Pular para o conteúdo principal

AVIÃO CAI E MATA DUAS PESSOAS NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA

 Duas pessoas morreram na queda de um avião monomotor, no início da noite desta quinta-feira (18), na Estrada do Corredor, área rural de Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo o Corpo de Bombeiros, instrutor e aluno estavam a bordo do avião que decolou do Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba. Os corpos ficaram presos nas ferragens.

De acordo com o 2º Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II), era um voo de treinamento com duração de meia hora. O avião pertencia ao Aeroclube do Paraná que tem hangar no Aeroporto do Bacacheri.

Ainda segundo os Bombeiros, o helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar do Paraná (GRAER) foi acionado para prestar socorro. Na volta, o helicóptero precisou fazer um pouso de emergência, em Bocaiúva do Sul, também na Região Metropolitana de Curitiba, por causa de uma pane. Ninguém ficou ferido no incidente.


fonte/G1/foto/MarcoAurélioGracia


Duas pessoas morreram após a queda de um avião de pequeno porte em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. O acidente ocorreu por volta das 18h30 desta quinta-feira (18), na Rua Pedro Dal Pra, informou a Polícia Militar.
A avião - um monomotor - decolou do Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba, por volta de 17h55, para um voo de instrução. A aeronave pertencia ao Aeroclube do Paraná, que mantém um hangar no terminal.
Um dos mortos é o piloto Juliano Wolski Hecker, de 33 anos. A identidade do aluno não havia sido confirmada pelas autoridades até as 21h45.
De acordo com o administrador do aeroclube, Jeferson Gama da Silva, a aeronave decolou sob boas condições meteorológicas e se dirigiu para uma área de manobras. "Teve o relato de um policial que estava perto do local do acidente e disse que o avião interrompeu uma manobra, entrou em parafuso e caiu", disse.
A administração do aeroclube descreveu Wolski como um piloto experiente e extremamente cuidadoso. Segundo Silva, desde os 18 anos o piloto frequentava o local. "Era um profissional e tanto. Você nem imagina como estamos", disse o administrador.
As causas do acidente vão ser investigadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). De acordo com o Corpo de Bombeiros, não há registro de outros feridos. Também não se sabe no momento a identidade da segunda vítima.


fonte/GazetaDoPovo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…