Pular para o conteúdo principal

AIR EUROPA JÁ COBRA TRÊS A DEZ EUROS POR PRÉ-RESERVA DE LUGAR NOS VOOS

A Air Europa, do grupo espanhol Globalia, anunciou hoje em Lisboa que desde ontem passou a cobrar “um custo adicional” de três a dez euros pela reserva antecipada de lugares nos seus voos, consoante as rotas.

A companhia, que voa entre Madrid e Lisboa e em Portugal promove as duas rotas para destinos de longo curso, designadamente da América do Sul e Caraíbas, via conexão na capital espanhola, indica em comunicado que o serviço de pré-reserva de lugares está disponível “para qualquer origem ou destino” e “poderá ser contratado desde o momento da compra do bilhete até 48h00 antes da saída do voo”, momento em que passa à “emissão habitual de cartões de embarque, sem custo algum para os passageiros”.

Os valores aplicados pela reserva de lugares são, por trajecto, três euros nos voos domésticos, incluindo Espanha Continental e os arquipélagos das Baleares e das Canárias, cinco euros nos voos internacionais intra-europeus e nas ligações com África e dez euros em voos de longo curso.
“Ficam excluídos deste pagamento os bilhetes em classe executiva, os passageiros com cartões Flying Blue – Elite Plus e as tarifas corporativas com fare basis PQ e QQ”, acrescenta.

Para os “lugares XL”, a companhia indica que os valores da pré-reserva de lugares são dez euros nos voos domésticos (Espanha Continental, Baleares e Canárias), vinte euros nas outras ligações com a Europa e com África e cinquenta nos voos de longo curso.

Nos primeiros três meses deste ano, a Air Europa, que passou a efectuar as ligações com Lisboa em avião da Privilege, transportou de e para a capital portuguesa 33.681 passageiros, em queda de 27,3%.

No ano passado, a companhia somara 181.562 passageiros em voos de e para Lisboa, em queda de 2,5%.

fonte/PressTur

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…