quinta-feira, 2 de junho de 2011

DEPUTADOS COBRAM DA ANAC FIM DA TAXA CONFORTO

Polêmica na última audiência pública na Câmara Federal, que discutiu a situação aeroportuária brasileira, no dia 18 de maio, a taxa conforto cobrada pela Tam voltou a movimentar o plenário da Câmara hoje, em nova audiência pública sobre o tema, agora com órgãos representantes do Governo Federal.

Os deputados exigiram do presidente interino da Anac, Carlos Eduardo Pellegrino, o fim da cobrança pela utilização dos assentos localizados nas saídas de emergência e na primeira fileira, estes concedidos prioritariamente aos portadores de deficiência física.

A resposta de Pellegrino não agradou. “Vivemos numa política de liberdade tarifária, não podemos interferir nessa cobrança e não tivemos nenhum tipo de reclamação de que os assentos não estejam sendo destinados às finalidades prioritárias”, afirmou.

“Que discriminação dentro do avião? Que diferença é essa [para quem paga taxa que se cair cai todo mundo e se chegar, chaga todo mundo junto?”, chegou a afirmar o deputado Chico Lopes, PCdoB-CE, arrancando risos do plenário.

O deputado Moreira Mendes mostrou um folheto da Tam onde estava descrito a cobrança adicional pelo assento conforto. “Isso é taxa e a companhia não pode cobrar uma taxa. Com base nesta denúncia, vamos autuar a empresa”, afirmou Pellegrino, voltando atrás na questão.

Acessibilidade para deficientes
A falta de Ambulifts – os elevadores para embarque de passageiros deficientes -, que também foi um tema levado ao conhecimento das cias. aéreas na última audiência, voltou a ser levantado pelos deputados que defendem o direito dos portadores de deficiência.

A deputada cadeirante Rosinha Da Adefal reclamou da falta do equipamento nos aeroportos e com jogo de empurra que existe entre as companhias e a Infraero, sobre a responsabilidade de fornecer o equipamento quando necessário.

O presidente interino da Anac, se mostrou solidário e afirmou que a agência vai ampliar a fiscalização quanto aos direitos dos passageiros deficientes. E garantiu: “a obrigação é da companhia aérea prover o equipamento.”

O presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale, afirmou que empresa disponibiliza o equipamento nos principais aeroportos, mas reconheceu que no aeroporto de Brasília, o equipamento está com defeito, depois que foi pressionado pela deputada. “Vamos resolver isso ainda hoje”, chegou a prometer.

“Temos um departamento que trata somente de acessibilidade. Mas todas as obras previstas contemplam essa questão. Somente no aeroporto de Guarulhos serão gastos R$ 12,5 milhões em acessibilidade”, disse, respondendo ao deputado Romário. 
 
fonte/PanRotas
Enhanced by Zemanta

AVIANCA ANUNCIA INVESTIMENTO DE US$ 1,5 BI E COMPRA 13 AVIÕES

A companhia aérea Avianca anunciou nesta quinta-feira que vai investir US$ 1,5 bilhão até 2016 em compras de novos aviões e melhoria de infraestrurura. A empresa irá adquirir 13 aeronaves Airbus 318 até 2013, sendo que três chegarão até o final de agosto, outras cinco em 2012, e mais cinco em 2013. "Usaremos o investimento para aviões, centro de treinamentos, projetos, engenharia", afirmou o presidente da Avianca no Brasil, José Efromovich. A expectativa é de que a frota total da companhia em 2016 seja de 32 aviões, hoje são 19 - 14 F100, três A319 e dois A318. A companhia também informou o lançamento de três novos destinos no Brasil, a partir de julho. Além das 19 cidades que já recebem voos da Avianca, Ilhéus (BA), João Pessoa (PB) e Natal (RN), também farão parte das linhas da empresa.

