terça-feira, 13 de março de 2012

MANOBRA DE PILOTO EVITOU QUE ACIDENTE DO MONOMOTOR EM LUIS ALVES FOSSE MAIS GRAVE


O piloto do avião monomotor que caiu sobre um bananal no mubicípio de Luis Alves, no Vale do Itajaí, por volta das 13h30min desta segunda-feira, evitou que o acidente fosse mais grave ao fazer uma manobra. A queda ocorreu no Bairro Vila do Salto, próximo ao Batalhão dos Bombeiros.

O local da queda teria sido calculado por Rodrigo Braguetto Fortunato, piloto de 27 anos e mais de 500 horas de voo, que comandava o monomotor. Antes de cair, o avião circundou a região duas vezes, com sinais de falha no motor. Na primeira volta, Fortunato teria identificado um local seguro para pousar.


Na segunda, já planando, desceu o suficiente para colocar a aeronave em segurança no chão, mas acabou embicando no solo. A aeronave havia saído do Aeroclube de Blumenau por volta do meio-dia para sobrevoar Luis Alves. O piloto decolou em companhia de Bruno Rafael Cordeiro, 24 anos, que faria um voo panorâmico de caráter turístico na cidade.

Na queda, Fortunato não atingiu nenhuma das casas das redondezas, e evitou dois morros que ficam próximos do pasto. Uma choque, ali, poderia ter sido fatal, segundo o instrutor chefe do Aeroclube de Blumenau, Alexandre Carneiro:

— O piloto escolheu uma área isolada, um campo aberto. O acidente não foi mais grave por mérito dele. 

fonte/ClickRBS

Nenhum comentário:

EM HOMENAGEM AOS 48 ANOS DA EMBRAER, PILOTOS FAZEM VOO COM TRAÇADO EM FORMA DO LOGOTIPO DA EMPRESA NOS EUA

No aniversário de 48 anos da Embraer, pilotos que faziam um voo teste nos Estados Unidos fizeram uma homenagem traçando no céu a logom...