segunda-feira, 6 de maio de 2013

PILOTOS DEIXAM COMISSÁRIAS NO COMANDO DE AVIÃO

Os pilotos do voo AI-333, da Air India deixaram duas comissárias de bordo ao comando do avião para poderem dormir, até que foram acordados repentinamente quando uma delas desligou acidentalmente o piloto automático.

Os dois pilotos terão dormido durante aproximadamente 40 minutos até ao momento de pânico, em que tiveram que levantar-se e correr para o cockpit para estabilizar da aeronave, noticiou hoje a imprensa a local.

Trata-se do voo AI-133 que fazia a ligação Banguecoque-Nova Délhi, a 12 de Abril. O incidente ocorreu a 10 mil metros de altitude, num Airbus-321 com 166 passageiros, de acordo com fontes anónimas citadas pelo Mumbai Mirror.

Segundo a publicação, o co-piloto Ravindra Nathel abandonou o cockpit rumo à primeira classe, enquanto o comandante B.K. Soni explicava às comissárias o básico para controlar o avião, antes de seguir «para a cama».

Por seu lado, a companhia aérea defendeu-se argumentando que os pilotos não deixaram o cockpit, mas reconheceu que as hospedeiras ficaram durante um longo período na cabine de comando.

Na versão da transportadora aérea, terá sido o co-piloto que desligou o piloto automático, «por distração».

A Direcção-Geral de Aviação Civil da Índia confirmou que os pilotos e as comissárias envolvidos no caso foram despedidos e que a ocorrência está a ser alvo de investigação.

fonte/OSapo

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...