Pular para o conteúdo principal

IDENTIFICADAS VÍTIMAS DE ACIDENTE AÉREO EM PARATY

Foram identificadas as vítimas do avião que caiu após sair de Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Estavam na aeronave o empresário Eduardo Francisco Uliano, de 63 anos, o filho dele, Gabriel Uliano, de 28 anos, e o piloto Alvarindo Locatelli, de 63 anos. A informação foi divulgada pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar e confirmada pelo Corpo de Bombeiros.

Eduardo Uliano era diretor da Day Brasil S.A. Localizada em São Paulo, a empresa atua nos mercados de arquitetura e construção civil, artes gráficas e indústria. Fundado em 1967, o grupo Day Brasil comercializa atualmente 17 mil itens, informa o site da companhia.

De acordo com a assessoria do Comando da Aeronáutica, destroços da aeronave, um bimotor modelo Seneca PA-34, de prefixo PR-EAG, foram localizados no morro do Corisco no início da tarde desta segunda-feira (11). “A equipe de resgate constatou que não há sobreviventes. O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (SERIPA), da Aeronáutica, investigará os fatores que contribuíram para o acidente”, diz a nota divulgada.

O avião tinha sumido após decolar do Aeroporto de Paraty às 12h15 de domingo (10). Estavam nele o piloto, um empresário, que era o dono da aeronave, e o filho dele. O bimotor tinha como destino o Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, de onde eram as três pessoas a bordo. As informações são do operador do Aeroporto de Paraty, que disse também que o avião era novo.
Segundo o Comando da Aeronáutica, a última indicação do bimotor no radar ocorreu próximo a uma elevação na divisa entre Rio e São Paulo, logo após a decolagem. As buscas começaram na tarde de domingo e foram retomadas nesta manhã. O trabalho foi realizado pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento da Força Aérea Brasileira (FAB) com apoio de equipes do Exército e Grupamento Aéreo de São Paulo.

fonte/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA