segunda-feira, 11 de novembro de 2013

IDENTIFICADAS VÍTIMAS DE ACIDENTE AÉREO EM PARATY

Foram identificadas as vítimas do avião que caiu após sair de Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Estavam na aeronave o empresário Eduardo Francisco Uliano, de 63 anos, o filho dele, Gabriel Uliano, de 28 anos, e o piloto Alvarindo Locatelli, de 63 anos. A informação foi divulgada pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar e confirmada pelo Corpo de Bombeiros.

Eduardo Uliano era diretor da Day Brasil S.A. Localizada em São Paulo, a empresa atua nos mercados de arquitetura e construção civil, artes gráficas e indústria. Fundado em 1967, o grupo Day Brasil comercializa atualmente 17 mil itens, informa o site da companhia.

De acordo com a assessoria do Comando da Aeronáutica, destroços da aeronave, um bimotor modelo Seneca PA-34, de prefixo PR-EAG, foram localizados no morro do Corisco no início da tarde desta segunda-feira (11). “A equipe de resgate constatou que não há sobreviventes. O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (SERIPA), da Aeronáutica, investigará os fatores que contribuíram para o acidente”, diz a nota divulgada.

O avião tinha sumido após decolar do Aeroporto de Paraty às 12h15 de domingo (10). Estavam nele o piloto, um empresário, que era o dono da aeronave, e o filho dele. O bimotor tinha como destino o Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, de onde eram as três pessoas a bordo. As informações são do operador do Aeroporto de Paraty, que disse também que o avião era novo.
Segundo o Comando da Aeronáutica, a última indicação do bimotor no radar ocorreu próximo a uma elevação na divisa entre Rio e São Paulo, logo após a decolagem. As buscas começaram na tarde de domingo e foram retomadas nesta manhã. O trabalho foi realizado pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento da Força Aérea Brasileira (FAB) com apoio de equipes do Exército e Grupamento Aéreo de São Paulo.

fonte/G1

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...