Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 14, 2014

MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE SUSPENSÃO DE VOOS DA PASSAREDO POR ATRASAR SALÁRIOS

O Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou com uma ação civil contra a Passaredo pedindo o pagamento integral de salários dos aeronautas (pilotos, copilotos e comissários) até o 5º dia útil de cada mês.
Se a empresa não cumprir esta obrigação, o MPT pede que as atividades aéreas da empresa sejam suspensas imediatamente. A justificativa é de que "o abalo psicológico dos trabalhadores aeronautas acarreta potencial risco de acidente aéreo".
O judiciário pode decidir que, em vez da suspensão, a empresa pague uma multa de R$ 5.000 por dia, multiplicada por trabalhador atingido.
A Passaredo não havia comentado a ação até a publicação desta reportagem.
A ação pede, ainda, indenização de R$ 230 mil por danos morais coletivos. O processo corre na 5ª Vara do Trabalho de Ribeirão Preto.
Atualmente, o salário dos empregados está sendo pago "aos poucos", geralmente dividido em três parcelas, após o 5º dia útil, limite estabelecido pela lei para estes pagamento…

SUSTO NOS ESTADOS UNIDOS....

 Um Airbus A320-200 da US Airways matrícula N113UW, realizando o vooUS-1702, daFiladélfia, PAparaFortLauderdale, Flórida (EUA) com 149pessoas a bordo, saiu da pista ao tentar decolar.
 A aeronave estava acelerandopara decolarda pista27L, quando um dos pneustrem de pouso do narizexplodiuocasionando a perda de direção e saída da pista.
A tripulaçãorejeitoua decolagem, e o Airbusparoufora da pistacom otrem de narizquebrado.O aviãofoi evacuado. Não houve feridos.

O aeroportoinformouque não houve feridos, todos os passageirosforamlevados de ônibus paraoterminal.

fonte/AvHerald/foto/
Portman Travel)

BOEING DA MALAYSIA AIRLINES ENVIOU 'PULSOS' APÓS TER DESAPARECIDO, DIZEM FONTES

Satélites captaram fracos pulsos eletrônicos do voo 370 da Malaysia Airlines, depois que o Boeing 777 desapareceu no sábado, mas os sinais não dão nenhuma informação sobre o local para onde o jato estava se dirigindo, e menos ainda sobre o que aconteceu com ele, disseram nesta quinta-feira (13) duas fontes a par da investigação.
Mas os "silvos" indicam que os sistemas de solução de problemas de manutenção da aeronave estavam ligados e prontos para se comunicar com os satélites, o que mostra que o avião, com 239 pessoas a bordo, era pelo menos capaz de estabelecer comunicação depois que perdeu o contato com os controladores de tráfego aéreo da Malásia.
O sistema transmite os pulsos cerca de uma vez por hora, de acordo com as fontes, que disseram que cinco ou seis foram captados. No entanto, os silvos por si só não provam que o Boeing 777 estivesse no ar ou no solo, disseram as fontes.
Uma busca internacional está em curso sobre uma vasta área no Golfo da Tail…