domingo, 9 de dezembro de 2012

AVIÃO DA GOL ENFRENTA PROBLEMAS, RETORNA A NATAL E TEM VOO CANCELADO

O voo 1703 da Gol Linhas Aéreas apresentou problemas na madrugada deste domingo (9) – quando sobrevoava a capital pernambucana – e teve de retornar ao Aeroporto Internacional Augusto Severo, na Grande Natal, de onde havia decolado com destino ao Rio de Janeiro. O cancelamento do voo foi confirmado pela Infraero.

Segundo os passageiros, o piloto recebeu um alerta e teve de voltar e pousar novamente na capital potiguar. "Estávamos passando por Recife quando o comandante avisou que nós teríamos que voltar pra Natal. Todo mundo ficou assustado, sem saber o que estava acontecendo. Ninguém nos disse o motivo, apenas que tinha acontecido um problema. Voltamos e eu, que moro em Natal, estou em casa esperando para embarcar numa nova aeronave", relatou um dos passageiros, que não quis se identificar.
 
O G1 entrou em contato com a GOL, que enviou nota sobre o incidente. Diz a nota: 

"A GOL informa que a aeronave que operava o voo G3 1703 (Natal/Rio Grande do Norte – Rio de Janeiro), precisou retornar ao aeroporto de origem após decolagem para passar por manutenção corretiva no sistema hidráulico. O desembarque dos 133 clientes ocorreu normalmente e a aeronave irá passar por manutenção. Para melhor atender os clientes, a GOL providenciou alimentação, acomodação de 3 clientes em congênere e a substituição do avião, que decolou do Aeroporto de Salvador com destino a Natal. Onze clientes optaram por efetuar a remarcação do voo. O pouso no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão ocorreu normalmente, assim como o desembarque dos 119 clientes a bordo. A companhia lamenta o desconforto, mas reitera que ações como essa visam garantir a segurança operacional, item prioritário em sua gestão".
 
Transtornos
Esta não é a primeira vez que o voo 1703 causa transtorno aos passageiros na capital potiguar este ano. Em 14 de agosto, dezenas de passageiros ficaram horas aguardando para embarcar em razão do cancelamento da viagem, prevista para aquela madrugada. A tripulação do avião alegou cansaço e não decolou.
 
fonte/G1

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...