Pular para o conteúdo principal

SINDICATO DOS PILOTOS ACUSA TAP DE VIOLAÇÃO DO DIREITO DE GREVE

TAP Pilotos cockpit-terra FotoTAP 900px

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) apresentou na Procuradoria-Geral da República (PGR), em Lisboa, uma participação contra a TAP por alegado crime de violação do direito à greve, mas a companhia garante cumprir todas as regulamentações laborais.

Fonte da direção do SPAC adiantou à agência noticiosa Lusa que a participação contra a companhia deu entrada na PGR na passada sexta-feira, dia 8 de Maio, tendo partido das queixas de vários pilotos que foram chamados para cumprir os serviços mínimos decididos pelo Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social (CES).

Segundo este tribunal, os meios humanos para assegurar a prestação dos serviços mínimos são nomeados pelo sindicato, passando a ser uma competência da companhia se a associação sindical não o fizer até um dia antes do início da greve.
“Quanto aos meios humanos para assegurar a prestação dos serviços mínimos, os representantes dos sindicatos deverão (…) identificar os trabalhadores adstritos a tal obrigação, cabendo, nos termos da mesma disposição legal, a designação aos empregadores se a associação sindica não exercer essa faculdade até 24 horas antes do início da greve”, lê-se na decisão de 27 de abril do Tribunal Arbitral sobre os serviços mínimos para a greve dos pilotos.

Questionada pela Lusa, fonte oficial da TAP disse não ter conhecimento da entrada da participação, adiantando que “a companhia respeita o direito à greve e todos os direitos laborais no ordenamento jurídico português e cumpre escrupulosamente todas as regulamentação relativas à prestação de trabalho de todos os seus trabalhadores”.

Já o SPAC escusou-se a fornecer pormenores sobre a participação, referindo apenas que está nas mãos do Ministério Público investigar a queixa sobre os procedimentos relativos aos serviços mínimos.

O SPAC disse que, “em média”, ao longo dos dez dias de greve dos pilotos da TAP e da Portugália, que terminaram no domingo, foram cancelados 50% dos voos “originalmente planeados”.
Já a transportadora aérea portuguesa alega que, durante os dez dias de greve, realizou, em média, 70% dos voos diários.

fonte/foto/NewsAvia 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA