sexta-feira, 31 de outubro de 2014

CONTROLADORA DE VOO ESTAGIÁRIA ACUSADA DE HOMICÍDIO NO DESASTRE COM AVIÃO DA TOTAL NA RÚSSIA

Um tribunal de Moscovo resolveu incriminar a controladora de tráfego aéreo estagiária Svetlana Krivsun, que se encontrava de serviço na torre de controlo do Aeroporto de Vnukovo, na capital russa, na noite do passado dia 20 de Outubro, e que acompanhava a decolagem do Falcon 50 que se despistou, causando a morte de quatro pessoas, entre elas o patrão da petrolífera ‘Total’, noticiou esta manhã a agência France Press.

Segundo o despacho da agência, Svetlana é acusada de ter causado múltiplas mortes por negligência e violação das regras da segurança aérea.

Até agora a jovem estagiária é a única acusada no processo. Continuam detidos à ordem dos juízes do Tribunal de Instrução o motorista do limpa-neves que estava na beira da pista e com o qual o avião colidiu, e três outros funcionários do aeroporto moscovita. Como foi amplamente divulgado as autoridades russas reconheceram, através de uma porta-voz oficial, que o motorista da máquina limpa-neves estava embriagado na hora do trágico acidente.

A confirmar-se a acusação de Svetlana e se o tribunal considerar que é culpada, a jovem estagiária poderá ser condenada a sete anos de prisão, acrescenta a France Press.

fonte/NewsAvia

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...