IDENTIFICADAS VÍTIMAS DE ACIDENTE AÉREO EM PARATY

Foram identificadas as vítimas do avião que caiu após sair de Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Estavam na aeronave o empresário Eduardo Francisco Uliano, de 63 anos, o filho dele, Gabriel Uliano, de 28 anos, e o piloto Alvarindo Locatelli, de 63 anos. A informação foi divulgada pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar e confirmada pelo Corpo de Bombeiros.

Eduardo Uliano era diretor da Day Brasil S.A. Localizada em São Paulo, a empresa atua nos mercados de arquitetura e construção civil, artes gráficas e indústria. Fundado em 1967, o grupo Day Brasil comercializa atualmente 17 mil itens, informa o site da companhia.

De acordo com a assessoria do Comando da Aeronáutica, destroços da aeronave, um bimotor modelo Seneca PA-34, de prefixo PR-EAG, foram localizados no morro do Corisco no início da tarde desta segunda-feira (11). “A equipe de resgate constatou que não há sobreviventes. O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (SERIPA), da Aeronáutica, investigará os fatores que contribuíram para o acidente”, diz a nota divulgada.

O avião tinha sumido após decolar do Aeroporto de Paraty às 12h15 de domingo (10). Estavam nele o piloto, um empresário, que era o dono da aeronave, e o filho dele. O bimotor tinha como destino o Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, de onde eram as três pessoas a bordo. As informações são do operador do Aeroporto de Paraty, que disse também que o avião era novo.
Segundo o Comando da Aeronáutica, a última indicação do bimotor no radar ocorreu próximo a uma elevação na divisa entre Rio e São Paulo, logo após a decolagem. As buscas começaram na tarde de domingo e foram retomadas nesta manhã. O trabalho foi realizado pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento da Força Aérea Brasileira (FAB) com apoio de equipes do Exército e Grupamento Aéreo de São Paulo.

fonte/G1

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas