Pular para o conteúdo principal

TIRO ATINGE MONOMOTOR DURANTE VOO ENTRE FLORIANÓPOLIS E PORTO BELO, SANTA CATARINA


Tiro atingiu asa esquerda do Cessna em Santa Catarina (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Tiro atingiu asa esquerda do Cessna em Santa Catarina (Foto: Voe Floripa/Divulgação)

Um avião Cessna 152 foi atingido por um tiro após decolar do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, rumo a Porto Belo, no Litoral Norte, na manhã de sábado (22). Ninguém ficou ferido e o avião, onde estavam dois funcionários de uma escola de aviação, pousou normalmente.

De acordo com a escola Voe Floripa, dona do avião, o disparo só foi percebido após o pouso, no Condomínio Aeronáutico Costa Esmeralda. O tiro atingiu a asa esquerda, próximo ao tanque de combustível, e danificou a asa e o flap.

Segundo o diretor de ensino da empresa, Eduardo Faraco, o avião decolou por volta das 10h, em direção à Ilha do Campeche, fez uma curva à esquerda, passando pela região do Estádio da Ressacada e do bairro Carianos, e seguiu em linha reta sobre a água, passando pela ponte Hercílio Luz e baía norte da capital.

Ao passar pela cidade de Biguaçu, o avião ingressou novamente sobre região de terra, sobre área rural, com poucas habitações, e passou por um bairro de Tijucas (veja mapa com o percurso ao final da reportagem).

Avião atingido no sábado em Santa Catarina é o modelo Cessna 152 (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Avião atingido no sábado em Santa Catarina é o modelo Cessna 152 (Foto: Voe Floripa/Divulgação)
 
"O único trecho, fora o Carianos, que ele sobrevoou e é bem habitado é a região de Tijucas próximo ao mar. Os pontos onde ele [avião] estava mais baixo eram justamente os pontos habitados. O avião voou  a 800 metros até Tijucas, onde desceu para 400 metros e ingressou no circuito de tráfego de pouso do Costa Esmeralda", disse o diretor.

A empresa afirma que registrou a ocorrência junto às polícias Civil e Federal no aeroporto de Florianópolis. "Colocar uma aeronave em risco é crime federal. O Controle de Tráfego Aéreo foi informado, assim como o Cenipa [Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos] e Seripa [Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos], que são órgãos de investigação de acidente", disse Faraco.

"O plot radar do nosso avião vai ser disponibilizado semana que vem, fica gravado por 30 dias, para se poder ter certeza da posição geográfica do avião. A polícia vai fazer investigação balística para identificar qual foi a arma, calibre e direção. Aparentemente o tiro partiu bem de baixo, provavelmente o avião passou por cima do atirador", afirmou.

Tiro foi próximo ao tanque de combustível do avião (Foto: Voe Floripa/Divulgação) 
Tiro foi próximo ao tanque de combustível do avião (Foto: Voe Floripa/Divulgação)

A escola também divulgou uma nova sobre o incidente. "Estamos muito consternados com a situação de atentado explícito à segurança da aviação, sendo vitimas de uma ocorrência criminosa. Nossa preocupação maior é com a situação extrema que chegou a segurança em nosso país e região, pois se uma aeronave de pequeno porte esta sendo alvo de uma ação criminosa como essa, podendo resultar em algo catastrófico, imagine uma aeronave maior de transporte."

O G1 procurou na manhã deste domingo o Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Florianópolis (DTCEA-FL), para obter mais informações sobre o caso e sobre a segurança do espaço aéreo, mas foi informado de que o setor de comunicação só poderia atender na segunda-feira.

A reportagem também procurou a Polícia Federal no aeroporto, mas a equipe de plantão no domingo afirmou não dispor de informações sobre a ocorrência de sábado. A Superintendência da PF em Florianópolis informou que o caso ainda não foi recebido.

O G1 também não conseguiu contato com a Polícia Civil.




fonte/foto/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA