segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

AERÓDROMO DE MARICÁ AGORA É DA PREFEITURA

Map locator of Rio de Janeiro's Maricá city
Map locator of Rio de Janeiro's Maricá city (Photo credit: Wikipedia)
Rio - Decisões judiciais da 2ª Vara Cível de Maricá e da 11ª Câmara Cível do Rio de Janeiro reafirmaram o direito do município de administrar o controle patrimonial do aeródromo municipal, cujo controle foi retomado pela prefeitura em 11 de setembro de 2013 após a queda de um avião de instrução no bairro Parque Eldorado, próximo ao Centro da cidade.

Desde então, a prefeitura mantém a pista aberta, mas considera que todas as outras atividades estão encerradas. A vitória jurídica foi comemorada pelo prefeito. “Prevaleceram a justiça e o interesse público”, afirmou Washington Quaquá. “Brigamos contra interesses nebulosos que se apoderaram de um espaço da cidade. Agora é tirar o pó e fazer desse aeroporto um centro de desenvolvimento e geração de empregos”, acrescentou, satisfeito.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lourival Casula, sempre houve confiança de que o Judiciário confirmaria o entendimento a respeito do aeródromo municipal, cujo convênio de outorga com a União foi renovado há um ano por mais 35 anos.

“Essas decisões mostram que todas as medidas adotadas pelo prefeito eram juridicamente legítimas”, comentou. “Agora vamos prosseguir com os planos de reforma e modernização desse importante equipamento público”, concluiu Casula.

Ação proposta por empresas instaladas irregularmente no local, para anular decreto que definiu a retomada do espaço, foi considerada improcedente pelo juiz da 2ª Vara Cível de Maricá.

fonte/ODIA
Enhanced by Zemanta

FLIGHT SIMULATOR (FSX) - VOO MUITO REAL, AERONAVE DASH 8Q-400


MINISTRO LIBERA OPERAÇÃO DE AVIAÇÃO EXECUTIVA NO AEROVALE



O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco_Foto: Marcelo Caltabiano O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco_Foto: Marcelo Caltabiano

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Moreira Franco, assinou nesta segunda-feira a liberação do Aerovale  --empreendimento de propriedade privada, destinado às operações da aviação executiva.

O empreendimento está em fase avançada de construção e funcionará em uma área de mais de 2,5 milhões de metros quadrados, com módulos comerciais, hangares e heliporto. Segundo Rogério Penido, responsável pelo megaprojeto, a pista do aeroporto estará concluída em maio, quando terá condições de operação.

O empreendimento oferece ao todo 117 lotes aeronáuticos de até 13.500 metros quadrados, com acesso direto à pista -- que possui 1.550 metros, maior que a pista do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

A área deve receber empresas de manutenção de aeronaves, táxi aéreo, hangares, entre outros.  Também serão disponibilizados mais 188 lotes industriais e comerciais de até 15 mil metros quadrados que devem abrigar empresas de prestação de serviços, dentre elas restaurantes, bancos, hotéis e conveniências.

O empreendimento fica no bairro da Germana, entre as rodovias Presidente Dutra e Carvalho Pinto. 

fonte/foto/Ovale

NOVO AEROPORTO DO RIOO GRANDE DO NORTE ESTÁ À ESPERA DE DEFINIÇÕES


O primeiro aeroporto do Brasil concedido à iniciativa privada está em fase de conclusão no Rio Grande do Norte e se prepara para receber os primeiros voos no dia 15 de abril. A cerca de dois meses da data prevista para inauguração, no entanto, questões relacionadas à operação estão indefinidas.

O processo de migração das companhias aéreas do atual para o novo aeroporto, erguido a 40Km de Natal, no município de São Gonçalo do Amarante, é um dos pontos ainda em discussão. O que as empresas já sabem é que terão pouco tempo para a mudança.

A previsão do consórcio Inframérica, que está construindo e vai operar os terminais, é entregar as instalações no dia 27 de março, para o início da transição.

Essa mudança é necessária porque o aeroporto atual, o Augusto Severo, vai deixar de operar voos comerciais e deve ser entregue à Força Aérea Brasileira em data ainda indefinida, após a Copa.

“Serão menos de 30 dias (para a mudança). Não é ideal, mas vamos procurar nos adaptar”, diz o diretor de Segurança e Operações de Voo da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear),  Ronaldo Jenkins. O ideal, diz ele, seriam 90 dias.

Uma reunião que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) convocou para esta terça-feira (18), em Brasília, deverá trazer definições sobre o assunto. “A partir dessa reunião vamos estudar se o prazo é exequível”, diz Jenkins. “Mas não existe, por parte das empresas aéreas, interesse em criar qualquer obstáculo à transferência”, frisa.

O Inframérica afirma que não há previsão de alteração do cronograma, no momento. Também frisa que, na Copa, todos os voos comerciais estarão no Aeroporto Governador Aluízio Alves, que está erguendo em São Gonçalo do Amarante.

Durante o mundial, no entanto, há a possibilidade, já confirmada, de o Augusto Severo continuar aberto. Como será usado ainda é uma incógnita. O que é certo é que as aéreas não vão operar nos dois aeroportos.

fonte/foto/TribunaDoNorte

QUE POUSO FORTE !!!!!


COPILOTO SEQUESTROU AVIÃO DA ETIÓPIA E PEDIU ASILO À SUÍÇA, DIZ AEROPORTO

Ele foi detido em Genebra, e passageiros não correm risco.
Etíope afirmou que se sentia 'ameaçado' em seu país de origem.

O homem detido nesta segunda-feira (17) após ter desviado um voo da companhia Ethiopian Airlines entre Adis Abeba e Roma era copiloto do avião, anunciou nesta segunda-feira (17) o porta-voz do aeroporto.

O homem, de 31 anos, disse que "se sentia ameaçado" em seu país e pediu asilo à Suíça após o pouso em Genebra, disse o porta-voz Bertrand Stampfli.

Ele aproveitou o momento em que o comandante foi ao banheiro para se trancar na cabine, segundo Stampfli.

O copiloto, que não estava armado, foi detido após o pouso.

Passageiros são retirados de avião da Ethiopian Airlines no aeroporto de Genebra, na Suíça. (Foto: Salvatore Di Nolfi / AP Photo)Passageiros são retirados de avião da Ethiopian Airlines no aeroporto de Genebra, na Suíça. (Foto: Salvatore Di Nolfi / AP Photo)
O sequestrador, um etíope, entrou em contato com o aeroporto de Genebra e anunciou que precisava pousar para abastecer a aeronave e depois informou o sequestro, explicou Stampfli.
"Às 6H02, o avião pousou sem problemas", disse.

O copiloto, que não portava armas, foi detido após deixar o avião, segundo o porta-voz.
Ele será levado à justiça ainda nesta segunda-feira.

Tecnicamente, o sequestrador pode ser acusado de "tomada de reféns", crime que pode resultar em uma condenação de 20 anos de prisão.

fonte/foto/G1
Enhanced by Zemanta

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...