Pular para o conteúdo principal

NOVO DESAFIO - ATRAIR VOOS AO AEROPORTO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS


A Infraero liberou novo espaço de operações no Aeroporto de São José. Foto: Alan Collet A Infraero liberou novo espaço de operações no Aeroporto de São José. Foto: Alan Collet
Com novas instalações liberadas pela Infraero, terminal oferece infra-estrutura melhor às empresas

Com o início das operações de parte das novas instalações do terminal de passageiros, o desafio agora é ampliar a oferta de voos no Aeroporto de São José dos Campos.

Esta semana, a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), que administra o terminal, liberou parte da obra de ampliação e modernização do Aeroporto.


A fase é de testes, denominada de operação assistida.


A área liberada possui cerca de 1.200 metros quadrados e consiste no saguão de embarque/desembarque e sala de check-in e despacho de bagagem.


Atualmente, apenas a Azul opera no terminal, com dois voos diários para o Rio de Janeiro e dois voos no sentido Rio- São José dos Campos.


Para o Rio, os voos partem às 5h30 e às 17h20. No sentido inverso, às 11h24 e 21h12.

Oferta. A empresa informou que busca ampliar essa frequência e já solicitou à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) autorização para ofertar mais um voo para o mesmo destino.

Segundo a empresa, a previsão de operação de novos voos está prevista para 7 de agosto.


De São José para o Rio os novo voo será às 13h50. No sentido inverso a frequência será às 15h35.
A TAM e a Gol informaram que, no momento, não têm planos para operar no terminal.


A Infraero informou, por meio de sua assessoria, que a sua responsabilidade é ofertar infraestrutura nos terminais para as companhias.


A empresa informou que cabe às aéreas a decisão de escolha de destinos para operação.

Consulta. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Sebastião Cavali, disse que a prefeitura tem feito gestões junto às companhias regionais para ampliar a oferta de voos no terminal.
“Com o término da obra de ampliação, vamos procurar as empresas regionais de aviação para mostrar o potencial da região e do terminal”, disse o secretário.


Ele disse acreditar que haverá interesse, pois São José é um polo de negócios e turismo e tem localização estratégica, podendo ser ponte para outros destinos como para cidades do Litoral Norte e da Serra da Mantiqueira.

Opinião. Para o presidente da ACI (Associação Comercial e Industrial), Felipe Cury, agora o terminal entra numa fase “crucial”. “É preciso aumentar a oferta de voos ou de empresas”, disse.
Ele avalia que há demanda de passageiros, mas a oferta e horário de voos “é complicada”. “Muitos empresários preferem voar de Guarulhos para o Rio por causa do horário do voo local. Demanda existe, mas é preciso adequar horários”, afirmou Cury.


Ampliação
Infraero amplia e moderniza o Aeroporto de São José dos Campos

Capacidade
A capacidade do terminal, que hoje é de 190 mil passageiros/ano será triplicada

Aeronaves
Com a modernização, o terminal terá capacidade para atender simultaneamente três aeronaves no pátio

PAC
 obra está incluída no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do governo federal

Movimento
No ano passado, o terminal movimentou 159 mil passageiros ante 212 mil em 2012

Oferta
Atualmente, apenas a Azul opera no terminal, com dois voos diários com destino ao Rio de Janeiro e dois voos no sentido inverso

Balcões
Com a ampliação, o terminal de embarque terá 15 balcões de check-in

Estacionamento
No projeto da Infraero está previsto a implantação de estacionamento para 320 vagas

Serviço
Também haverá oferta de serviços como café e lanchonete


fonte/foto/OVale

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA