Pular para o conteúdo principal

PRIMEIRO VOO DO AIRLANDER 10



A Airlander 10 é a maior aeronave do mundo, e fez nesta semana o seu primeiro voo.

A “bunda voadora”, como aparentemente é chamado deveria ter feito a sua primeira viagem no último domingo, mas o voo foi adiado devido a um “pequeno problema técnico”. A fabricante do dirigível, a Hybrid Air Vehicles, não tinha revelado quando o o voo aconteceria, mas o veículo finalmente decolou do aeroporto de Cardington, perto de Londres.

O voo em si não foi muito longo – apenas meia hora, de acordo com AP – mas aparentemente atraiu centenas de pessoas. O dirigível de 90 metros de comprimento combina elementos como “asa fixa de aviões e helicópteros com uma tecnologia mais leve que o ar”, resultando numa espécie de Frankenstein colossal. Os criadores afirmam que a aeronave pode ficar no ar por mais de duas semanas, sem tripulação.

A Airlander 10 é um dirigível 25% maior que um Boeing 747. O volume dele é de cerca de 38 milhões de metros cúbicos; ele pode atingir mais de 6.000 metros de altura e voar a 144 km/h.

Segundo a AP, a Airlander 10 foi originalmente criada para o serviço militar dos EUA, que queria usá-lo para “vigilância no Afeganistão”, mas o plano foi deixado de lado em 2013. (É difícil não perceber uma bunda gigante no céu.)

Ao contrário de outras aeronaves notáveis – como, por exemplo, a Hindenburg – a Airlander 10 usa hélio para se manter no ar. De acorodo com a Hybrid Air Vehicles, ela consegue resistir a “diversos buracos de bala” e operar “em qualquer condição climática”. O avião pode ser usado para pesquisas acadêmicas e transportes, inclusive para lugares remotos.

fonte/foto/Gizmodo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA