quarta-feira, 11 de junho de 2014

TALIBÃS ASSUMEM AUTORIA DE ATENTADO A AEROPORTO NO PAQUISTÃO

Rebeldes talibãs do Paquistão assumiram na segunda-feira (9) a autoria de um ataque ao aeroporto de Karachi, segundo informaram autoridades locais. Pelo menos 27 pessoas morreram, de acordo com a agência de notícias britânica Reuters.

Na noite de domingo (8), homens fortemente armados atacaram o aeroporto, obrigando o cancelamento de todos os voos. Três explosões foram registradas, e uma delas causou incêndio em um dos terminais. O Exército paquistanês anunciou que retomou o controle do aeroporto na manhã desta segunda-feira, após 6 horas de operação contra grupo armado.

 "Realizamos o ataque contra o aeroporto de Karachi para vingar a morte de Hakimullah Mehsud [antigo chefe do Movimento dos Talibãs do Paquistão, ou TTP]", disse à agência AFP o porta-voz do movimento, Shahidullah Shahid. Desde 2007, o TTP realiza uma rebelião armada contra o governo do país.

Mehsud morreu em novembro do ano passado, por um disparo de um drone dos Estados Unidos em zonas tribais do noroeste do Paquistão.

O ataque envolveu 10 militantes, com fuzis de assalto e explosivos. Segundo a polícia, pelo menos um deles usava colete de homem-bomba. Militares foram chamados para ajudar a polícia a combater os terroristas e impedir a continuação do atentado no aeroporto.

Depois de quase 12 horas do início do ataque, o terminal foi liberado. Todos os militantes foram mortos, anunciou um porta-voz militar. O jornal americano "The Washington Post" diz que os terroristas tentaram sequestrar um avião, mas foram impedidos.

O ataque em Karachi coincide com o recente fracasso das negociações de paz entre as duas partes. Segundo Shahid, os diálogos são uma "ferramenta de guerra" do governo contra o TTP.

Na província do Baluchistão, no sudoeste do país, outros dois ataques no domingo mataram 23 pessoas, a maioria peregrinos xiitas.

fonte/Reuters/G1

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...