segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

ROLL-OUT DO PRIMEIRO P-3AM ORION DA FAB

Realizou-se no dia 17 de dezembro, nas instalações da Airbus Military em Getafe (Madri), o roll-out do primeiro patrulheiro marítimo P-3AM modificado para a FAB, com a presença de seu comandante, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito. Os P-3 Orion serão utilizados prioritariamente para a proteção da Zona Econômica Exclusiva (ZEE), controle de fronteiras, combate ao tráfico de drogas na região amazônica e em missões de Busca Salvamento em uma área de mais de 6 milhões de km2 atribuídos pela OACI (Organização da Aviação Civil Internacional) ao governo do Brasil, cobrindo, assim, praticamente todo o Atlântico Sul. Esta célula é uma das nove adquiridas pelo país sul-americano, que recebeu novos equipamentos: sensores de alta tecnologia, a sua plena integração com o sistema de controle táctico FITS. O novo painel da cabine é da Thales Avionics, sendo compatível com o do CASA C-295. O avião recebeu instrumentos de comunicação, navegação e de controle motor, piloto automático digital, um sistema HACLCS (Harpoon Aircraft Command and Launch Control System) para disparar mísseis Harpoon, remodelação exterior e interior, um novo Centro de Apoio de Missão e um treinador tático para a tripulação. O FITS integra os sensores de missão e apresenta uma nova interface com os sistemas de navegação, aumentando assim o desempenho operacional. Seus consoles operacionais são universais e reconfiguráveis por software. O sistema conta com uma interface homem-máquina intuitiva, flexível e arquitetura de sistema aberto qua faz uso de Equipamentos Comerciais (COTS) que lhe permite liderar o mercado para este tipo de aeronave. A Airbus Military também modernizou P-3 da Força Aérea espanhola e já entregou seis dos 36 CN-235 (a base do HC-144A) para o programa Deep Water da Guarda Costeira dos EUA. Portugal adquiriu em 2006 doze 295S-C, cinco dos quais, na configuração de patrulha marítima (MPA FITS). A marinha chilena adquiriu três, com uma opção para mais cinco. Entre os outros países com aeronaves de patrulha marítima Airbus desta divisão estão Irlanda e México. Na Espanha, o SASEMAR(O Salvamar espanhol), ligado ao Ministério de Fomento, adquiriu três CN-235 MPA, o Ejército del Aire encomendou a conversão em aviões de patrulha marítima de cinco CN-235 de seu inventario a Guarda Civil adquiriu dois CN-235 MPA em 2007. O sistema FITS pode ser instalado tanto em plataformas da EADS como nas de outros fabricantes.
fonte: www.defensa.com

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...