Pular para o conteúdo principal

BAIANA QUASE EMBARCA EM VOO QUE EXPLODIU E MATOU OITO NA BOLÍVIA

Sandra Senna teve horário da passagem alterada para voo da tragédia.

Ela, irmã e sobrinho não aceitaram a mudança. 'Pulei uma fogueira', afirma.


Sandra Sena, de 60 anos, quase embarcou com a irmã, de 61, e o seu sobrinho, todos baianos, no voo da empresa Aerocon, que explodiu próximo ao aeroporto de Riberalta, na Bolívia, matando pelo menos oito pessoas no dia 3 de novembro. A passagem deles do aeroporto de El Trompillo, que fica em Santa Cruz de La Sierra, para La Paz, capital do país, foi comprada para as 17h50, mas a companhia aérea mudou o horário para as 14h30, justamente para o voo em que ocorreu a tragédia.

"Ficaria muito em cima da hora da nossa chegada no aeroporto Viru Viru, em Santa Cruz, às 14h. Ficamos preocupados com a mobilidade até o outro aeroporto [Trompillo] Soubemos da mudança em Assunção [no Paraguai]. Insistimos muito para não viajar. Daí eles providenciaram um jatinho só para nós três", afirma Sena, que estuda Serviço Social da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Ela conta que a empresa chegou a oferecer que realocaria os três para outro voo caso realmente não desse tempo de embarcar, mas o grupo não concordou. "Dissemos 'de jeito nenhum'. O avião já tinha caído e a gente sem saber de nada. Dentro do aeroporto não passa nada. Na televisão, só a reprise de um jogo. Quando chegamos no hotel, à noite, depois de passear, vi o Evo [Morales] e a comoção nacional. Minha irmã estava no banheiro, não contei a ela, que só soube ontem [domingo, 10], ao chegar no Brasil. Ela passou mal, morre de medo [de avião]", afirma.

Sandra Sena diz que se sente muito aliviada ao lembrar do que passou. "Foi a insistência de ir no horário certo que nos salvou. Tem coisas que não dá para explicar. A gente pulou uma fogueira", diz.

O acidente
Pelo menos oito pessoas morreram e nove ficaram feridas no acidente aéreo na Bolívia. O avião da empresa Aerocon teve problemas na aterrissagem e explodiu próximo à pista do aeroporto de Riberalta (1 mil km da capital La Paz), no departamento de Beni.

O acidente aconteceu por volta das 16h no horário local (18h no horário de Brasília) durante o trajeto da aeronave que ia de Trinidad até Riberalta. Entre os mortos estão três funcionários do governo de Beni, segundo declaração do ex-governador Ernesto Suárez em sua conta no Twitter. “Pedi uma profunda investigação”, afirmou o presidente boliviano Evo Moraels após o acidente em entrevista divulgada no site oficial da Presidência.    

Segundo o jornal 'La Razón', imagens de televisão mostram que dezenas de pessoas trabalharam no resgate dos corpos das vítimas e dos feridos, como no combate ao incêndio produzido após a explosão do avião.

Acidente Bolívia  (Foto: Presidência bolviana )Moradores ajudam no combate ao incêndio provocado pela explosão do avião durante aterrissagem
(Foto: Presidência bolviana)

fonte/G1

Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA