Pular para o conteúdo principal

BRASIL REDUZ NÚMERO DE ACIDENTES AERONÁUTICOS

Ficou mais seguro voar no Brasil. Dados do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) divulgados hoje mostram que no ano passado aconteceram 163 acidentes aeronáuticos, uma redução de 8,5% frente a 2012, quando foram registradas 178 ocorrências.

Em 2013, foram 140 acidentes com aviões e 23 com helicópteros, nenhum deles de grande porte. Caiu também o número de fatalidades: foram 72 vítimas fatais em 2013 contra 78 em 2012 e 96 em 2011.

A redução de 8,5% no número de acidentes aconteceu em um cenário do aumento da frota e do número de horas voadas na aviação brasileira. Dados do CENIPA mostram que, em média, em 2013 ocorreram 0,36 acidentes para cada um milhão de horas de voo. Em 2012 o índice ficou em 0,72 e em 2011 foi de 1,13. 

De acordo com o Chefe do CENIPA, Brigadeiro Luís Roberto Lourenço, não só os acidentes aeronáuticos diminuíram, mas também os incidentes. “A aviação brasileira está mais segura, mas isso não significa que estamos satisfeitos. A prevenção deve ser reforçada dia a dia, porque a nossa meta é zero acidente”, explicou.

O Brigadeiro lembrou ainda que os índices no Brasil são semelhantes aos dos países desenvolvidos, e que por aqui também se destaca o pequeno número de ocorrências na aviação regular. Em 2013, foi registrado apenas um caso.

Em parceria com o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o CENIPA desenvolve atividades de prevenção como palestras, seminários de prevenção e vistorias de segurança. "Nós estamos em todas as regiões do Brasil", disse o Brigadeiro Lourenço. As campanhas educativas envolvem desde as grandes empresas regulares até a aviação agrícola.

fonte/FAB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA