Pular para o conteúdo principal

TRANSAERO ADMITE COMANDATES ESTRANGEIROS PARA A FROTA BOEING

Transaero B747 aterrando 800dpi

A companhia aérea russa Transaero abriu candidaturas para os lugares de comandantes para aviões Boeing – B737, B767, B777 e B747 – aos quais podem concorrer estrangeiros não residentes nos países da Federação Russa, desde que estejam habilitados com as necessárias licenças internacionais, e entendam e falem bem o Inglês (nível 4 de proficiência operacional em inglês). É condição fundamental que tenham 3.000 horas de voo em aeronaves comerciais, 500 das quais aos comandos de um dos quatro modelos atrás referidos.

A Transaero é hoje a maior companhia aérea de aviação na Rússia, tendo a melhor taxa de ocupação (84,8%) entre as cinco principais do país. É a única empresa aérea que opera com os Boeing 747-400 no longo curso. Tem a maior frota de aparelhos comerciais de dois corredores de entre as companhias concorrentes, quer na Comunidade de Estados Independentes que agrega 11 repúblicas que antes estavam integradas na ex-União Soviética, quer da Europa de Leste. Entre os 103 aviões da sua frota contam-se 20 B747-400, 14 B777 e 18 B767.

A companhia tem se destacado pela sua rápida evolução, para padrões de equipamento ocidental, com uma gestão moderna e uma estrutura operacional montada à semelhança das companhias ocidentais.

A Transaero promete no anúncio de abertura das candidaturas um alto salário aos seus novos comandantes, 70 dias de férias, plano de saúde e seguros pagos, assim como viagens ilimitadas nas rotas para onde voa a companhia (215 destinos até meados do próximo ano).

fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA