Pular para o conteúdo principal

CARTA DE FERNANDO PINTO ALERTA PILOTOS DA TAP SOBRE FUTURA GREVE

A TAP Portugal informou na terça-feira, 14 de Abril, que o presidente do conselho de administração, Fernando Pinto, enviou uma carta aos pilotos da transportadora, na qual adverte para as consequências financeiras negativas que uma eventual greve pode ter na empresa.

“Foi enviada uma comunicação aos pilotos”, disse à agência Lusa fonte da transportadora portuguesa, salientando que a carta foi enviada no âmbito do diálogo regular que a empresa tem com os sindicatos, “agora com o grupo profissional dos pilotos”.

Na carta, a administração sublinha, entre outros assuntos, as “consequências” negativas financeiras que uma eventual greve pode ter na empresa. “Qualquer perturbação laboral pode prejudicar financeiramente a empresa”, disse a mesma fonte.

Segundo a fonte, na carta é também explicado o “ponto de vista” da empresa sobre o acordo ratificado com o Governo a 23 de Dezembro de 2014 e que agora foi contestado pelos pilotos, por alegado incumprimento.

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) marcou assembleias de empresa para estas quarta e quinta-feira, 15 e 16 de Abril, em Lisboa, depois de considerar que o processo negocial entre o sindicato, a TAP e a PGA, no âmbito do compromisso subsidiário do acordo ratificado com o Governo em 23 de Dezembro de 2014 chegou a um “impasse insanável”.

Nas reuniões de quarta e quinta-feira caberá aos pilotos decidir os próximos passos, que podem incluir ações de luta, nomeadamente a greve, segundo o sindicato.

Num comunicado emitido a 8 de Março, a direção do SPAC informou que “o processo negocial entre o SPAC, a TAP e a PGA, no âmbito do compromisso subsidiário do acordo ratificado com o Governo em 23 de Dezembro de 2014 chegou a um impasse insanável, por motivos estritamente imputáveis à TAP, à PGA e ao Governo”.

fonte/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA