segunda-feira, 13 de maio de 2013

SERVIDORES GANHAM ATÉ R$ 11,9 MIL PARA FAZER CHECK-IN PARA DEPUTADOS FEDERAIS

A Câmara conta com cinco funcionários contratados para facilitar a viagem dos 513 deputados federais. Para evitar que os parlamentares enfrentem filas, eventual demora para despachar bagagens ou tenham que chegar com antecedência para o embarque, os servidores recebem salários líquidos que variam de R$ 8,7 mil a R$ 11,9 mil.

Reportagem do jornal Folha de SP informa que os trabalhadores atuam no aeroporto de Brasília, onde a Câmara mantém uma sala vip, na área de embarque, para abrigar os deputados que esperam seus voos. Isso permite que esperem o embarque separadamente dos demais passageiros.

Para usufruir do serviço, basta que o gabinete do deputado contate os funcionários, por telefone ou e-mail, solicitando o check-in. Depois, os servidores confirmam o embarque. Os trabalhadores defendem os altos salários alegando que a função envolve "muita responsabilidade".

A assessoria de imprensa da Câmara informou a Folha de S. Paulo que os servidores são comissionados e trabalham vinculados à diretoria-geral em sistema de escala ao longo da semana, inclusive nos fins de semana.

Na semana passada, veio à tona que serviço semelhante funciona para os senadores, com nove funcionários contratados para fazer check-in e despachar malas dos parlamentares -com remunerações líquidas entre R$ 14 mil e R$ 20 mil.  
 
fonte/FolhaSP/ZeroHora

Nenhum comentário:

EM HOMENAGEM AOS 48 ANOS DA EMBRAER, PILOTOS FAZEM VOO COM TRAÇADO EM FORMA DO LOGOTIPO DA EMPRESA NOS EUA

No aniversário de 48 anos da Embraer, pilotos que faziam um voo teste nos Estados Unidos fizeram uma homenagem traçando no céu a logom...