Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 9, 2012

ESPANHOLA IBÉRIA VAI CORTAR 4.500 POSTOS DE TRABALHO

A companhia aérea espanhola Iberia cortará 4,5 mil postos de trabalho para tentar evitar o colapso da empresa e voltar a ser rentável, anunciou a matriz Internacional Airlines Group (AIG) em Londres.

— A Iberia está em uma luta pela sobrevivência. É insolvente em todos os mercados. Temos que tomar decisões graves para salvar a companhia e fazer com que volte a ser rentável — afirmou Rafael Sánchez-Lozano, presidente da empresa, em um comunicado.

Segundo ele, a decisão dos cortes foi tomada para proteger quase 15 mil postos em toda a companhia aérea.

"A menos que tomemos decisões radicais para introduzir mudanças estruturais permanentes, o futuro da companhia será sombrio. No entanto, este plano não oferece uma plataforma para voltar a crescer", conclui o comunicado de Sánchez-Lozano.

A empresa fixou prazo até 31 de janeiro para alcançar um acordo com os sindicatos a respeito das demissões. "Se um acordo não for obtido, cortes maiores e uma redução ainda mai…

HELICÓPTEROS TERÃO QUE VOAR MAIS ALTO EM SÀO PAULO PARA REDUZIR RUÍDOS

Os helicópteros de São Paulo terão que trafegar em uma altitude de 200 pés (cerca de 60 metros) superior a partir do próximo mês. A medida ocorre para reduzir os ruídos das aeronaves nas regiões da Lapa, Vila Romana e Morumbi (zona oeste). 
As novas altitudes foram determinadas pelo SRPV-SP (Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo e começam a valer em 13 de dezembro. Com isso, os pontos da cidade em que a altitude era de 3.000 pés passarão para 3.200, e os que eram de 3.100 serão de 3.300. 
Segundo a FAB (Força Aérea Brasileira), além da redução de ruídos, a mudança acontece também devido a "necessidades operacionais", mas não foi especificado quais seriam elas. A região metropolitana de São Paulo possui 23 REH (Rotas Especiais de Helicópteros), e há cerca de 1.600 movimentos diários deste tipo de aeronave. 
fonte/FolhaSP

ACONTECEU NO AEROPORTO DE CORK EM 2011