O aumento das linhas acompanha o crescimento de 26% no número de passageiros que a empresa registrou de janeiro a abril deste ano, enquanto o número de assentos cresceu 21%. A taxa de ocupação nos voos da Avianca foi de 82% em abril, ante média de 73% das outras companhias, segundo a Agência Nacional de Avião Civil (Anac). Efromovich descartou a possibilidade de fusão com alguma outra empresa nacional ou internacional no curto prazo. "A aquisição de outra empresa não está nos planos, não seria o melhor caminho agora", no entanto ele acrescentou que não pode prever as decisões da Avianca Internacional. Nesta quinta, a companhia também apresentou Tarcísio Gargioni como o novo vice-presidente de marketing e comercial. Gargioni já trabalhou na Vasp e participou do grupo que fundou a Gol.

 
fonte/Terra

Enhanced by Zemanta

AVIÃO DE PEQUENO PORTE CAI EM MINAS GERAIS

O avião prefixo PT OVJ, modelo Piper Pamuee 235 de cor amarela, caiu perto de uma plantação de bananas na cidade de Janaúba, (451 km de Belo Horizonte, norte de MG), na manhã desta quinta-feira. O piloto e único ocupante, Wendel Augusto Teixeira de Oliveira, 64 anos, foi encontrado consciente, "porém um pouco desorientado," segundo o boletim de ocorrência.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma equipe da corporação retornava de um atendimento pré-hospitalar, por volta das 7h45, quando percebeu que a aeronave sobrevoava a região com problemas mecânicos. Os bombeiros seguiram o avião e, ao notarem a queda, solicitaram apoio ao batalhão.


O piloto teve um corte na parte de trás da cabeça, além de escoriações generalizadas e uma possível lesão na coluna cervical. Ele foi levado para o Hospital Regional de Janaúba, onde permanece internado.

fonte/Terra/ODia/foto/Divulgação 
Enhanced by Zemanta

RATOS IMPEDEM DECOLAGEM DE AVIÃO NA AUSTRÁLIA



Sydney (Austrália) - Cinco ratos impediram a decolagem de um Boeing 767 em Sydney, na Austrália. O avião da companhia aérea australiana Qantas não pôde partir após os tripulantes descobrirem os animais no compartimento de armazenamento do avião na tarde de terça-feira, cerca de dez minutos antes do início do embarque dos passageiros.

Segundo engenheiros da companhia, a aparelhagem não foi prejudicada e a aeronave deve voltar a circular ainda nesta quinta. No momento, a empresa investiga como os roedores conseguiram entrar na aeronave.

fonte/EFE/ODia

Enhanced by Zemanta

HELICÓPTERO DA FAB SOCORRE PASSAGEIROS DE AVIÃO QUE FEZ POUSO FORÇADO NO PARÁ

A Força Aérea Brasileira(FAB) resgatou nesta quarta-feira(1/6), por volta das 6h30 da manhã, todos os tripulantes da aeronave PT- RAT, modelo PA-31, que fez um pouso forçado no final da tarde da terça-feira(31/5). O avião seguia de Belém para Monte Dourado. Foram resgatados todos os nove ocupantes da aeronave. Os passageiros faziam parte da equipe de uma empresa que visitariam o Projeto Jari.

“Fizemos um planejamento e, na manhã de hoje, às 6 horas, ao nascer do sol, voamos para a localidade onde se encontrava o avião. A região lá é formada em sua grande parte por áreas alagadas, de charco, mas o avião pousou em um terreno seco. Quando chegamos ao local avistamos a aeronave com certa facilidade e os passageiros acenando para a tripulação do nosso helicóptero”, ressalta o Capitão Aviador Fábio Luís Valentim, comandante do helicóptero que efetuou o resgate. “Todos estavam bem fisicamente, só aparentavam um pouco de cansaço”, afirma.

Uma das passageiras do voo, Danielle Lima, 29 anos, conta como foram os momentos desde o pouso forçado até o resgate.
 
“Apareceu uma pessoa que era a proprietária do terreno onde pousamos e nos fez companhia por duas horas. Ela falou que nós podíamos passar a noite na casa dela, mas o sítio ficava a cerca de uma hora e meia do local de onde a gente estava e que a caminhada era difícil. Então decidimos permanecer na aeronave e esperar o resgate. Não tínhamos muita água nem comida. 

Algumas pessoas dormiram na asa do avião. Pela manhã a aeronave da FAB chegou e nos resgatou”, afirma Danielle Lima. Depois da experiência inusitada, Danielle Lima, agradeceu a equipe de resgate. “Antes de enxergarmos o helicóptero a gente escutava que a aeronave estava chegando. Foi um grande alívio. Agradecemos de verdade, não sei o que seria da gente sem eles”, diz.
 
fonte/Agência Força Aérea

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...