ENCOMENDAS DA EMBRAER TÊM RECORDE DE US 22,1 BILHÕES


Funcionário da Embraer trabalha em jato E175. Foto: Claudio Vieira Funcionário da Embraer trabalha em jato E175. Foto: Claudio Vieira

A carteira de pedidos firmes de aeronaves a entregar da Embraer, sediada em São José dos Campos, atingiu US$ 22,1 bilhões no final do terceiro trimestre deste ano, o que configurou o melhor da história da empresa.

Os dados foram divulgados ontem pela companhia.
Em relação ao segundo trimestre deste ano, quando a carteira somou total de US$ 18,1 bilhões, o crescimento foi de 22%.
Já na comparação com o mesmo semestre do ano passado, a alta da carteira de pedidos firmes foi de 24,1%.
No mesmo período do ano passado, os pedidos firmes da companhia somaram US$ 17,8 bilhões.

Impulso. Segundo a Embraer, o resultado das encomendas firmes foi impulsionado pela assinatura do contrato do KC-390 com a FAB (Força Aérea Brasileira).
O contrato foi assinado em maio deste ano, mas incorporado à carteira no terceiro trimestre após formalização da compra.
O valor do contrato é de R$ 7,2 bilhões.
O KC-390 é um jato cargueiro militar desenvolvido pela Embraer sob encomenda da FAB, que comprou 28 unidades. A apresentação oficial do novo avião está programada para a próxima terça-feira.
A Embraer destacou que o pedido firme de 50 jatos E175 da Republic Airways Holding, estimado no valor de US$ 2,1 bilhões, também colaborou para aumentar os pedidos da carteira de encomendas firmes.

Entregas. A empresa citou ainda venda de 15 E-Jets para a Japan Airlines. As entregas estão previstas para começar em 2015, segundo a companhia.
No terceiro trimestre, a fabricante entregou 34 aeronaves, sendo 19 jatos para a aviação comercial e 15 jatos para a aviação executiva.
Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve recuo, pois foram entregues 44 jatos.
No terceiro trimestre deste ano, foram entregues 16 unidades do E175, 2 E190 e 1 E195.
Para a aviação executiva foram entregues 15 jatos leves.
Já no acumulado deste ano, a companhia entregou 126 jatos, conforme relatório.
Este ano, a empresa projeta entregar de 92 a 97 jatos comerciais e de 105 a 120 jatos executivos, sendo 30 grandes e de 80 a 90 aeronaves leves.
Os pedidos firmes em carteira somam 476 unidades.

Balanço. No final deste mês, a Embraer deve divulgar os resultados financeiros do terceiro trimestre.
No primeiro semestre deste ano, o lucro líquido atribuído aos acionistas atingiu R$ 578,5 milhões no primeiro semestre, um crescimento de 1.000% se comparado com o mesmo período do ano anterior, que foi de cerca de R$ 51 milhões.
A empresa mantém as projeções para este ano, publicadas em fevereiro e relativas à performance financeira.
A companhia de São José espera fechar o ano com receita líquida entre US$ 6 bilhões e US$ 6,5 bilhões.
arte_pedidos embraer

Legacy 450 será exibido nos EUA
São José dos Campos

A Embraer Aviação Executiva exibirá sua linha completa de produtos na Convenção da Associação Nacional de Aviação Executiva (NBAA, na sigla em inglês) em Orlando, Flórida, de 21 a 23 de outubro.
Esta será a primeira vez que a Empresa apresentará as sete aeronaves em exposição estática, incluindo um protótipo do jato Legacy 450, da categoria mid-light, que tem certificação prevista para meados de 2015.
“Estamos muito empolgados por trazer o Legacy 450 para a NBAA junto com o Legacy 500, que foi entregue ao primeiro cliente na semana passada”, disse em nota Marco Túlio Pellegrini, presidente da Embraer Aviação Executiva.
“Estas aeronaves são revolucionárias, introduzindo verdadeira inovação em suas classes”, completou o presidente da unidade de negócios.

fonte/foto/OVale

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas