Pular para o conteúdo principal

NEM WRIGHT, NEM DUMONT, TERIA SIDO UM ALEMÃO O PRIMEIRO HOMEM A VOAR

Enquanto o resto do mundo aceita que os Irmãos Wright tenham feito o primeiro voo de avião do mundo, o Brasil acredita que Alberto Santos Dumont foi o pioneiro. Porém, evidências sugerem que antes de Orville e Wilbur Wright testarem o Flyer 1 em 1903, e de Santos Dumont voar com o 14-Bis em 1906, um inventor alemão realizou o primeiro voo controlado da história.

Mais de 80 artigos de jornais da época e diários técnicos reltam vários testes de voo bem sucedidos realizados por Gustave Whitehead entre 1901 e 1903. Infelizmente para Whitehead, sua obsessão organização financeira e autopromoção estava anos-luz atrás dos Wright, que concentraram seus esforços em ganhar reconhecimento ao longo dos anos – e deu certo.

Para Wilbur Wright, manter as conquistas de sua família no campo da aviação sob os holofotes do mundo era o melhor a ser feito. Ele falou mal do trabalho de Whitehead ao longo de toda sua vida, e chegou a chamar os voos que foram feitos antes dos dele de “lenda” em 1945. Documentos recém-descobertos sugerem que o Museu do Ar e do Espaço do Instituto Smithsoniano, em um esforço para manter o Wright Flyer 1 em seu acervo, concordou em não contrariar a história de que os Irmãos Wright teriam sido os primeiros.

Em 17 de dezembro de 1903, os Wright conseguiram tirar o Wright Flyer 1 do chão em alguns voos de 10-20 segundos, voando menos de 60 metros em linha reta, a cerca de três metros do chão. Um fotógrafo estava presente para gravar o momento.

Por outro lado, o Bridgeport Herald relatou que em 14 de agosto de 1901, Gustave Whitehead pilotou seu Flyer nº 21 por mais de 800 metros, a cerca de 12 metros do solo de Connecticut. Uma máquina notável, a aeronave de Whitehead tinha asas que se dobravam ao redor dos lados da fuselagem para que pudesse ser guiado como um carro. O jornal afirma que ele podia chegar a 48 km/h na estrada – um feito e tanto nos padrões automotivos da época.

primeiro aviao (2)

A controvérsia tem sido assunto de debate dos historiadores nos últimos 110 anos. Detratores de WHitehead dizem que o artigo de 1901 do Bridgeport Herald é um mito, mas os feitos aeronáuticas de Whitehead também foram documentadas em um artigo da Scientific American datado de setembro de 1903. De uma série de depoimentos coletados por mais de três décadas depois que os Wright clamaram para si o primeiro voo, muitos corroboraram a posição de Whitehead como o pioneiro, embora alguns ainda negassem que ele tenha voado antes.

Alheio a tudo isso, o Brasil clama para si a invenção do primeiro avião funcional a Santos Dumont (que também começou a testar dirigíveis em 1898), com o voo do 14-Bis em 1906. No entanto, não somos o único país a contestar os Irmãos Wright: os franceses afirmam que o inventor Clément Ader, além de cunhar o termo avion, realizou o primeiro voo com um veículo motorizado mais pesado que o ar em 1890. No entanto, seus experimentos teriam sido mantidos como segredos militares e só foram revelados anos depois.

O que tudo isso significa? Bem, provavelmente a história não vai mudar, e talvez alguém acabe recebendo crédito atrasado por ter sido o primeiro a voar com um veículo mais pesado que o ar movido a motor. Mas isso só reforça a tese de que o crédito à invenção do avião como conhecemos hoje não é de apenas um inventor, e sim ao esforço coletivo de vários inventores independentes.

fonte/Jalopnik
Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA