Pular para o conteúdo principal

POLÍCIA FEDERAL PRENDE COMISSÁRIOS DE BORDO SUSPEITOS DE IMPORTAÇÃO ILEGAL

Dois comissários de bordo foram presos suspeitos de descaminho na manhã desta terça-feira (28) quando desembarcavam com mercadorias no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, de acordo com a Polícia Federal.
 
Os dois traziam no avião, que vinha de Miami, uma carga ilegal de 14 smartphones, quatro tablets, três relógios e diversos jogos de videogame. Segundo a Receita Federal, as mercadorias foram avaliadas em US$ 25 mil.

Durante inspeção de rotina junto à máquina de raio-x, policiais encontraram muitos CDs de jogos e embalagens de smartphones e tablets vazias nas malas dos dois comissários. Questionados, disseram que os produtos haviam sido trazidos para o país em datas anteriores.


Porém, em uma revista pessoal, a Polícia Federal encontrou com eles smartphones, tablets e relógios, escondidos nas roupas que usavam. Os smartphones estavam ocultos em bermudas justas, usadas sob as calças dos uniformes. Os comissários também esconderam tablets debaixo das camisas e relógios em seus pulsos, segundo a PF.

No caso, o crime  de descaminho é qualificado pelo não pagamento, no todo ou em parte, de um direito ou imposto devido pela entrada ou saída de um produto de um país. A pena varia de dois a oito anos de prisão. Se condenados, ela poderá ser aplicada em dobro, já que o crime aconteceu em um meio de transporte aéreo.

A Polícia Federal agora investiga quem seria o receptador das mercadorias no Brasil. Ainda segundo a polícia, um dos comissários era americano e o outro tinha origem porto-riquenha, nacionalizado americano.

fonte/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…