Pular para o conteúdo principal

USAF ADQUIRE MAIS TREINADORES BEECHCRAFT T-6 TEXAN II

English: 47th Operations Group T-6 Texan II, L...
English: 47th Operations Group T-6 Texan II, Laughlin AFB, Texas (Photo credit: Wikipedia)

A estadunidense Beechcraft Defense Company anunciou nesta segunda-feira (13) que assinou um contrato com a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) para fornecimento de 35 treinadores turboélices T-6 Texan II, incluindo a opção para mais dois exemplares. Esse contrato representa o 19º lote de produção do T-6 encomendadospela USAF e Marinha dos Estados Unidos (US Navy) no âmbito do Joint Primary Aircraft Training  System (JPATS) lançado no final  dos anos de 1990.

O novo contrato, avaliado em US$ 210 milhões, prevê a entrega de 33 exemplares para a US Navy e dois para o Exército dos Estados Unidos (US Army). A produção do 19º lote será iniciada no mês de junho em Wichita, Kansas. As entregasfinais estãoprevistas para fevereiro de 2015.

RussBartlett, president da Beechcraft Defense Company, disse que a assinatura desse contratode produção confirma o êxito da parceria de confiança entre a Beechcraft e o governo dos Estados Unidos, a qual persiste ao longo dos últimos treze anos tanto no processo de entrega das aeronaves quanto nos serviços de apoio à frota. Bartlett assinalou que a nova encomenda garantira a estabilidade da força de trabalho que a empresa mantém em Wichita. É oportuno lembrar que a Beechcraft saiu derrotada da polêmica competição Light Air Support (LAS) da USAF, a qual contemplou por duas vezes o Super Tucano da Embraer Defesa e Segurança (EDS). A nova encomenda de T-6 Texan II deve compensar a Beechcraft, pelo menos em parte, com relação aos efeitos da perda do LAS.

fonte/Tecnologia&Defesa
Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA