Pular para o conteúdo principal

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS DE OLHO NA FEIRA DE LE BOURGET



Empresas do setor aeroespacial de São José dos Campos se preparam para participar da Paris Air Show, a mais importante feira mundial de aviação, que acontece em junho, no aeroporto de Le Bourget, em Paris.

Um grupo de 16 empresas do APL (Arranjo Produtivo Local) Aeronáutico vai expor seus produtos e serviços na feira, que completa neste ano a sua 50ª edição.
O Cecompi (Centro para Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista), gestor do APL Aeroespacial é quem irá liderar as empresas na exposição.
A entidade participa pela quarta vez da feira.
Este ano, o Cecompi vai ocupar espaço no estande da Abimde (Associação Brasileira das Indústrias de Material de Defesa).
“A Paris Air Show é a principal vitrine da aviação mundial e possui ambiente propício para a prospecção, anúncios e fechamento de negócios futuros”, disse Agliberto Chagas, secretário executivo do Cecompi.
Ele avalia que é uma oportunidade para as pequenas empresas do setor se apresentar à indústria aeroespacial mundial.
“É importante estar lá e poder iniciar conversações que podem resultar em parcerias e contratos futuros”, afirmou Agliberto.
Das 16 empresas que o Cecompi vai capitanear no evento, que será aberto no dia 17 de junho, 8 estão estabelecidas em São José dos Campos e região.
O Cecompi já programou encontros e reuniões com o cluster aeroespacial do Canadá, entre outras atividades.
“Quando participamos pela primeira vez, apenas duas empresas do APL eram exportadoras. Hoje, 15 exportam”, disse o secretário do Cecompi.

Contato. O empresário Francílio Graciano, da Troya Indústria de Máquinas e Engenharia, avalia que o salão de Le Bourget é um local importante para se atualizar com o mercado mundial.
“É possível estabelecer muitos contatos com empresas aeronáuticas do mundo todo. Oportunidade para mostrar a capacidade da empresa”, disse o executivo.
A Troya é especializada em estruturas aeronáuticas. “Nós somos especializados em produzir linha de montagem de avião”, disse Graciano.
“Trabamos com a Embraer e com seus parceiros”, completou o executivo.
Estabelecida no distrito industrial do Chácaras Reunidas, a empresa gera 35 empregos diretos e outros 200 indiretos, segundo Graciano.

Anúncios. Durante a feira, as principais empresas aeronáuticas do mundo, como Boeing, Airbus e Embraer, entre outras, costumam anunciar contratos de vendas.
Este ano, por exemplo, a expectativa é que a Embraer faça o lançamento oficial da sua nova geração de jatos para a aviação comercial.
A companhia vai modernizar a sua família de E-Jets 170/190,prevista para entrar em operação em 2018.

SAIBA MAIS
Salão
Acontece entre 17 e 23 de junho a “Paris Air Show”, mais importante feira mundial de aviação

Participação
O evento reúne as companhias e indústrias do setor aeroespacial do mundo

Contato
A feira reúne ambiente propício para prospectar negócios futuros e estabelecer contatos com a indústria aeronáutica

São José
Oito empresas de São José dos Campos e região vão estar presente no evento, capitaneadas pelo Cecompi

Exposição
As empresas vão dividir espaço no estande da Abimde

Reuniões
O Cecompi organiza rodadas de reuniões com cluster aeronáutico de outros países, como do Canadá.


fonte/OVale

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA