, Alemanha. A temporada continua com o retorno a Budapeste na Hungria, em 20 de agosto, e conclui com mais um novo destino: Lisboa, em Portugal, em 5 de setembro.

fonte/UOL

AVIÃO CAI NO CHILE


Um pequeno avião caiu nesta segunda-feira nos arredores de Concepción, no sul do Chile, com seis ocupantes que prestariam socorro aos afetados pelo terremoto do último sábado, confirmou a Direção Geral de Aeronáutica do Chile (DGAC, na sigla em espanhol).

De acordo com a fonte, o avião saiu de Santiago em direção a Concepción, a 515 km ao sul do Chile, mas caiu em Tomé, por causas ainda desconhecidas.

fonte/Terra

AEROPORTO EM SANTIAGO REABRE COM LIMITAÇÕES

O Aeroporto Internacional de Santiago foi reaberto ontem, atendendo a um número limitado de voos, em meio a esforços para recuperar o terminal afetado pelos efeitos do forte terremoto que atingiu o Chile na madrugada de sábado.

Durante uma coletiva de imprensa, a presidente do Chile, Michelle Bachelet, disse que o aeroporto foi reaberto para receber voos internacionais e aviões da companhia Lan Chile aterrissaram ontem.

A autoridade de aviação chilena disse que aeronaves de outras companhias aéreas aterrissarão em aeroportos no norte do país, assim como em Mendoza, na Argentina, perto da fronteira com o Chile. Segundo a presidente, os passageiros serão transferidos para Santiago de ônibus. Segundo ela, como o terminal de passageiros do aeroporto de Santiago está danificado, eles serão recebidos em um terminal temporário.

A infraestrutura básica do aeroporto, incluindo as pistas, a torre de controle e os sistemas de voos, não sofreram danos com o terremoto. Mas, por enquanto, a prioridade de pousos e decolagens em Santiago era dada a voos militares.

Depois de dois dias sem viajar de ou para cidades chilenas, a companhia Aerolíneas Argentinas preparava o envio de um voo especial para transportar 160 pessoas para Mendoza. O restante do trajeto seria feito por ônibus.

Operadoras de telefonia fixa e celular também se esforçavam para recuperar o serviço nas cidades mais afetadas pelo tremor - que derrubou antenas de transmissão e rompeu cabos. Embora a operação dos serviços de telecomunicação tivesse melhorado ontem sensivelmente em Santiago, a situação ainda era crítica nas localidades próximas de Concepción. Segundo as concessionárias, a forte réplica registrada ontem na região danificou ainda mais a infraestrutura das redes.

Ainda ontem, Bachelet rejeitou uma oferta de ajuda econômica da ONU para a reconstrução da infraestrutura do país. Segundo a presidente "o Chile não precisa da ajuda financeira da comunidade internacional". 
 
fonte/Estadão

VOOS DO BARSIL PARA O CHILE SÃO RETOMADOS PARCIALMENTE NESTA SEGUNDA-FEIRA

Segundo a assessoria da companhia, uma aeronave com lotação total, 150 passageiros, decolou por volta de 1h30 desta segunda-feira e pousou na cidade de Iquique, onde os passageiros passaram pelo processo de imigração antes de seguirem viagem para Santiago.
Um outro voo, ainda sem horário confirmado, está programado para sair do Rio de Janeiro nesta segunda-feira. A aeronave fará escala em São Paulo antes de seguir para o Chile.
A Lan Chile disponibiliza um telefone para fornecer informações aos passageiros com passagens compradas para o Chile: 0300-788-0045.



Inicialmente, para as aeronaves que viajam rumo ao Chile, a ordem é que os primeiros pousos ocorram nas regiões de Antofagasta e Iquique. Nestes locais serão verificados os documentos por parte da Polícia Internacional – o equivalente à Polícia Federal –, das autoridades de Alfândegas e do Serviço de Aviação.

Companhias brasileiras


As duas companhias aéreas brasileiras que operam voos para o Chile, a TAM e a Gol, informaram que os voos para Santiago, no Chile, seguem suspensos. Ainda não há previsão para a retomada dos voos.

Para mais informações, os clientes TAM no Brasil devem ligar para 4002-5700 (capitais) ou 0800-570-5700 (demais localidades). Para atendimento no Chile, o telefone é +56-2-6767-900.


Clientes da GOL que quiserem mais informações sobre a retomada de voos para o Chile devem entrar em contato com a Central de Relacionamento ao Cliente: 0800-704-0465.

Saída de Santiago

A decolagem de aeronaves no aeroporto de Santiago, capital chilena, pode ser autorizada nesta segunda-feira, segundo o diário local "La Tercera".
Segundo Paul Ortega, secretário-geral da Direcão-Geral de Aviação Civil (DGCA), o principal problema no momento é a normalizaão da distribuição de combustível para as aeronaves.

fonte/IG

NOVAS REGRAS PARA EMBARQUE EM AEROPORTOS COMEÇAM A VALER HOJE



A partir desta segunda-feira, todos os passageiros que embarcarem nos aeroportos brasileiros deverão apresentar ao funcionário da companhia aérea o documento de identificação, com foto, no portão de embarque da aeronave.

A medida, chamada de Identificação Positiva de Passageiros - consta da Resolução nº 130 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) -, já é praticada nos aeroportos da Europa e da América do Norte.
Os passageiros que fazem check-in pela internet, nos terminais de autoatendimento ou por celular não serão mais obrigados a carimbar o cartão de embarque nos balcões das companhias aéreas antes da entrada na sala de embarque.

A partir de hoje, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) também vai intensificar o monitoramento dentro das salas de embarque a fim de garantir o perfeito processamento de passageiros e evitar impactos operacionais.

fonte/Terra
.

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...