Pular para o conteúdo principal

ACIDENTE COM AVIÃO FECHA AEROPORTO DE SINOP, MATO GROSSO


O aeroporto presidente João Batista Figueiredo está fechado para pousos e decolagens. Um avião monomotor sofreu acidente, agora há pouco, e acabou parando ao lado da pista de pouso, ficando de "cabeça para baixo". Nela estavam o piloto e mais duas pessoas. Eles são estrangeiros. Ninguém ficou ferido.  

O piloto estava pousando quando houve o acidente. O trem de pouco dianteiro se despreendeu da fuselagem. A eronave, de fabricação americana, ficou a cerca de 700 metros do terminal de embarque e desembarque de passageiros. Um viatura de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros está no local fazendo os procedimentos necessários. Não foi preciso usar água ou algum produto químico.

Uma fonte de Só Notícias disse que está sendo feita a remoação da aeronave seguindo procedimentos do CENIPA - da Aeronáutica. O trabalho deve levar cerca de uma hora e meia com previsão de ir até às 13:15h.

Devido a interdição da pista, o voo (diário) de uma companhia aérea, que sai de Brasília com previsão de chegar em Sinop às 13h deve atrasar cerca de uma hora.

Não foi confirmado destino era Sinop ou iria abastecer e seguir viagem. A Polícia Federal está no local fazendo procendimentos investigatórios porque os ocupantes seriam estrangeiros.

A causa do acidente é desconhecida.
 
 
 
 

Fonte: Só Notícias/Alex Fama/Marcos Azevedo/Cleverton Neves

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…