Pular para o conteúdo principal

MARINHA RUSSA RECEBE NOVO ANTONOV

an-26, avião militar
Na foto: An-26

A Marinha de Guerra russa recebeu novo equipamento. A aviação naval passa a ter ao seu serviço o avião militar de transporte An-140, fabricado na cidade de Samara pela empresa Aviakor. Esse aparelho irá substituir os An-24 e os An-26.

O An-32, uma modificação do An-26, tem sido utilizado com sucesso na Índia há várias décadas. Se trata de um avião de 27 toneladas modificado especificamente para condições tropicais.

O avião An-140 irá transportar pessoal e cargas para as bases navais da Marinha russa. Ainda durante a fase de montagem, a marinha reconheceu que tinha grande necessidade desse equipamento. O comandante de uma base naval, Alexander Tcherkashin, recebe com satisfação o novo avião ao seu comando:
“Nós temos a honra de testar esse avião. Serão efectuados os testes militares e, de acordo com os seus resultados, serão tiradas as conclusões. Mas estou convencido que tudo correrá bem.”

Depois de uma curta corrida, o avião decola com facilidade. Este é um voo de demonstração para clientes e futuros proprietários. O avião militar de transporte produzido em Samara se destaca com vantagem dos modelos anteriores. Os pilotos de teste já deram nota positiva ao novo equipamento moderno do avião e à sua navegação por satélite de última geração.

De acordo com a análise da própria empresa de aeronáutica de Samara, os militares, policiais e socorristas russos irão necessitar de um total de cerca de 100 aviões An-140. Isso inclui as suas diferentes versões de montagem, tanto de carga como de passageiros. A empresa também conta receber encomendas de outros países.

fonte/VozDaRussia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA