Pular para o conteúdo principal

EMIRATES CANCELA ENCOMENDA DE 70 AVIÕES AIRBUS A350XWB

A350 XWB

A construtora europeia Airbus anunciou nesta quarta-feira, dia 11 de Junho, que chegou a acordo com a companhia Emirates, dos Emirados Árabes Unidos, quanto ao cancelamento por mútuo acordo de uma encomenda de 70 aviões A350XWB, feita em 2007. Os aparelhos, 50 da versão 900 e 20 da versão 1000, deveriam começar a chegar à companhia em 2009.

O A350XWB é o mais recente avião de passageiros para o longo curso, lançado pela Airbus, e que atualmente está em fase final de testes para começar a ser entregues a diversas companhias aéreas mundiais, incluindo a portuguesa TAP.

No comunicado distribuído esta manhã em Toulouse (França), onde a construtora tem a sua sede e principais instalações fabris, a Airbus refere que o cancelamento resulta de uma reestruturação da frota da companhia que tem sede no Dubai e que é hoje uma das mais relevantes em dimensão e serviço, no mundo da aviação comercial.

A construtora aeronáutica lembra que esta reestruturação tem vindo a ser discutida e acompanhada pela Airbus, desde há algum tempo, o que levou já a Emirates a encomendar mais 50 aviões Airbus A380, um modelo de avião do qual a Emirates é hoje o maior operador mundial. 

O primeiro A380 da Emirates fez o voo inaugural a 1 de Agosto de 2008. A companhia até meados de 2013 tinha encomendados 90 aparelhos A380, tendo acrescentado uma nova encomenda de 50 aviões semelhantes durante o Dubai Air Show, no final do ano passado. Isto significa que até final da corrente década a Emirates terá uma frota constituída por 140 aviões, apenas na gama A380.

fonte/NewsAvia/foto/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA