Pular para o conteúdo principal

TURBINAS DO CESSNA 560XL (PR-AFA) SERÃO ANALISADAS PELO DCTA EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS




Destroços do Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, serão enviados para análise no DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), em São José dos Campos.

As investigações tem por objetivo aprimorar a segurança de voos identificando e divulgando os fatores que contribuíram para os acidentes.

Segundo o delegado Aldo Galeano, diretor do Deinter-6 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior), as turbinas da aeronave vão ser avaliadas em São José.

A equipe de peritos também encontrou as duas caixas-pretas do avião. Elas serão encaminhadas para perícia em um laboratório da Aeronáutica em Brasília.

Inquérito. Além de ajudar na identificação dos corpos, a Polícia Federal abriu inquérito para investigar as circunstâncias do acidente com o avião.

A PF vai apurar se houve imperícia, imprudência ou se foi apenas uma fatalidade.
Apesar de ser um avião considerado novo, não está descartada a possibilidade de uma falha técnica.

A investigação ficará a cargo de delegados e agentes da Superintendência da corporação em São Paulo.

A polícia também enviou 11 peritos para ajudar na identificação de feridos e análise do local do acidente. Um deles participou das apurações com o acidente do avião da Malaysia Airlines, que caiu na Ucrânia em 17 de maio.


Vizinho descreve momentos de pânico

Vinicius Lousada
Rede APJ
O empresário Rodrigo Mariano de Cristo, 29 anos, mora a 100 metros do local do acidente que matou o candidato à Presidência da República Eduardo Campos e mais seis pessoas, na manhã desta quarta-feira, em Santos (SP). Ele relata, com exclusividade à Associação Paulista de Jornais (APJ), o pânico do momento em que o avião caiu no bairro do Boqueirão.

A área do acidente é ocupada, predominantemente, por residências e pequenos estabelecimentos comerciais e de serviços, como uma academia e um pet shop. O local, contudo, está a apenas 500 metros da avenida Ana Costa, uma das principais vias da cidade, e a 1,5 quilômetro da orla da praia.

Como foi o momento da queda?
Na hora, eu estava deitado e veio um barulho de turbina de avião a jato, mas muito perto. Seguido dele, em menos de um segundo, teve um grande estrondo. Tanto que a gente achou que o prédio fosse desabar. Então começou a correria, com o pessoal indo à janela, perguntando o que estava acontecendo.

Na hora do acidente, você foi até o local?
Sim. A gente desceu do prédio para ver o que estava acontecendo e parecia cena de guerra. É uma coisa que a gente nunca vivenciou antes e nunca mais quer vivenciar.

Como era o cenário com o qual você se deparou?
Quando a gente desceu, tentei identificar onde tinha ocorrido o acidente. O foco da fumaça era aos fundos de uma academia vizinha, mas o avião caiu mesmo na casa do lado. Só que ninguém entendia nada. Você não conseguia achar a casa ou o avião tamanho o estrago. O fogo que tinha era baixo, mas a fumaça era em grande quantidade, além de um cheiro muito forte de combustível queimando. Mas os bombeiros chegaram bem rápido.

fonte/OVale /foto/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA