sábado, 30 de novembro de 2013

ATUALIZADO - BRASILEIRO ESTÁ ENTRE AS VÍTIMAS DE ACIDENTE DE AVIÃO DA LAM

Atualização...


Maputo (Canalmoz) - Fontes do CanalMoz na Namíbia acabam de nos informar que os destroços do voo da LAM foram localizados em território namibiano, na região entre Divundu e Omega, próximo ao Selsheke, onde o rio Okavango entra no Botswana.

As nossas fontes ligadas à aeronáutica dizem que a aeronave da LAM foi vista por outras duas aeronaves que reportaram terem visto a aeronave a "arder à vista", sendo da opinião de que poderá não haver sobreviventes. Uma outra terceira aeronave confirmou ter também visto os destroços.


Neste momento, há vários helicópteros a sobrevoarem o local. As equipas de socorro estão com sérias dificuldades de chegar ao local porque chove torrencialmente. (Notícia em actualização 12 horas e 04 minutos)



fonte/Facebook/CanalMoz


Um avião da LAM (EMBRAER E190, ns 1900581, ano fabricação 2012, prefixo C9-EMC), companhia nacional de Moçambique, que viajava para Angola, foi achado carbonizado na Namíbia e sem sobreviventes entre as mais de 30 pessoas de diversas nacionalidades que estavam a bordo, anunciou a polícia neste sábado. Entre os passageiros, havia um cidadão brasileiro. 

"Minha equipe encontrou o aparelho. Não há sobreviventes. O avião está carbonizado por completo", declarou à AFP o coordenador da polícia da região namíbia de Kavango (nordeste), Willie Bampton, depois de várias horas de busca em uma zona pouco povoada no parque nacional de Bwabwata.

O voo TM 470 decolou na sexta-feira de Maputo com destino a Luana, com 27 passageiros a bordo: dez moçambicanos, nove angolanos, cinco portugueses, um francês, um brasileiro e um chinês, segundo um comunicado da LAM. En Maputo, as autoridades se negaram por ora a fazer comentários, e simplesmente confirmaram que havia 33 pessoas a bordo, incluindo a tripulação. Uma reunião de crise do gabinte foi convocada para o palácio presidencial.

Segundo um técnico do aeroporto, que pediu para não ser identificado, o avião teria caído por causa do mau tempo. O acidente é o mais grave na história da aviação civil de Moçambique desde a misteriosa queda do avião do presidente Samora Machel em1986 na África do Sul, quando morreram 34 pessoas. Em 2011, a União Europeia proibiu a LAM de voar em seu espaço aéreo.

fonte/AFP/Terra



Comunicado: TM470 Maputo - Luanda (Actualização: 10:30h)

A LAM  - Linhas Aéreas de Moçambique, S. A. informa que no voo TM 470 do qual ainda estão em curso ações de busca seguiam 27 passageiros, dos quais:
  • 10 Moçambicanos;
  • 09 Angolanos;
  • 05 Portugueses;
  • 01 Francês;
  • 01 Brasileiro;
  • 01 Chinês.
A LAM continua empenhada na coordenação com as autoridades aeroportuárias e aeronáuticas da Namíbia, Botsuana e Angola com vista a localizar o avião e
inteirar-se da situação.
Maputo, aos 30 de Novembro de 2013

fonte/LAM
Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...